segunda-feira, 26 de setembro de 2011

TRIGO É MAIS ALÉRGICO DO QUE SE PENSA!!

Quando eu e inúmeras outras pessoas falamos que "o que é verdade hoje, pode não ser amanhã", "que a ciência nutricional evoluiu na velocidade da luz", etc, etc, felizmente ou infelizmente esta é a mais pura realidade. Veja o caso do trigo. Eu sou um dos que não defende a idéia de sair retirando trigo/glúten de todo mundo sem uma avaliação prévia, para detectação de alergia ou hipersensibilidade ao glúten. Falei nisso neste fim de semana em Floripa. Mas chego na segunda feira e leio um artigo que foram descobertos 27 novos compostos alérgicos no trigo, e que não há exames na atualidade que possam detectar essas possíveis alergias. É nesse momento que defendo o teste de bioressonância (vega teste) que fazemos na clínica por meio de análise biofísica. Muitos pacientes, mesmo sem diagnóstico de alergia ou hipersensibilidade ao glúten, apresentam vega test positivo. A partir daí fazemos restrição do trigo, e as melhoras são fantásticas. E acabo de ler um artigo (clique para ler também) que mostra isso, que é possível ter muitos outros compostos alergênicos no trigo, que os exames atuais não detectam. A sintomatologia, a clínica é soberana.

6 comentários:

Raquel de Medeiros disse...

Professor, não simpatizo muito com o glúten e o trigo não, mas concordo que sempre devemos prezar pelo bom senso e que uma avaliação minuciosa é fundamental. Quando dispomos de tecnologias como o vega teste entao nos aproximamos de um diagnóstico cada vez mais preciso. Que venham os estudos e as tecnologias para auxiliar nosso brilhante trabalho de nutricionistas! Parabéns pelo blog, professor!

Cristiane Lorenzano disse...

Henrique !!! parabens pela postagem sobre (presentes) e futuras frações do gluten e suasconsequencias... concordo tb com o bom senso e que ciência e prática devem estar juntas !! Parabens pelo blog !!! Gde abraço, Cristiane Lorenzano

Anônimo disse...

Henrique recebi um email com essa informação, até q ponto é verdade, bioquimicamente falando?
NÃO SEI SE É VERDADE, MAS N CUSTA EVITAR.....

> VENENO FATAL
>
> *COMO PRODUZIR ARSÊNICO NATURALMENTE....*
> Em Taiwan, uma mulher morreu de repente com sinais de hemorragia em
> seus ouvidos, nariz, boca e olhos. Depois de uma autópsia preliminar,
> foi diagnosticado como "causa mortes" envenenamento por arsênico. Mas
> qual foi a origem do arsênico?
> A polícia, então, iniciou uma profunda e extensa investigação. Um
> professor de medicina foi convidado para ajudar a resolver o caso.
> O professor cuidadosamente examinou os restos existentes no estômago
> da vítima, e, em menos de meia hora, o mistério foi elucidado. O
> professor disse: "O óbito não se deu por suicídio nem por assassinato,
> a vítima morreu acidentalmente por ignorância!"
> "O arsênico foi produzido no estômago da vítima". A vítima tomava
> Vitamina C todos os dias, que por si só não é nenhum problema. O
> problema é que ela comeu uma quantidade grande de camarão no jantar.
> Entretanto, na mesma ocasião, a vítima também tomou Vitamina C; é aí
> onde reside o problema.
> Pesquisadores da Universidade de Chicago, nos Estados Unidos,
> descobriram através de experiências, que alimentos, como camarão
> "casca mole" contem alta concentração de compostos de 5-potássio –
> arsênico.
> Tais alimentos frescos, por si só, não são tóxicos para o corpo humano!
> Entretanto, ao ingerir a Vitamina C, devido a uma reação química, o
> inicialmente não tóxico 5-potássio-arsênico (como anidrido também
> conhecido como óxido arsênico, As2 O5) se converte no tóxico
> 3-potássio - arsênico (ADB anidrido arsênico), também conhecido como
> trióxido de arsênio (As2 O3), que é popularmente conhecido como
> arsênico !
> Dessa forma, como medida de precaução, NÃO coma camarão quando ingerir
> Vitamina C.
> VITAMINA C + CAMARÃO = VENENO FATAL
> Depois de ler isto, por favor, encaminhe este texto a tantos quanto puder.

Erica Cordeiro

Henrique F Soares disse...

Coisas de internet!!

Henrique F Soares disse...

Cris, eu é que agradeço ter você como leitora. Bj

Anônimo disse...

Valeu ! Obrigada por responder, pois sei que vç é muito ocupado... quanto sua postagem sobre o trigo , afirmo: embora ainda esteja em avaliação , após mais de 5 anos com um hiper tiroidismo, vejo pela primeira vez uma luz no fim do túnel!!! Após 3 a 4 meses sem gluten não preciso mais de medicamento. Ao comentar com a endócrino sobre o gluten, ela fala pra mim com descaso: isso é empirico!
Minha irmã após um a 2 meses sem gluten teve seu tsh normalizado,,,,,! fiquei impressionada!
Viva às pesquisas científicas e aqueles que lutam por elas! Parabêns pra todos os grandes nutricionistas funcionais. Admiro demais toda essa gente inteligente e brilhante que consegue entender tão bem a bioquímica do corpo! Um dia espero ter a oportunidade de de beber dessa fonte do conhecimento!

Henrique , Parabêns!
Erica cordeiro