quinta-feira, 26 de julho de 2012

Ômega-3, ibuprofeno e associações

Esta época de julho até setembro aqui no centro oeste e regiões próximas, sofremos com variações de temperatura muito fortes, de mais de 30ºC a tarde para menos de 10ºC de noite/madrugada. Além disso, esta semana a umidade já baixou dos 20%, e ainda vai piorar porque as queimadas ainda são poucas. Coloque poluição, poeira, vento, estresse e deficiências nutricionais neste caldeirão, e o resultado é doença respiratória para todo lado. Hospital Santa Marta hoje, pronto socorro, estava lotado. Criança com inflamação para todos os gostos, amigdalite, sinusite, asma, bronquite, e por ai vai. Ibuprofeno vira festa nesta época, é antiinflamatório com ação analgésica e antitérmica. Como outros antiinflamatórios, a inibição de prostaglandinas, tromboxanos e leucotrienos inflamatórios é o principal mecanismo de ação. Problema: leucotrieno tem esse nome exatamente porque a função principal é promover atração de leucócitos, ou seja, células dos sistema imune, ou seja, eu reduzo uma crise de tosse, amígdalas menos inflamadas, mas meu sistema imune, e o risco de ter infecções oportunistas, uma influenza que esteja passando por ali (em hospital tem a vontade), invade e se instala. É gripe. Outro fator ruim, é que estas prostaglandinas e tromboxanos inibidas, também reduzem a produção de muco no estômago, ou seja, aumenta o risco de dores gástricas, até uma gastrite. Aqui entram os ácidos graxos ômega-3, melhor ainda a linhaça e a chia porque além de ômega-3, elas tem ômega-6, e tem lignanas. Todos estes nutrientes são cicatrizantes de membrana, protegem o estômago, exercem ação antiinflamatória, mas também melhoram a imunidade. Claro que não vou conseguir tratar uma febre de 39ºC com chia ou linhaça, minha idéia é o hábito alimentar saudável para evitar aparecerem estas doenças, e se aparecerem, são muuuuito mais rapidamente debeladas, se eu tiver o hábito de comer algas marinhas, peixes, sementes. E nunca esquecer da hidratação constante.

Detalhe: na pesquisa para o sorteio, tem gente tentando se cadastrar mais de uma vez. Pode não, tá?! Chance igual para todo mundo. 

terça-feira, 24 de julho de 2012

AÇÚCAR NO SANGUE, VITAMINA E CÂNCER NA TIREÓIDE!!

Na segunda semana de agosto estarei em Salvador (Alôôô Bahia, Alôô Sergipe, pessoal das proximidades) para ministrar um curso de 20 horas de bioquímica de vitaminas e minerais com suplementação. E claro, vou falar sobre vitamina D. Se os queridos amigos puderem observar na figura acima (se for difícil para ler, basta clicar na foto para aumentá-la), veja que existe uma relação direta entre a falta de vitamina D e o aumento do risco de câncer na tireóide. Aliás, o estímulo para fatores de transcrição que estimulam a replicação e a proliferação desordenada das células vem também com o aumento da glicemia, muito açúcar no sangue, e principalmente quando a insulina está alta, quando os triglicerídios sobem, e normalmente com eles, um ligeiro ganho de peso (entenda IMC na figura). Importante: são todos fatores modificáveis, ou seja, mudança nos hábitos de vida. E todos os fatores citados, tem 100% de relação com hábitos alimentares. Alôô Sol da Bahia (vitamina D na veia, ou melhor, na pele para depois na veia).

Obs1: por falar em Sergipe, terra do meu amigo, gente boníssima, Adriano Cavalcanti, nutricionista dos mais conceituados, ai vai uma entrevista dele recente para uma emissora de TV, programa jornalistico local de Sergipe. Clique aqui.

Obs2: sabem como cheguei a este assunto de vitamina D e tireóide? Na verdade eu estava estudando sobre o cálcio. Aí acabei descobrindo (descoberta para mim, claro, mas legal demais por ser um trabalho publicado no final do ano passado de uma colega de São Paulo em parceria com a Universidade Central de Caracas, Venezuela; ao mesmo não tão legal por sempre recordar que nós subdesenvolvidos ainda tenhamos que conviver com este tipo de doença) que hoje se mata o Trypanosoma cruzi (TC), causador da Doença de Chagas, ministrando drogas que aumentam a quantidade de cálcio intracelular, alterando o funcionamento da membrana. E aí o que já é bem sabido para qualquer célula eucaríótica, incluindo humanos, é que o cálcio é tóxico quando retido nas células, destrói mitocôndrias, reticulo endoplasmático, núcleo e citoplasma. Ou seja, o TC morre. Eu não daria nem vitamina D, nem ômegas, nem magnésio para o TC. (rs) Achei tudo tão legal que perdi o sono. Tô desde a meia noite estudando e fazendo meu curso. Mas valeu a pena. Alôôô Bahia.

Obs3: vou mostrar no curso qual o risco de ficar tomando suplemento de vitamina D se a ingestão de cálcio na dieta não estiver adequada.

segunda-feira, 23 de julho de 2012

PROPRIEDADES DA SEMENTE DE CHIA

Ainda é comum ouvir pessoas que desconhecem esta semente, é realmente muita nova no contexto mundial. É possível prescrever o consumo desta semente como fonte de ácidos graxos ômega-3, importante por exemplo para redução de pressão arterial, melhora da memória, entre várias outras. Além disso, tem um boa quantidade de proteínas, especialmente do aminoácido arginina, portanto poderíamos indicar para reduzir pressão e aumentar força muscular. Importante que há trabalhos que mostram que a chia é deficiente em lisina, portanto não pode ser usada como fonte exclusiva de proteína (cuidado veganos). é também uma excelente fonte de fibras e lignanas, o que aumenta o peso e volume das fezes, melhorando o ritmo intestinal, tratando quem tem prisão de ventre; ajuda quem tem colesterol e triglicerídios altos, ajuda reduzir a glicemia,  redução da inflamação (reduz risco de infarto e AVC), e é excelente para quem deseja perder gordura e baixar o peso. E o que vejo de mais importante, por isso lembrei de vir fazer esta postagem, há um trabalho científico de 2007, não lembro exatamente agora os autores, mas lembro que é um trabalho argentino de uma universidade federal em Córdoba, mostrando redução de câncer de mama, inclusive inibindo metástase.  Mas como toda semente, é preciso ficar de olho nas possíveis toxinas, ainda desconhecidas.

quinta-feira, 19 de julho de 2012

DESTOXIFICAR PARA QUEIMAR GORDURA!!

Muitas pessoas questionam a idéia da destoxificação, mas creio que isto ocorre pela forma errada que muitos profissionais tentam estimular esse processo normal, fisiológico, do organismo humano. Temos estruturas celulares específicas pra isso, já nascemos com elas, exatamente porque somos submetidos durante toda a vida a inúmeras toxinas. Esta postagem vem tratar deste assunto porque é uma pergunta recorrente dos meus pacientes e da minha esposa, e no caso específico, atendi um cliente esta semana que chegou com uma fórmula prescrita que continha fucus vesiculosos e kelp iodine. Ambas são prescritas normalmnente como fonte de iodo, estimulantes da tireóide, para garantir aumento do gasto energético e maior queima de gordura. Não concordo com a prescrição das duas fontes, juntas, não vejo necessidade, mas principalmente me preocupa a utilização da kelp iodine. Esta alga tem sido relacionada a casos de intoxicação e alteração no funcionamento da tireóide, e dados da literatura mostram que as principais fontes desta alga estão contaminadas com perclorato, um xenobiótico, comum em fertilizantes e herbicidas, ou seja, são toxinas. Traduzindo, paciente pode estar se intoxicando com a fórmula. Não posso por questão de ética, mandar parar de tomar nem dizer se está certo ou errado, mas posso mostrar pesquisas científicas e pelo menos estimular a destoxificação através da dieta e/ou fitoterápicos para reduzir possíveis efeitos adversos. Uso de algas marinhas na dieta ou na forma de suplemento são super indicadas, mas é preciso ter cuidado com dose (risco de juntar duas fontes de iodo de alta concentração em uma mesma fórmula), se os pacientes estão ou não deficientes em iodo, ou se o problema é a entrada de iodo na tireóide, e se a fonte de iodo é confiável.

Deixo aqui as referencias do que falo até porque pedi ao meu paciente que olhasse a postagem:

Perchlorate in seawater: bioconcentration of iodide and perchlorate by various seaweed species. Anal Chim Acta. 2006 May 10;567(1):100-7. Martinelango PK, Tian K, Dasgupta PK.
Iodine-induced thyrotoxicosis after ingestion of kelp-containing tea.J Gen Intern Med. 2006 Jun;21(6):C11-4.Müssig K, Thamer C, Bares R, Lipp HP, Häring HU, Gallwitz B.

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Grelhar não é saudável!!

Ao contrário do que muita gente pensa e prescreve, selar ou grelhar uma carne, qualquer que seja ela, pode formar 3 tipos de compostos muito prejudiciais para a saúde: as aminas heterocíclicas (AH),os hidrocarbonetos aromáticos policíclicos (HAP), e os produtos finais da glicação avançada por caramelização (AGE´s). As AH’s são criadas quando proteínas cozinham em temperaturas altas, se formando em pedaços carbonizados da carne. Os HAP’s são criados quando os líquidos da carne caem em superfícies quentes, como o carvão, fazendo fumaça. Quando essa passa pelos alimentos, os carcinógenos se aderem à comida. E os AGE´s se formam quando açúcares reagem com proteínas da carne, por exemplo quando se derrete um pouco de açúcar mascavo para depois selar a carne. Todos esses produtos são altamente carcinogênicos e levam a doenças neurológicas. Quanto mais crosta crocante, caramelizada, tem um uma carne, mais mal ela faz. Quanto mais bem passada é uma carne, mais mal ela faz. Como é muito saboroso fazer este tipo de preparação e muitas vezes confere qualidade e garante suculência à carne, a dica é não repetir sistematicamente a preparação e no máximo ao ponto, ou ligeiramente mal passada.

video

Detalhe 1: coloquei uma das piores formas de preparo de carne, que envolve as substâncias acima citadas, mais o uso da margarina (melhor seria manteiga com um pouco de azeite para aumentar a temperatura de fumaça e não "queimar a manteiga"), mais pimenta preta (menos alergênicas e irritativas seriam a branca, verde ou vermelha), mais o uso de nata, ou seja, é misturar cálcio com o ferro da carne ( nenhum dos dois será absorvido); e batatas fritas (poderia ser batata doce assada com um pouco manteiga e ramo de alecrim em papelotes de papel manteiga envoltos por papelo aluminio). Mas é delicioso, já fiz, mas com creme de leite desnatado, manteiga, azeite, cogumelos e um pouco de bacon. Se colocar um pouco de molho shoyu e broto de feijão fica fantástico também.

Detalhe 2: Os bifes são à Café... Café no sentido de Restaurante ou Cervejaria. Os bifes à Café de S. Bento ou os famosos bifes à Café do Marrare não levam café.

terça-feira, 10 de julho de 2012

PASSOU DA HORA!!


10/07/2012 - 14h09

Anvisa suspende venda e uso de emagrecedor com substância proibida

JOHANNA NUBLAT
DE BRASÍLIA
Atualizado às 14h46.
Após receber informações sobre efeitos adversos e mortes no país relacionados à substância DMAA (dimetilamilamina), a Anvisa emitiu um alerta, nesta terça-feira, contra o uso de suplementos alimentares com esse estimulante, usado para emagrecimento e ganho de massa corporal.
Os principais produtos com DMAA que circulam no país são Jack3D, Oxy Elite Pro e Lipo-6 Black, segundo a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). E o consumo desses produtos vem crescendo, principalmente entre jovens que se exercitam em academias, avalia Denise Resende, gerente geral de alimentos da agência.
Até a terça-feira da semana passada, comercializar produtos com DMAA era uma irregularidade. Viajar, trazer suplementos com essa substância na bagagem e consumi-los era permitido. Há uma semana, porém, a Anvisa inscreveu o DMAA na lista de psicotrópicos, o que faz com que vender, trazer na bagagem e consumir produtos com DMAA seja crime.
"Quando é uma substância proscrita, não pode haver consumo ou venda. Vamos comparar com a cocaína, nenhum médico pode prescrever", explica Resende.
Entre os efeitos adversos relacionados ao DMAA estão dependência, insuficiência renal, falência do fígado e alterações cardíacas. Consequências como essas foram constatadas pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e informadas ao Brasil.
Resende afirma que há casos de mortes no Brasil que podem ter ligação com o DMAA.

Leia mais em:


ALPISTE? VERDADE OU MENTIRA?

Tá na moda, a internet espalha muito rápido, gente querendo fazer leite de alpiste, e-mails para todo lado. A composição nutricional em termos de proteína é realmente grande, mas nada que se compare à carne. É uma fonte proteica como outras sementes, como é a semente de girassol, gergelim e linhaça. Em estudos feitos em animais (repito, em animais), não apresentou componentes antinutricionais, ou seja, que possam reduzir a absorção de micronutrientes (vitaminas e minerais), e a digestibilidade da proteína é mediana, como é a digestibilidade de proteínas em leguminosas, como feijão e lentilha (não se compara portanto com clara de ovo e peito de frango). Importante dizer que é uma grande fonte de triptofano, portanto formador de serotonina e melatonina, o que ajuda a reduzir pressão arterial, evitar depressão, alegria, prazer, e efeito antioxidante e possivelmente antiinflamatório, mas precisamos de estudos em humanos mais detalhados para ver este efeito. Lado ruim, em estudos em animais, levou a formação de úlceras em galinhas e câncer de pele  em ratos, a partir de uma fibra contida na semente. Qual será a quantidade de agrotóxicos nestes sementes? Qual o tipo de ácido graxos predominante? Acredito que seja promissor, mas assim como toda semente, é preciso muuuuuuuito cuidado. Eu ainda não prescrevo.

Int J Cancer. 1984 Oct 15;34(4):519-28. Biogenic silica fibre promotes carcinogenesis in mouse skin. Bhatt T, Coombs M, O'Neill C.
Blood pressure reducing effects of Phalaris canariensis in normotensive and spontaneously hypertensive rats. Passos CS, Carvalho LN, Pontes RB Jr, Campos RR, Ikuta O, Boim MA. Can J Physiol Pharmacol. 2012 Feb;90(2):201-8.
A study of nutrient digestibility and growth performance of broiler chicks fed hairy and hairless canary seed (Phalaris canariensis L.) products. Newkirk RW, Ram JI, Hucl P, Patterson CA, Classen HL. Poult Sci. 2011 Dec;90(12):2782-9.

sexta-feira, 6 de julho de 2012

OPÇÃO DE ADOÇANTE?

Que tal usar stévia, especialmente em diabéticos? Não só por se adoçante, mas porque a planta possui alta concentração de compostos fenólicos, como os flavonóides (a tabela ao lado mostra os compostos obtidos em 3 diferentes formas de extração dos compostos presentes na stévia), que são antioxidantes e antiinflamatórios. É a vatangem de ser algo natural, uma planta rica em fitoquímicos que não afetam o fígado, regulam hormônios, e por consequência a glicemia.
Artigo: Pharmacognosy Res. 2010 Jul;2(4):258-63. Antidiabetic activity and phytochemical screening of crude extract of Stevia rebaudiana in alloxan-induced diabetic rats.

quinta-feira, 5 de julho de 2012

ATUALIZAÇÃO SOBRE ADOÇANTES!

Observe o infográfico, que o consumo de edulcorantes como sucralose, sacarina, etc, tende a levar a doenças inflamatórias intestinais, via disbiose intestinal, que é caracterizada por inúmeros fatores, como perda da permeabilidade intestinal, destruição da mucina do trato gastro intestinal, alteração da microbiota intestinal, desconjugação de sais biliares, e por ai vai. São os resultados da modernidade, da industrialização, e o ser humano precisa aprender que em muitos aspectos, nós ainda (ou talvez nunca) não somos capazes de nos adaptar, como neste caso, ao consumo de adoçantes artificiais.

Artigo: World J Gastroenterol. 2012 Apr 21;18(15):1708-22. Etiology of inflammatory bowel disease: a unified hypothesis.

Para melhor vizualização da imagem, clique na mesma.

BREVES COMENTÁRIOS SOBRE NUTRIÇÃO E CABELO!

video

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Saw Palmetto: cuidado!!

Saw palmetto ou serenoa repens é no Brasil um fitoterápico de prescrição exclusiva para médicos. Muito utlizado na forma de suplemento, infelizmente vendido livremente na internet, com indicação para aumento de testosterona, e associação portanto com tratamento de problemas relacionados a próstata (reduz a conversão de testosterona em DHT), aumento da libido, alopécia, acne, aumento da massa muscular, entre outras, com comprovações científicas, é verdade. Porém, como todo suplemento, tem seus efeitos colaterais, e não poucos, quando me refiro à doença grave, pancreatite. São muitos relatos pelo mundo de pessoas que desenvolveram patologias, especialmente pancreatite após o uso desta planta e de seus frutos. Veja alguns casos abaixo por ordem cronológica:

Bol Asoc Med P R. 2009 Jul-Sep;101(3):48-50. Coagulopathy induced by saw palmetto: a case report.Villanueva S, González J. South Med J.

2010 Jul;103(7):683-5. A possible case of saw palmetto-induced pancreatitis. Wargo KA, Allman E, Ibrahim F. J Med Case Rep.

2011 Aug 25;5:414. Acute pancreatitis with saw palmetto use: a case report. Bruminhent J, Carrera P, Li Z, Amankona R, Roberts IM.

segunda-feira, 2 de julho de 2012

O QUE É DIETA COLORIDA?


Essa é a foto da salada que eu fiz em casa no dia de hoje. Tivemos branco, verde claro, verde escuro, roxo, vermelho, laranja, grená. O amarelo ficou por conta das sementes de mostarda no tempero do peixe (abadejo), o açafrão no arroz e o suco de maracujá no molho do mesmo peixe. O marrom veio do arroz integral. O azul veio da geléia de mirtilo (blueberry) no pão preto no desjejum.
Detalhe: as folhas orgânicas, cenoura orgânica, beterraba orgânica, tomate cereja orgânico. Regado com azeite de oliva extra virgem 0,4%.
Pensei em falar nisto aqui no blog porque li hoje artigo que mostra os possíveis danos causados por suplementos que contenham flavonóides e as vantagens de consumi-los nos alimentos. Eu tenho minhas escolhas, e estou satisfeito com o que elas me proporcionam. Quer tentar?