quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Açúcar = Impotência!!


A importância de reduzir o consumo de carboidratos, especialmente os refinados, chega à saúde sexual. Tenho estudado bastante a saúde masculina, já no inicio deste ano publiquei um trabalho sobre compostos bioativos em alimentos e redução das doenças prostáticas, e veja que curioso, provavelmente o último trabalho que leio este ano, hoje 30 de dezembro de 2010 (vou me dar uma folga amanhã), fala sobre a necessidade do controle glicêmico para evitar a impotência masculina. Claro que isto não é novidade, os efeitos da glicação avançada e da hipertensão em vasos sanguíneos penianos são conhecidos, mas quando aparecem dados estatísticos sobre isso, fico mais respaldado para fazer estas afirmativas. Homens com níveis de hemoglobina glicada acima de 8,0 tem pouca ou muito baixa potência. Quem tem controle glicêmico ruim (como mostra a figura), apresenta taxas muito altas de impotência. Introduza fibras em todas as refeições do dia, especialmente naquelas com maior conteúdo de carboidratos para não se frustrar na hora "H". Importante dizer que como mostrado na foto, os grupos que mais sofrem destes problemas são os diabéticos tipo 2 mal controlados, aqueles sedentários, com muita gordura abdominal, as vezes fumantes, apreciadores constantes de bebida alcóolica, por vezes estressados e muito mal alimentados.

Fonte: Int J Impot Res 22: 36-39, 2010.

AO AMIGO LEITOR, MUDE SEUS HÁBITOS, E NO CASO DOS MEUS COLEGAS DE PROFISSÃO, SUCESSO NAS PROPOSTAS PARA SEUS CLIENTES, UM NOVO ANO SE INICIA.

QUE DEUS NOS PERMITA ESTARMOS JUNTOS NESTE NOVO ANO!! OBRIGADO PELA COMPANHIA EM 2010! FELIZ 2011 A TODOS!!

domingo, 26 de dezembro de 2010

Bronzeamento sem medo!!

Estamos no verão e a incidência solar neste período é maior, bem como a exposição da pele por parte de nós brasileiros, em geral, também é maior. Isto significa maior risco de doenças da pele, em especial o câncer de pele. Uma boa forma de se proteger, reduzindo as lesões do DNA das células epidérmicas é consumindo chá verde ou chá branco. Há muitos trabalhos mostrando a eficácia das catequinas da planta camellia sinensis em reparar o DNA antes que possa ocorrer o desenvolvimento de uma melanoma, via produção e estímulo da interleucina 12, fundamental inclusive para reduzir a inflamação da pele, o que reduz vermelhidão, prurido (coceira), eczemas, e tc. Aliás, chá verde é importantissimo nesta época para quem tem psoriase, vitiligo, lupus e dermatite atópica. Complete sua alimentação com muitos vegetais coloridos para garantir o aporte de vitamina C, vitamina E e carotenóides, além de sementes oleaginosas para garantir o zinco e o selênio e também a vitamina E, melhorando sua proteção antioxidante contra os raios UVA e UVB.

Obs: alimentação ajuda mas não faz milagre. Sol com moderação e protetores solares químicos e físicos são fundamentais.

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

É NATAL!!


De hoje para amanhã católicos, espíritas, evangélicos, enfim todas as civilizações cristãs comemoram o Natal, data representativa do nascimento de Jesus Cristo, que acontecia há 2011 anos. Filho mais "ilustre" de Deus, nos serve como exemplo de vida a ser seguida pelo amor incondicional a todos os seus semelhantes, a seus irmãos. Assim como Cora Coralina, Chico Xavier, Buda, Madre Teresa de Calcutá, e diversas outras pessoas, sou da idéia de que devemos valorizar pessoas que tenham atitude, tenham simplicidade e pensem no próximo. Jesus quer que sejamos como ele, para obtenção de um mundo justo e fraterno, que é o que desejo a todos.

Comam do bom e do melhor, sem exageros, dividindo, como Jesus ensinou a fazer. Hoje a noite, uma prece acima de tudo de agradecimento.

Feliz Natal a todos!!

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Fibra prebiótica? Que nada!!

A saúde intestinal tem sido alvo no tratamento de inúmeras patologias, especialmente as crônicas e inflamatórias. Parte da prevenção e do tratamento quando se fala em cuidar da ecologia intestinal é garantir a vida dos microorganismos probióticos oferecendo a eles as fibras de ação prebiótica. E claro que isso continua valendo (é bom dizer porque tem muita gente com dificuldade de entender as metáforas nos títulos), mas novas descobertas muito legais estão aparecendo. Que as bactérias probióticas, saudáveis, podem se proliferar quando lhe são oferecidas outras fontes energéticas, doadoras de grupos metiladores e de alto conteúdo de carbono. Caso do grupo dos flavonóides. Já havia lido um trabalho de 2008 que mostrava que bifidobactérias conseguem gerar energia para se multiplicar transformando catequinas em epicatequinas, além de promover redução da Clostridium histolyticum. Agora acaba de sair mais um trabalho semelhante, do mesmo grupo de cientistas, mostrando que os flavonóides do cacau também ajudam a promover o crescimento de microorganismos probióticos, ou seja, podemos dizer que eles também possuem atividade prebiótica como as fibras e as catequinas. Neste novo estudo (a ser publicado agora em 2011) o legal foi que a redução do clostridium e o aumento dos lactobacilos foi proporcional à redução da proteína C reativa, ou seja, exercem ação antiinflamatória intestinal. Legal D+!!


Tzounis X et al. Flavanol monomer-induced changes to the human faecal microflora.Br J Nutr. 2008 Apr;99(4):782-92.

Tzounis X et al. Prebiotic evaluation of cocoa-derived flavanols in healthy humans by using a randomized, controlled, double-blind, crossover intervention study.Am J Clin Nutr. 2011 Jan;93(1):62-72.

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Reconhecimento do título de especialista!!

A Associação Brasileira de Nutrição abriu inscrições para mais um processo de Título de Especialista para as áreas ALIMENTAÇÃO COLETIVA, NUTRIÇÃO CLÍNICA, NUTRIÇÃO EM ESPORTES E SAÚDE COLETIVA. (Vale dizer que quem tem alguma pós graduação lato sensu não pode se intitular "especialista em tal área", apenas se obtiver este título. Não tendo o título, o profissional deve usar a terminologia "pós graduado em ....")

O candidato deverá comprovar que está regularmente inscrito no Conselho Regional de Nutricionistas (CRN) e em pleno gozo de seus direitos. Além disso, deve efetuar o pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 320,00 (trezentos e vinte reais), na forma de depósito bancário (confira detalhes no edital). As inscrições vão até 18 de março de 2011.

Vale ressaltar que não será permitida a troca de área de especialidade após a inscrição e prestar mais de uma especialidade por edital de concessão do Título de Especialista.

RECONHECIMENTO POR MÉRITO

Para participar do processo de concessão do Título de Especialista, é preciso estar formado em Nutrição há, pelo menos, dois anos, em instituição reconhecida pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC). O candidato também deve estar regularmente inscrito no Conselho Regional de Nutrição e ter no mínimo dois anos de experiência na área pleiteada.

Outro ponto a destacar é que o edital também prevê a concessão do TE por mérito, ou seja, eliminando a obrigatoriedade da prova escrita.

Basta o candidato apresentar documentos que geram pontuações, como certificados de cursos de extensão, de educação continuada ou permanente; MBA, mestrado, doutorado; participação em eventos científicos, exposição de trabalhos, entre outros.

Cada documento representa uma pontuação definida no edital. Completanto 70 pontos, o candidato não precisa participar do exame escrito.

O edital pode ser visto em www.asbran.org.br

Concurso para nutricionistas do CFN!!

Pessoal, o Conselho Federal de Nutricionistas (CFN) lançou edital de concurso público para formar cadastro reserva em cargos de níveis médio e superior. De acordo com o edital de abertura, as remunerações iniciais variam entre R$ 918 e R$ 3,4 mil. Os novos servidores ainda receberão vale alimentação, vale transporte e assistência médica.

A seleção oferece vagas de nível superior nos postos de advogado, administrador, jornalista, e nutricionista. Ainda há vagas de nível médio nos cargos de serviços administrativos e assistente administrativo. Os novos servidores serão regidos pelo regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT)

Os candidatos serão submetidos a provas objetivas de múltipla escolha e teste escrito subjetivo, apenas para os cargos de nível superior. A avaliação deve ser aplicada em Brasília (DF) no dia 13 de fevereiro de 2011. De acordo com o cronograma do concurso, os locais de prova devem ser divulgados no site da organizadora no dia 6 de fevereiro.

As inscrições devem ser feitas do dia 23 de dezembro até às 23h59 do dia 13 de janeiro de 2011, por meio da página da Consulplan, empresa responsável pela organização do concurso. O custo da taxa de inscrição é de R$ 23,20 (médio) e R$ 41,80 (superior).

Veja o edital inicial aqui.

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

DIVINE SHEN e Caralluma fimbriata estão suspensos!!

Depois da reportagem exibida neste domingo, a ANVISA tomou providências e resolveu suspender a importação do produto DIVINE SHEN, que apesar de vender a idéia de ser "produto natural", contém, sibutramina, que é medicamento (diga-se de passagem, como já comentei várias vezes aqui no blog, droga já proibida em diversas partes do mundo, mas ainda liberada no Brasil).

No embalo, acabou entrando no pacote de proibição o fitoterápico Caralluma fimbriata, muito utilizada no tratamento da obesidade, mas ainda sem grande índice de aceitação na comunidade científica mundial. A ANVISA alega que ainda não teve tempo para avaliar a eficácia terapêutica e segurança do fitoterápico. A Publicação foi hoje no diário oficial (clique aqui para ler na integra).

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Qual semente comer?


Nesta época é mais fácil e mais barato incluir as sementes oleaginosas no cardápio. São elas: amêndoas, castanha de caju, castanha do Brasil, castanha portuguesa, nozes chilenas, nozes pecâ, pistache, baru, amendoim, avelã e macadâmia. Todas elas são fontes de ácidos graxos poliinsaturados, ricas em vitamina E, proteínas, fibras e vários compostos bioativos. Dos ácidos graxos, a maioria é fonte da série ômega 9, especialmente o ácido oleico. A que se diferencia é a macadamia é que fonte de ômega 7, ácido palmitoleico. Se o seu objetivo é prevenir ou reduzir o colesterol, dê preferência para os ômega 9, em especial a avelã, castanha de caju, amêndoas e a macadamia). Já se o objetivo for prevenir o aumento ou reduzir o triglicerídio, dê preferência para os ômega-3 (alfa-linolênico) que você encontrará mais no baru, castanha portuguesa, castanha de caju, nozes e pistache.

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Consumo de açúcares está acima do recomendado em todas classes de renda!!


Do total de calorias dos alimentos adquiridos para consumo nos lares brasileiros, 16,4% vêm dos chamados açúcares livres, ou seja, o açúcar adicionado aos alimentos durante seu processamento ou consumo. O percentual está acima do limite de 10% recomendado por nutricionistas; o excesso é fator de risco para doenças como obesidade, hipertrigliceridemia, disbiose intestinal e diabetes. Veja por exemplo o caso do danoninho líquido, lançado este ano com forte apelo para consumo de crianças em seus lanches, que é adicionado de sacarose e frutose.

O consumo de gordura saturada, a mais perigosa para a saúde cardiovascular (quando associada aos carboidratos refinados e gorduras trans), também se aproxima do máximo de 10% recomendado. Na média nacional, está em 8,3%, mas já chega a 10,6% entre os membros de famílias com renda superior a R$ 6.225,00 (maior renda não tem se mostrado exemplo de maior educação nutricional). Os dados são da pesquisa "Avaliação nutricional da disponibilidade domiciliar de alimentos no Brasil", divulgada nesta quinta-feira pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Como boa notícia, o estudo trouxe a informação de que o consumo de proteínas está adequado (entre 10% e 15% das calorias totais) em todas as faixas de renda e mais da metade delas são de origem animal, que têm maior valor biológico, porém trazem consigo maior quantidade de gorduras indesejáveis.

Em média, a disponibilidade de calorias por pessoa nos domicílios foi de 1.611 kcal por dia em 2009, ante 1.791 kcal por dia em 2003. A redução pode estar relacionada à maior frequência com que a população está comendo fora de casa, já que foram analisados apenas os alimentos adquiridos para consumo no domicílio. Mostra de forma muito evidente que não basta contar calorias para garantir perda de peso, pois o mesmo IBGE mostrou que nossa população está cada vez mais acima do peso. Ou seja, estamos na verdade cada vez mais sedentários, intoxicados e inflamados.

O estudo mostrou também que, em 2009, cada brasileiro adquiria em média 14,6 kg de arroz por ano para consumo no lar. O número é 40,5% menor do que os 24,5 kg de 2003. No caso do feijão, a quantidade passou de 12,4 kg para 9,1 kg no período, numa redução de 26,4%. Isto leva á menor poder de saciedade, portanto maior chance de obesidade, maior risco de obstipação intestinal, além de favorecer o consumo de alimentos industrializados e outros substitutos que levam muita farinha refinada, aditivos químicos e cremes gordurosos, especialmente nos pratos prontos congelados e nos restaurantes tipo self-service.

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Só cirurgia bariátrica não salva!!

Importantíssimo esse trabalho que acaba de sair. Pacientes que se submetem a procedimentos cirúrgicos para tratamento da obesidade, em muuuuuitas situações, imaginam que basta a realização da cirurgia para os milagres começarem a acontecer. E na prática observamos que isto não ocorre, que seguir as orientações nutricionais é fundamental para o sucesso. E agora podemos enfantizar isso aos pacientes nos baseando também em pesquisa científica. Autores realizaram a cirurgia Y de Roux (by pass) em ratos e observaram que o fato de fazerem apenas a cirurgia não garante redução na resistência `a insulina. Os ratos continuaram com dieta rica em gordura e o peso corporal não reduziu. Alerta importante para todos que vão se submeter a estes procedimentos, que são importantes e ajudam a salvar inúmeras vidas.

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Exercício em jejum melhora tolerância à glicose!!

Outro bom assunto a ser debatido. Como o próprio artigo se refere, ele é o primeiro a conseguir demonstrar que esta relação (exercício em jejum e melhora da tolerância à glicose) é mais eficaz do que o que se conseque quando se malha em estado alimentado. A imensa maioria dos trabalhos é categórica em demonstrar que não há muitos benefícios em se praticar atividade física em jejum.

Fonte: Van Proeyen K, Szlufcik K, Nielens H, Pelgrim K, Deldicque L, Hesselink M, Van Veldhoven PP, Hespel P.Training in the fasted state improves glucose tolerance during fat-rich diet. J Physiol. 2010 Nov 1;588(Pt 21):4289-302.

obs: apesar dos autores relatarem serem os primeiros a mostrar esta relação, já existem outros trabalhos nesta mesma linha.

Aspirina não é preventiva de eventos trombóticos!!


Há muito que observamos na prática do dia a dia que a aspirina é utilizada especialmente por cardiologistas como preventiva de doenças que envolvam a obstrução ou oclusões de vasos sanguineos, ou seja, reduziria a chance de eventos trombóticos, como infarto e AVC. Tenho combatido isto de forma veemente por acreditar que hábitos saudáveis de vida, especialmente dietéticos, podem exercer este efeito preventivo com grande maestria, com bem menos chances de efeitos colaterais. E é exatamente isto que veio mostrar esta metaanálise referenciada abaixo (obrigado ao amigo Pedro Bastos pelo envio direto das terras portuguesas), que com aspirina não há garantia de prevenção, nem primária nem secundária, e ainda há risco aumentado de hemorragia e doenças gástricas, já que a inibição de COX e LOX no estômago reduz a produção de muco. Ou seja, mude seus hábitos de vida, incluindo a alimentação.

Fonte: Aspirin in the primary and secondary prevention of vascular disease: collaborative meta-analysis of individual participant data from randomised trials. www.thelancet.com Vol 373 May 30, 2009.

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Bebidas concentradas em frutose e risco cardiovascular!!




Meus estudos sobre esse assunto começaram com este artigo: Frutose em humanos: efeitos metabólicos, utilização clínica e erros inatos associados. Rev. Nutr. v.18 n.3 Campinas maio/jun. 2005. Há 5 anos venho estudando a fundo (nesta revisão inclusive há um momento em que se fala do problema de associar frutose com gordura na refeição) esta relação importante entre consumo de frutose e diabetes, dislipidemias, inflamação, obesidade, menopausa, gota e alterações renais.

Convido os amigos à leitura destes trabalhos mais atuais sobre consumo de frutose isolado, frutose com outros nutrientes e bebidas ricas em frutose!!

Abdullah MM, Riediger NN, Chen Q, Zhao Z, Azordegan N, Xu Z, Fischer G, Othman RA, Pierce GN, Tappia PS, Zou J, Moghadasian MH. Effects of long-term consumption of a high-fructose diet on conventional cardiovascular risk factors in Sprague-Dawley rats.Mol Cell Biochem. 2009 Jul;327(1-2):247-56.

Choi HK, Willett W, Curhan G.Fructose-rich beverages and risk of gout in women.JAMA. 2010 Nov 24;304(20):2270-8.

Brown CM, Dulloo AG, Montani JP. Sugary drinks in the pathogenesis of obesity and cardiovascular diseases.Int J Obes (Lond). 2008 Dec;32 Suppl 6:S28-34.

Stanhope KL et al. Consuming fructose-sweetened, not glucose-sweetened, beverages increases visceral adiposity and lipids and decreases insulin sensitivity in overweight/obese humans.J Clin Invest. 2009 May;119(5):1322-34.

Teff KL et al. Endocrine and metabolic effects of consuming fructose- and glucose-sweetened beverages with meals in obese men and women: influence of insulin resistance on plasma triglyceride responses.J Clin Endocrinol Metab. 2009 May;94(5):1562-9.

Hu FB, Malik VS. Sugar-sweetened beverages and risk of obesity and type 2 diabetes: epidemiologic evidence.Physiol Behav. 2010 Apr 26;100(1):47-54.

Samuel VT. Fructose induced lipogenesis: from sugar to fat to insulin resistance.Trends Endocrinol Metab. 2010 Nov 8. [Epub ahead of print]

Como digo sempre, é preciso saber como, porque, quanto, quando e para quem prescrever sucos de fruta!!

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Suco de fruta é pior que refrigerante!!

Claro que não pirei, não estou louco, e não faria um afirmação desta. Mas meu alunos e pacientes se coçam quando começo a falar da frutose presente nas frutas e a forte relação com doenças cardiovasculares cada vez mais comprovada. Quando me refiro positivamente à frutose valorizo o consumo desta associada aos fitoquimicos e fibras presentes na polpa in natura das frutas, em um bagaço de laranja e não como se tem feito cada vez mais, induzindo as pessoas a fazer sucos, comprar extratores de suco, dos sucos de caixinha, das bebidas adoçadas, que são verdadeiros concentrados de frutose, de alto indice glicêmico, indutores de inflamação e doença cardiovascular.Para estimular o estudo sobre estas afirmativas, deixo o link de uma revisão sobre os efeitos da frutose.

Semana que vem vou mostrar em uma pós relação da frutose com aumento de ácido úrico e o risco de lesão renal.

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Como desossar peito de frango?

Pessoal, no blog da nutricionista Lícia Vendruscolo há um vídeo bem interessante de como fazer esse processo. Vale a pena clicar.

sábado, 4 de dezembro de 2010

Diet não é sem açúcar!!!


Estava lendo na folha de São Paulo esta receita abaixo dos bolinhos de caneca que estão na moda:

Cupcake diet de chocolate
Rendimento: 6 unidades
Ingredientes

4 ovos
2 colheres (chá) de adoçante forneável
2 colheres (chá) de óleo de milho
2 colheres (sopa) de água
35 gramas de cacau em pó
110 gramas de farinha de trigo
1 colher (chá) de fermento em pó

Basicamente da receita comum, retirou-se o açúcar e se colocou adoçante. E é esse o erro que vejo e tenho batido nesta tecla há muito tempo. A sacarose, que é vista como vilã, tem índice glicêmico menor que a farinha de trigo refinada, ou seja, se o objetivo é desenvolver receitas visando os diabéticos, obesos, hipertrilgiceridêmicos, é muuuuuuuuuito melhor colocar farinha de trigo integral (ou farinha de quinoa, sem glúten) na receita e deixar o açúcar, trocando por mascavo ou demerara, até reduzindo a quantidade e colocando 01 colher de mel. O corpo não reconhece adoçantes, e os considera toxinas, potentes indutores de inflamação. Por que não retirar o óleo de milho (w6 inflamatório) e colocar óleo virgem de macadamia ou avelã ou nozes ou oliva. Todos esses são fontes de w9, potente redutor de colesterol. Eu tentaria colocar um pouco de linhaça moída, mas ainda não testei e não posso indicar, porque a linhaça tem lignanas que formam gel, e deixam os bolos um pouco mais grudados, solados.

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Selênio nas Castanhas do Pará/Brasil!!

Comentário em cima do comentário feito na postagem curiosidade sobre tireóide e castanhas do Brasil;

Importante: cuidado com as informações inadequadas que muitos profissionais não nutricionistas falam por ai sobre alimentação e não estão preparados para isso. Aos que desejarem ler, segue link sobre metanalise mostrando que o teor de selênio realmente varia entre as Castanhas do Brasil (Pará), porém a grande maioria das castanhas tem menos de 55mcg de selênio. Apenas cerca de 5% das castanhas comercializadas apresentam niveis elevados de selênio.

Importante dizer que por lei prescrição dietética é atividade exclusiva de nutricionistas.

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Linhaça e câncer de próstata!!



Uma das dúvidas ainda a serem esclarecidas pela ciência é a relação entre consumo de ácido graxos alfa linolênico (ALA - linhaça, canola, camelina, sacha inchi, etc) e indução ou proteção de câncer de próstata. Há alguns anos saíram alguns trabalhos que mostravam uma associação positiva, ou seja, de indução. Porém, este anos foi publicada uma metaanálise (junção de vários artigos) mostrando que quem consome acima de 1,5g/dia de ácido alfa linolênico consegue uma leve proteção contra o câncer de próstata. Mas os próprios autores sugerem que mais pesquisas sejam feitas, e concordo com eles pois é preciso avaliar a individualidade. A alfa linolênico pode ou não se transformar em EPA e DHA, e portanto inteferir mais ou menos no desenvolvimento do câncer. E essa transformação de ALA em EPA e DHA depende da quantidade de vitaminas do complexo B, Zinco, vitamina C que cada um tem. Alías tá aqui outra boa indicação para os exames bioquimicos funcionais não invasivos de urina que faço. Linhaça só teria efeito protetor para quem não apresentasse deficiência destes nutrientes, e mais, se apresentar estresse oxidativo (o que muitos estudos não avaliam quando querem ver a relação entre consumo de ácido graxo e câncer), o ALA, ou seja, a linhaça consumida, será toda oxidada, será toda perdida.

Fonte: Carayol M, Grosclaude P, Delpierre C. Prospective studies of dietary alpha-linolenic acid intake and prostate cancer risk: a meta-analysis. Cancer Causes Control. 2010 Mar;21(3):347-55.

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

IDR de vitamina D mudou!!


Como eu vinha abordando aqui no blog, as antigas recomendações de vitamina D já não suportavam mais os efeitos ambientais em nossa saúde! Precisamos de bem mais vitamina D e as recomendações de dela e de cálcio foram revistas e praticamente dobraram em todas as categorias de faixa etária e sexo.

Outras postagens sobre vitamina D:

Niveis sanguíneos de vitamina D

Vitamina D e síndrome metabólica

Vitamina D e problemas respiratórios

Vitamina D, câncer e sistema imune

APROVEITE E VOTE NA PESQUISA AO LADO!!

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Curiosidades!!


1 - Pessoal, comprei uma pasta de gergelim hoje (TAHINE) da jasmine. A marca é tradicional em produtos saudáveis, orgânicos. Saborosa, e boa para passar em pães, torradas, legal para substituir margarina, etc. Os meninos adoraram. provavelmente rica em lignanos, sesamol, sesamina e sesamolina, entre outros compostos anticancer, antiinflamatórios, antidiabetogênicos, entre outras funções.

2 - A Garoto criou um chocolate em barra com o título "castanhas do Brasil". Achei legal a valorização (tem castanha do caju e do Pará), mas é importante separar as coisas, porque a castanha do Pará foi rebatizada de castanha do Brasil, pois agora é conhecida assim no mundo, inclusive na comunidade científica. Castanha de caju continua com o mesmo nome. Detalhe: quando fizerem uma versão amarga deste chocolate, fica perfeito.

3 - Li uma metanalise hoje, deste ano, que diz que chá verde sem cafeína não traz os mesmo efeitos para perda de peso do que quando com cafeína. Cuidados com produtos do mercado, as invenções que existem por ai.

domingo, 28 de novembro de 2010

Óleo de côco extra virgem reduz peso!!

Há cerca de 2 meses a formanda em nutrição Raquel Miranda, excelente aluna e nutricionista de futuro promissor, terminou seu trabalho de conclusão de curso com uma pesquisa científica de uso de 30ml de oleo de côco extra virgem (marca COPRA) para 32 pessoas com hipercolesterolemia. Tive a oportunidade de orientar este trabalho que mostrou que o óleo de côco reduz a circunferencia abdominal, reduz trigliceridios, aumenta atividade da HDL e reduz a inflamação. Estamos escrevendo o artigo para publicarmos. Uma reportagem sobre o assunto foi feita pela rede Globo de algumas cidades de São Paulo. Segue o link para assistir a reportagem.


http://eptv.globo.com/emc/VID,0,1,25638;3,oleo+de+coco.aspx

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Creatina: liberada e de futuro promissor!!

Desde a ultima avaliação da ANVISA no começo deste ano a suplementação de creatina para atletas foi regulamentada. Creatina é um tripeptídio formado por arginina, glicina e metionina (s-adenosilmetionina mais exatamente) que está localizada no corpo especialmente nos musculos, em especial no cérebro, coração e musculos esqueléticos, na forma de creatina fosfato ou fosfato de creatina ou fosfocreatina. Tem como função a geração de energia nos musculos para recomposição dos níves de ATP, o que aumenta a capacidade de geração de força muscular e portanto hipertrofia e ganho de massa muscular. Porém, a suplementação de creatina tem indicação para inúmeras outras situações de acordo com a literatura científica mais atual. Em relação ao fator hipetrofia e ganho de massa tenho visto muito na literatura que a creatina micronizada monohidratada é capaz de reduzir os níveis de miostatina, uma proteína que limita a hipetrofia muscular (se usada com leucina e arginina que estimulam TOR, pssivelmente BCAA e até glutamina, fantástico). Há trabalhos que usaram creatina em ratas grávidas e comprovaram que ela protege o musculo diafragmatico dos ratinhos recém nascidos de sofrer danos pela hipóxia induzida no nascimento destes. Há um trabalho que saiu agora no dia 16 de novembro mostrando que a creatina protege o músculo dos danos provocados pela estatina (medicamento usado especialmente para reduzir níveis de colesterol). E o trabalho que muito me interessou saiu no dia 26 de outubro, cujo orientador do projeto foi o Dr. Lancha Jr (educador físico de grande reputação no mundo), que mostrou que a creatina usada por 3 meses seguidos não provoca danos renais em diabeticos tipo 2. Há ainda muitos trabalhos que mostram que a creatina pode ser um protetor e estimulador mitocondrial muscular, o que aumenta a geração de força no musculo (isso é bom para praticantes de atividade física mas também para muitas pesssoas internadas com desnutrição, perda muscular, distrofias musculares e sarcopenias importantes). Tem um trabalho que saiu este ano (agosto) em uma revista conceituada de neurociência (Neurosci Lett) mostrando que a suplementação de creatina melhorou a performance das atividades cerebrais, em especial a memória. Importarte frizar que na maioria destes trabalhos a suplementação de creatina é feita com monohidrato de creatina, oriunda de matéria prima de qualidade, para garantir maior de taxa de absorção e utilização pelas células. Portanto cuidado com o que existe no mercado. Gosto muito de suplemento de creatina com matéria prima da creapure.

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

ANIVERSÁRIO DO BLOG!!



Aniversário POOOODE!!

Hoje completamos 2 anos de vida, e o saldo é positivo. O intuito de criar mais uma ferramenta para promover educação nutricional se tornou realidade e hoje temos mais de 300mil acessos, o que dá uma média de mais de 400 acessos por dia. São 333 seguidores em apenas 2 anos, sinal de que as pessoas confiam nos textos, pesquisas, empresas, serviços que aqui são oferecidos.

Parabéns a todos que comemoram junto comigo estes 2 anos. O blog é de todos.

Para relaxar e continuar aprendendo, vejam este vídeo! Aumente o som.

domingo, 21 de novembro de 2010

Exame urinário tem validade científica!!

Queria trazer a todos um trabalho científico, dentre milhares que existem, que avaliou o nível de peróxidos urinários em ratos submetidos a estresse oxidativo. Os ratos foram submetidos a clamp renal (uma espécie de tesoura cirúrgica que cessa o fluxo sanguíneo nos rins e portanto leva à isquemia) e depois retiram o clamp, levando a reoxigenção, e nesse momento ocorre um fenômeno fisiológico chamado de reperfusão, momento máximo onde os radicais livres são produzidos e ocorre estresse oxidativo. Os pesquisadores deram extrato seco de uva (fitoterapico vitis vinifera) para os ratos e verificaram que a produção de peróxidos (malondialdeído - MDA) urinários cai pela metade no grupo que consumiu o extrato da uva em relação ao grupo de ratos que não consumiu. O nível de peróxidos urinários reflete o grau de estresse oxidativo a que foram submetidos os ratos. Este nível de peróxidos urinários é exatamente o que estou analisando em um destes novos exames que estou disponibilizando para pacientes meus e de colegas médicos e nutricionistas.
Artigo 1

Outro estudo avaliou o efeito de vários trabalhadores submetidos a solventes orgânicos, especialmente benzeno e tolueno, na produção de estresse oxidativo também analisando o MDA urinário. Observaram que estes trabalhadores tem aumento significativo do nível de MDA urinário, portanto, do estresse oxidativo, ficando mais sujeitos a câncer. Para que os amigos tenham idéia, benzeno e tolueno(metil benzeno) são "matéria-prima a partir da qual se obtêm a sacarina (adoçante), medicamentos, corantes artificiais (rico em refrigerantes, balas, chicletes, margarinas, etc), perfumes e detergentes. É adicionado aos combustíveis (como antidetonante) e como solvente para pinturas, revestimentos, borrachas, resinas, diluente em lacas nitrocelulósicas e em adesivos." Também é utilizado para extrair óleo de sementes, leguminosas e cereais como soja, girassol e milho, de onde se obtém os óleos refinados destes mesmos alimentos, muito consumidos em nossa população.
Artigo 2

Ou seja, existe um número muito grande de pessoas que apresenta, em potencial, pelo menos um grau leve de estresse oxidativo, e que poderia se beneficiar realizando estes testes que estou disponibilizando, de ação comprovada na literatura científica, não invasivos, rápidos, e de excelente valor diagnóstico e prognóstico.

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

NOVIDADES POR AÍ!!

1 - Está aparecendo uma nova substância de altissimo poder lipolítico. Devo falar dela nos próximos cursos de obesidade. Cirsimarina.

2 - Comprovado, saiu hoje na Phytotherapy Research - Maracujá inibe a recaptação e destruição do GABA na sinapse, aumentando portanto seu tempo de ação. Relaxa, ansiolítico mesmo (passiflora incarnata). E usaram uma dose nem tão alta do extrato.

3 - Existe a possibilidade de que a partir do ano que vem eu passe a oferecer o exame de bioressonância. Detecção de alergias alimentares, intoxicação por metais pesados, dentre outros. Estamos em conversação.

Zinco, vitamina C e gripes e resfriados!!

A todo instante me questionam sobre a ação destes nutrientes,principalmente a vitamina C, na prevenção ou tratamento de gripes e resfriados. A idéia está por trás da possibilidade destes nutrientes estimularem o sistema imunológico. E isto é uma verdade. Há inúmeros trabalhos mostrando que pessoas deficientes em zinco e vitamina C tem piora da resposta imune, principalmente relacionados à redução na atividade de linfócitos T e quedas nos nives de interferon gamma. Ao mesmo tempo, já é de conhecimento há anos que nutrientes que são antioxidantes podem ser também oxidantes, pois são capazes de receber e doar elétrons. Portanto tomar suplemento de vitamina C, zinco ou quaisquer outros antioxidantes pode melhorar a resposta imune desde que o paciente apresente pelo menos uma dificiência leve destes nutrientes, senão poder piorar. É precisa avaliar.


J Nutr. 2009 Jan;139(1):113-9. Micronutrient deficiencies are associated with impaired immune response and higher burden of respiratory infections in elderly Ecuadorians.

Oxid Med Cell Longev. 2010 Jul 1;3(4):228-237. Exogenous antioxidants - Double-edged swords in cellular redox state: Health beneficial effects at physiologic doses versus deleterious effects at high doses:

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

COMO EU VEJO UM DIABÉTICO!!

Eu vejo assim:

Olho para o paciente
Na verdade olho para suas mãos, seus pés e sua fala, e vejo uma pessoa ansiosa e estressada (estresse adrenal)
Olho para sua boca e vejo que "come as palavras", provavelmente age assim também na hora de fazer a refeição (come rápido, má digestão, risco de disbiose)
Na verdade olho para seu pâncreas
Na verdade olho para suas ilhotas de Langerhans
Na verdade olho para suas células beta pancreáticas
Na verdade olho para o retículo endoplasmático destas células
E lá procuro ver o funcionamento desta organela e descobrir os motivos das possíveis falhas:
Em geral encontro falha olhando para o intestino e vendo a hiperpermeabilidade intestinal e por consequencia a disbiose intestinal
Em geral olho para o abdomen e vejo muita gordura visceral, desregulando a produção hormonal.
Em geral procuro observar também se há estresse oxidativo e nitrosativo nestas organelas.

É um pouco ou muito assim, e só vejo assim porque a ciência me mostra isso, conforme tento sempre mostrar nos artigos.

Por isso acredito muito nesta proposta dos exames de urina e saliva que já estou desenvolvendo com os pacientes. Se vc deseja seguir esta mesma linha de raciocinio, encaminhe seu paciente para realizar os exames bioquimicos funcionais e forneça a ele um tratamento mais eficaz. Você terá como mostrar a ele se há ou não a necessidade de suplementação. O paciente também se sentirá mais seguro por saber que está tomando algo porque realmente necessita.

O estudo cientifico abaixo foi um dos primeiros no mundo a mostrar que o funcionamento das células pancreáticas estava relacionado ao estresse oxidativo e nitrosativo do reticulo.

Araki E. Impact of endoplasmic reticulum stress pathway on pancreatic beta-cells and diabetes mellitus.Exp Biol Med (Maywood). 2003 Nov;228(10):1213-7.

Diabetes, sexo e estresse oxidativo


Uma das queixas constantes dos pacientes diabéticos, principalmente aqueles com mais de 50 anos, é a dificuldade em manter a relação sexual saudável esperada para esta idade com suas parceiras. Em parte isto acontece pela alteração da disfunção endotelial que acomete os vasos sanguineos dos diabéticos, incluindo os vasos que irrigam o pênis. A disfunção endotelial tem como principal causa o estresse oxidativo e nitrosativo nas membranas das células endoteliais. Além disso, as células testiculares tendem a sofrer apoptose induzida pela alteração glicêmica, e alguns novos trabalhos também tem mostrado que esta apoptose (ou seja, morte destas células) é exacerbada pelo estresse oxidativo. E no caso do estresse oxidativo, um fator é preponderante, que é a deficiência de zinco, mineral considerado antioxidante, principalmente por estimular a enzima Superóxido Dismutase (SOD). Importante dizer que o estresse oxidativo também reduz o funcionamento e destroi células beta pancreáticas, produtoras de insulina. POr isso, a proposta de fazer avaliação da presença ou não de estresse oxidativo, o grau deste estresse, e a deficiência de zinco e vitamina C, me parece importante e fundamental para o tratamento da grande maioria dos pacientes diabéticos. Podemos fazer esta avaliação mediante uma boa anamnese alimentar, através de sinais e sintomas específicos, e confirmamos com testes urinários não invasivos (a urina é um produto originado do sangue, que também reflete o estado geral de saúde do paciente). Colaborar com a melhora na saúde sexual dos pacientes diabéticos é parte do tratamento nutricional e dever do nutricionista. Vc que é diabético tem como obter uma vida sexual plena, bastam alguns hábitos saudáveis de vida.

Fontes:

Zhao Y,Exacerbation of diabetes-induced testicular apoptosis by zinc deficiency is most likely associated with oxidative stress; p38 MAPK activation; and p53 activation in mice. Toxicol Lett. 2010 Nov 12. [Epub ahead of print].

Song B. Chop deletion reduces oxidative stress, improves beta cell function, and promotes cell survival in multiple mouse models of diabetes. J Clin Invest. 2008 Oct;118(10):3378-89.

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Zinco e acne

Aproveitando o comentário da Helena na postagem anterior, disponibilizo artigo recente que comenta a importância do zinco e de outros nutrientes nos mecanismos de prevenção e tratamento da acne, que envolvem especialmente a redução da inflamação e do estresse oxidativo provocados por células imunes como polimorfonucleares, natural Killer e granulócitos.

Leia o artigo clicando aqui.

EXAMES FUNCIONAIS NA SUA CASA!!

Pessoal, estou trazendo uma nova tecnologia de exames funcionais para avaliação do estado nutricional, a ser oferecido para moradores de Brasília - Distrito Federal. Dentro de pouco tempo detalharei como será o serviço de análise de exames funcionais não invasivos, em domicilio, ou seja, irei à casa dos clientes para realizar os testes. Serão exames em que utilizo apenas uma pequena amostra da urina e testes com a saliva do paciente (não furo o paciente e nem retiro sangue). Nestes exames avaliarei o grau de estresse oxidativo (portanto a necessidade do paciente em tomar antioxidantes), a presença e o grau de disbiose intestinal, o nível de estresse influenciando na função de órgãos como hipófise e glândulas adrenais, além de analisar o nível de cálcio, vitamina C e zinco no corpo. Você que é nutricionista poderá indicar seu cliente para fazer os testes, recebendo o laudo por e-mail (tanto cliente como médico/nutricionista prescritor receberão os resultados), e vc que não é nutricionista poderá entrar em contato diretamente comigo, farei os exames, e vc será indicado a um nutricionista caso deseje uma dieta e suplementação individualizada. Dieta e suplementação baseada nos resultados dos exames, sem o risco de vc tomar algo de que não necessita.

Para comprovar a importâmcia dos testes, aproveito e deixo aqui artigo 2010 em que ratos foram submetidos a estresse oxidativo, se dosou nos ratos exatamente o que vou fazer com os clientes, mostrando que o nível de MDA (produto final da peroxidação lipídica) aumenta nestes ratos, e que nos ratos que tomaram suplementaçãod e vitamina C com vitamina E, o nível de estresse oxidativo reduziu.

Para ler o artigo, clique aqui.

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

RESIDÊNCIA EM NUTRIÇÃO - BRASÍLIA

Saiu o edital para o concurso de residência em nutrição e demais residências da SES/DF (diário oficial DODF de 10/11/2010, páginas 59 a 68).

As provas serão realizadas pelo CESPE/UnB. A taxa de inscrição: R$ 97,00 (noventa e sete reais).

Período de inscrições de 25/11 a 05/12 - via internet no endereço eletrônico: http://www.cespe.unb.br/concursos/sesdf_multidisciplinar2011 (área multidisciplinar)

A aplicação das provas objetivas será no dia 23/01/2011. O resultado final será divulgado no dia 10/03/2011. A matrícula dos candidatos aprovados será de 14 a 17 de março de 2011.

Leite de vaca é ruim para todo mundo?

Para quem gosta de iogurte natural com laranja, cenoura e mel
Para quem gosta de estrogonofre de frango
Para quem gosta de queijo com goiabada
Etc

Este artigo abaixo é um prato cheio:

Panagiotakos DB, Pitsavos CH, Zampelas AD, Chrysohoou CA, Stefanadis CI. Dairy products consumption is associated with decreased levels of inflammatory markers related to cardiovascular disease in apparently healthy adults: the ATTICA study.J Am Coll Nutr. 2010 Aug;29(4):357-64.

Colaboração do artigo: Dra Livia Hasegawa - http://www.liviahasegawa.blogspot.com/

Porque que não te calas?

Frase proferida pelo Dr. Alfred Halpern, que está em alguns dos jornais hoje: "Por mais que haja protestos contra, o que vale é o número de calorias. Você pode comer 'junk food' se quiser. Se o número de calorias for menor do que o que você gasta, vai perder peso."

Lamentável continuar a ler e ouvir estes tipos de declarações. É exatamente o contrário disso que expliquei na postagem do dia 5 de novembro e tenho comprovado pela literatura científica e pela prática.

Primeiro: ficar contando calorias, fazer dietas hipocalóricas pode sim levar muitas pessoas a perder peso, mas não conseguem manter o peso. Voltam a ganhar peso, aumentam seu risco cardiovascular, se frustram, entram em depressão, e se desesperam, passam a viver à base de curas milagrosas e toneladas de medicamentos. É isso que os médicos querem.

E mais: quantos pacientes, inúmeros, já atendi que estão comendo 600, 500, 400 calorias todos os dias e não perdem um grama. Não perdem porque não basta contar calorias. É preciso retirar as toxinas do corpo que reduzem o metabolismo. É preciso regular os órgãos começando por quem rege toda a orquestra que é o intestino. É preciso controlar a inflamação. E por ai vai.

OU SEJA: Considero uma injúria/calúnia e crime de lesa-pátria proferir comentário dizendo que pode comer junk food quanto quiser, que se tiver deficit calórico, vai perder peso. Isto não é pensar na saúde do ser humano.

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

EMPREGO PARA NUTRICIONISTAS EM BRASÍLIA!!

O hospital das clínicas de Brasilia (HCB), antigo HOB, está com vaga para supervisão do serviço de nutrição, que envolve clínica e produção. É para administrar e supervisionar todo o serviço de nutrição. Salário de 3000,00 para 44 horas. Mais informações: 34429164 e 40096478 - Falar com Janaina ou Lilian.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Vem aí o extrato do caroço do açaí!!

Uma pesquisa coordenada pelo médico Roberto Soares de Moura, na UERJ, comprovou que extrato feito a partir do caroço do açaí é eficaz no combate à hipertensão, ao colesterol alto e à resistência insulínica. O composto também pode ajudar no tratamento do enfisema pulmonar (dos dois grupos de ratos que inalaram a fumação do cigarro, o grupo que não consumiu o extrato teve muito mais danos pulmonares - feridas inclusive - que o grupo que consumiu o extrato). O aumento na ação do GLUT4 também foi demonstrada pelos autores. Os autores citam que o conteúdo de flavonóides e polifenóis no coraço é muito similar ao da polpa. Ou seja, não deve demorar para termos gel, pomada, shampoo, enxaguatório bucal e extrato seco de caroço de açaí.

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Obesidade: só dieta ou dieta com exercícios?


Conheço muita mas muita gente que não gosta de fazer exercícios físicos e sempre procura uma espécie de milagre dietético ou pilula milagrosa para fazer perder peso. Uma metaanálise que li hoje (metaanálise é uma forma de de estudo científico em que os autores fazem um apanhado dos artigos mais atuais que tenham a mesma forma de pesquisa, com metologias parecidas, e traçam um veredito final sobre aquele ponto que está sendo estudado) mostra que perder peso é mais efetivo quando se associa dieta ao exercício físico. É sempre importante observar estes resultados pois há muitas pessoas que deixam de se exercitar pois justificam a não prática pelo fato de terem aumento de apetite após o exercício e acharem que vão comer mais e portanto não conseguiriam perder peso, o que não se justifica, por inumeros fatores, mesmo que tenham aumento do apetite (tanto que a conclusão da metanalise é essa, vale a pena sempre ser ativo). Mas bem mais interessante que este resultado foi outro, em que os autores concluiram que seja só com dieta ou com dieta e exercício físico, nas duas formas, os pacientes sempre tendem a reganhar o peso, mais cedo ou mais tarde. E qual a justificativa para isso? NUTRIÇÃO FUNCIONAL!!! Ou seja, é preciso avaliar individualmente cada pessoa, entendê-la bioquimicamente, como seus órgãos estão se comunicando, qual a causa de cada uma das reclamações que o corpo apresenta. E nutricionalmente fazer todas as células voltarem a funcionar em harmonia, dar os nutrientes que os genes estão pedindo, e não apenas tratando sintomas, tentando fazer uma "dieta para perda de peso". É isso que tenho me proposto enquanto profissional e defendido nos quatro cantos deste país. Vou apresentar os resultados deste trabalho no sábado que vem no curso de obesidade da pós graduação em clínica funcional da VP consultoria. Mas fica a mensagem: não se deixem enganar nem se enganem com dietas da moda, dietas de revista, dietas de alguém que vc acha que serve para vc, em suplementos milagrosos que tratam tudo. Obesidade é uma doença crônica!!!

domingo, 31 de outubro de 2010

Requeijão que não é requeijão cremoso!!



Uma paciente foi me mostrar uma marca de requeijão que tinha comprado, muito feliz porque ele era light e era consistente, diferente da maioria dos produtos desta linha na versão light que são muito moles e dificeis de passar no pão, torrada, etc. Quando me deparei com o rótulo, infelizmente acabei deixando-a muito triste. A marca traz em sua descrição que contém gordura vegetal hidrogenada, e provavelmente não é pouca pois realmente o produto é bem consistente, característica fornecida pela gordura hidrogenada. É sempre importante lembrar que a hidrogenação da gordura transforma as gorduras da forma cis para forma trans, induzindo o paciente que a consome a muitos problemas cardiovasculares, câncer, inflamações articulares, entre outros. Claro que orientei minha paciente para o que consideraria melhor entre estas marcas de requeijão, que é uma versão light orgânica. Fiquem atentos, requeijão, margarina, etc, quanto mais duro, mais gordura hidrogenada.

Clique aqui e veja por exemplo a relação entre gordura vegetal hidrogenada e endometriose

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Forma química dos suplementos!!

Gosto sempre de enfatizar nos cursos que ministro, a preocupação com a forma química daquela determinada substância que se pretende suplementar. Isto porque a depender da forma química, o suplemento será mais ou menos absorvido. Além disso, sua ação celular, também será menor ou maior conforme a estrutura química oferecida. Veja exemplos: a carnitina, transportador de ácido graxos para mitocondria e um estimulante da biogenese mitocondrial deve ser oferecida segundo inumeros trabalhos recentes, na forma de L-acetilcarnitina ou na forma de glicina Propionil L-carnitina. Um outro exemplo é a cafeína, que na forma anidra tem absorção muito maior que a cafeína encontrada no café. Pensando em micronutrientes, a vitamina B6, importante estimulante de um sono tranquilo, pode ser dada na forma de cloridrato de piridoxina ou piridoxal-fosfato; a depender da forma a concentração a ser prescrita muda. Portanto, vc que é nutricionista, mantenha-se atualizado e vc que não é, saiba escolher um bom profissional.

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Cuidado com o azeite que vc escolhe!!


Gostaria de sugerir aos leitores que observem em seus respectivos locais de compra o azeite de oliva Figueira da Foz. Tá em promoção, saindo a 9,90 ou 10,20, algo por ai. Leiam atentamente o rótulo e depois comentem aqui se encontraram alguma coisa estranha na rótulo, no que se refere aos ingredientes!! Há versões diferentes para o mesmo azeite, e em um deles, vc compra azeite mas não leva azeite!!

Comentem!!

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Higiene bucal!!

No nosso último curso de disbiose comentei sobre a participação de bactérias bucais, especialmente a streptococcus mutans, com doenças cardiovasculares e obesidade. Presença excessiva destas bactérias causam naturalmente um quadro de disbiose, e as doenças mais conhecidas são a cárie e a gengivite. Um dos fatores fundamentais para manter a saúde bucal e portanto do restante do corpo, é a escovação, o creme dental e o fio/fita dental. Estou abordando isso pois a Oral-B chamou o dentista Dr. Henrique da Cruz Pereira para responder às dúvidas dos internautas sobre saúde bucal. O chat foi feito no Formspring e foram feitos alguns vídeos com o Dr. Henrique respondendo questões.

Para ver os vídeos entre http://www.youtube.com/ketchumdigital
Para ver todas as respostas entre aqui http://www.formspring.me/OralB
Muito interessante. Coisas como "Sociedade Organizada Bacteriana"

Hormônio masculino protege a mulher

Tem saido alguns trabalhos bem interessantes mostrando que a testosterona é um grande aliado da mulher, em especial no aumento da libido e do baixo risco de cancer de mama. Porém esta testosterona que a mulher deve apresentar em niveis normais a altos deve estar na forma livre, e o melhor método para analisar é a testosterona salivar ou por bioressonância. Outro aspecto importante é que os trabalhos tem mostrado muitos beneficios com o uso do DHEA na mulher, cujo declinio é acentuado após os 40 anos, com maior atividade cognitiva, tratamento do excesso de peso, redução da fadiga crônica, entre outros. Um aspecto que acredito muito também é no efeito contrário em homens, pois o DHEA pode ser um grande estimulante para o câncer de próstata. Importante relatar que o cancer de mama masculino é cada vez mais presente (infelizmente o INCA - Brasil não faz esta separação, portanto o link é para os dados 2010 norte-americanos), em especial nos ductos mamarios, muito relacionado aos hormonios grelina, leptina e adiponectina, ou seja, fracionamento da dieta e gordura visceral/abdominal. Um ultimo aspecto que lembrei agora: sempre para analizar niveis de testosterona, em homens e mulheres, fundamental analizar também niveis de LH e FSH, pois são eles os reguladores diretos de androgênios e estrogênios.

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

No DF, internou, 80% de chance de morrer!!


Talvez muitos amigos de fora do DF não estejam acompanhando o GRAVÍSSIMO problema de saúde pública a respeito da contaminação hospitalar por conta da Klebsiella (KPC), bactéria extremamente resistente à antibióticos, que mata muito rápido, e que está espalhada na maioria dos hospitais do DF. Já são mais de 183 contaminados pela KPC e mais de 18 mortos. O grande tratamento nutricional para esta bactéria é a prevenção: cuidar do intestino. Por isso coloquei a foto acima, porque a resistência da KPC aos antibióticos começa pelo uso indiscriminado destes medicamentos e passa pela perda das defesas imunes intestinais. Por isso temos falado aqui no blog e ministrados cursos para mostrar como promover a ecologia intestinal e como ela é importante. Nutricionistas, em alerta!!

Aveia é fundamental para atletas!!


Há algumas semanas falei bastante sobre a aveia, comparando-a com outros cereais, falando de suas peculiaridades e benefícios. Eis que chegou um trabalho para mim ontem, em que ratos foram submetidos a testes físicos, e foi acrescido à refeição dos ratinhos durante 8 semanas, 30% de farelo de aveia. A dieta em média continha cerca de 62% de CHO, 15% de proteínas e 23% de gordura, com 19g de fibras por dia. Realmente muito parecido com as dietas típicas dos atletas, quando bem orientados. E o importante foi que o estudo mostrou que ao final do periodo de 8 semanas os ratos apresentavam menor concentraçãod e IL-6 e TNF, reduzindo portanto a inflamação e promovento recuperação mais rápida pós exercício. Além disso, apresentavam niveis menores de corticosterona, o chamado hormônio do estresse, que aumenta risco de fadiga e resistência à insulina. E um ultimo ponto fundamental foi o maior tempo para se chegar à exaustão, no grupo de ratos que consumiu farelo de aveia. Existem outros trabalhos na literatura que já mostravam isso, inclusive com melhora da capacidade fagocitica das células imunes. Todos esses fatores fsão justificados pela alta concentração de beta-glucanas, fibra solúvel da aveia e presença dos compostos antiinflamatórios da aveia, em especial, as avenatramidas. Particularmente prefiro a aveia em flocos grandes pois o farelo tem um coeficiente de digestibilidade aparente baixo com muitos fatores antinutricionais.

É isso, cereal integral neles.

Fontes:

Effect of oat bran on time to exhaustion, glycogen content and serum cytokine
profile following exhaustive exercise. Journal of the International Society of Sports Nutrition 2010, 7:32.

Efeitos da suplementação de fibras solúveis sobre as células do sistema imune após exercício exaustivo em ratos treinados. Rev Bras Med Esporte v.14 n.6 Niterói nov./dez.2008.

domingo, 17 de outubro de 2010

Pasta de dente infantil saudável!!

Há alguns dias falei aqui no blog sob o risco de usar cremes dentais (pastas de dente)isentos de flúor para crianças (corretamente isentas para não provocar fluorose já que as crianças tendem a engolir a pasta) pois elas geralmente são acrescidas de edulcorantes e benzoato, ambos maléficos às crianças. Foi isso que mostrei no ultimo curso de disbiose intestinal, e nossa parceria com a Farmácia Essencial de Manipulação rendeu frutos. Um dos diretores da Farmácia participou do curso e já foi desenvolvido na farmácia um creme dental adicionado de xilitol (edulcorante natural com efeitos comprovados na prevenção da cárie por combater o streptococus mutans), isento de edulcorantes artificiais e sem benzoato de sódio. Sugiro aos colegas nutricionistas que passem a prescrever, que os usuários em geral solicitem à farmácia, testem em vcs, em casa, e assim por diante. Isso é ser parcerio, obrigado à Essencial e parabéns à vcs. Meus filhos já estão usando. Quem desejar entrar em contato com a Farmácia, vá ao site clicando aqui ou entre em contato no departamento científico com Dra Rosângela, farmacêutica, pelo e-mail: cientificoessencial@yahoo.com.br

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Vc conhece o alho negro?


O alho negro é da mesma família que o alho comum, Allium sativum. Porém tem caracteristicas organolépticas diferentes, ele é um pouco mais macio, tem um aspecto parecido com goma, e sabor adocicado. Vai muito bem como aceto balsâmico, refogado com azeite extra virgem, um pouco de manteiga para aveludar, puxados na frigideira com alho poró e alho comum fritinho. Mas queria dizer também das suas propriedades nutricionais: trabalho publicado neste ano mostra que este alho é capaz de reduzir o TNF induzido pelas Especies Reativas de Oxigenio (reduz inflamação e estresse oxidativo), reduz as moléculas de adesão (portanto reduz risco de aterosclerose) e reduz NF-KB nas células endoteliais, portanto, reduzindo a disfunção endotelial. O resultado é pressão mais baixa e menos resistência á insulina. Imagina então consumido com azeite e os outros alhos?!

Fonte 1: frigideira daqui de casa
Fonte 2: Chloroform extract of aged black garlic attenuates TNF-alpha-induced ROS generation, VCAM-1 expression, NF-kappaB activation and adhesiveness for monocytes in human umbilical vein endothelial cells. Phytother Res. 2010 Jul 7. [Epub ahead of print]

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Biscoito saudável!!




Uma das dificuldades que encontramos ao tentar oferecer uma opção de biscoito para nossos clientes, aqueles para serem consumidos puro ou com geléias, patês, creme vegetal, etc, é que a maioria deles tem muito sal, muita gordura hidrogenada e são feitos com farinha refinada. Tenho recomendado já desde o seu lançamento, o biscoito Triunfo Menos Sal, uma opção interessante pois realmente tem muito menos sódio (fazendo um cálculo comparativo dá quase 80% de diferença para menos), e realmente se observa isso na prática, pois o biscoito não tem gosto de nada. Infelizmente como todas as outras marcas tradicionais se usa gordura hidrogenada, mas é bem provável que haja menos quantidade pois o biscoito não tem gosto, o que normalmente não aconteceria quando se retira o sódio ou açúcar, em geral se acrescente mais gordura para dar tempo de prateleira (validade maior) e mais sabor. E um último aspecto favorável é que o biscoito é acrescido de fibra de aveia, o que reduz seu índice glicêmico. Fica a sugestão para que os fabricantes façam uma versão com farinha integral adicionado de fibra de aveia.

Agradecimento aos participantes dos cursos!!

Sábado passado terminamos o curso de atualização em alimentos funcionais e no sábado anterior fizemos o curso de disbiose intestinal. Obrigado a todos que acreditaram na proposta. Espero que os cursos tenham trazido informações úteis. Obrigado também aos parceiros "Sundown naturals", "Emporio Bem Estar" e "Farmácia Essencial de Manipulação". Nossos parceiros ajudaram a fazer o curso, distribuiram material educativo, ofereceram lanches, degustação de suplementos manipulados e prontos, brindes e lançamentos no mercado, tudo bastante interessante.

Até a próxima.

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Afaste-se da Síndrome metabólica!!

A Síndrome metabólica é uma doença em que o paciente apresenta pelo menos 3 das 5 doenças a saber: diabetes, hipertensão, aterosclerose, dislipidemias e obesidade abdominal. Muito comum encontrar pacientes com alterações importantes e apresentando as 5 doenças já instaladas. Um novo artigo novamente vem demonstrar que pessoas que apresentam insensibilidade à insulina (detectada pela glicemia de jejum - resistência e pela curva glicêmica - intolerância à glicose) tem baixos níveis de vitamina D no corpo. E baixa concentração de vitamina D foi considerado no estudo como valores abaixo de 50 nmol/L no sangue, o que é muuuuuuito comum de ver nos pacientes. Pessoas com vitamina D reduzida apresentaram IMC maior, pressão arterial alta e colesterol e trilgicerídios altos. E há vários trabalhso mostrando que aumentar a vitamina D na dieta pode por exemplo reduzir a pressão arterial.

Importante dizer que saiu uma metaanalise em julho deste ano confirmando que vitamina D na ordem de 200 UI a 1000UI realmente reduz a incidência de quedas e fraturas em idosos.

Fontes:

25-Hydroxyvitamin D Concentration Correlates With Insulin-Sensitivity and BMI in Obesity. Obesity (2010) 18:10, 1906–1910.

1,25-dihydroxyvitamin D3 reduces systolic blood pressure in hypertensive adults: a pilot feasibility study. J Steroid Biochem Mol Biol;121(1-2):445-7, 2010.

Vitamin D treatment for the prevention of falls in older adults: systematic review and meta-analysis. J Am Geriatr Soc;58(7):1299-310, 2010

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

300 SEGUIDORES!!

Queria registrar o belo sorriso (ainda mais que falamos ultimamente em trident, etc) da nossa seguidora de número 300, Larissa Bezerra, para dar ênfase neste expressivo número de seguidores que atingimos hoje. E falo sempre no plural porque o blog é de todos que o seguem, que comentam, respondem enquetes, ou que por aqui passam esporadicamente. Me sinto orgulhoso de ter todos vcs por aqui, em prol da educação nutricional.

Lição de cidadania!!

Ouça a palestra do presidente no Brasil do grupo Santander clicando aqui e veja uma bela lição de cidadania que vale a pena ser ouvida na integra.

Ou digite: http://www.youtube.com/watch?v=SrONJfa9lZU

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

VAGAS PARA O CURSO DE ALIMENTOS FUNCIONAIS E DISBIOSE!!

Pessoal, ainda temos 5 vagas para o curso e estamos aceitando a inscrição para os dois cursos, no valor do preço antecipado, ou seja, 150,00 para estudantes e 200,00 para nutricionistas.

Vale lembrar que os inscritos recebem todo material de aula via e-mail de forma antecipada, pasta com material para acompanhamento no dia do curso, lanche e degustação de suplementos, além do certificado.

O conteúdo científico tá muito bom, uso de diversos fitoterápicos com comprovação para tratamento de disbiose, como manipular, o que já existe pronto no mercado, entre outros.

QUER SABER O QUE ADOÇANTE MUITO CONSUMIDO E INDICADO POR VÁRIOS COLEGAS NUTRICIONISTAS FAZ COM SEU INTESTINO? INSCREVA-SE. VC FICARÁ IMPRESSIONADO.

Arroz Malekizado!!


Esse é o nome antigo do atual arroz parboilizado. Já há muito utilizado em restaurantes, seu consumo tem aumentado na casa dos brasileiros por apresentar 2 grandes vantagens em relação ao arroz polido. Tem maior quantidade de vitaminas do complexo B, mantidas durante seu processamento (processo esse que causa uma pré-gelatinização, ou seja, ele é aquecido, depois resfriado e depois secado - neste processo a maior parte das vitaminas sai da casca e vai para o interior do grão - endosperma); e tem absorção de água limitada, o que torna muito dificil "empapar" o arroz, tornando sua rentabilidade maior, e mais fácil para colocá-lo em diversas preparações, como fazer arroz à grega.

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

E para fechar o dia de hoje!! TRIDENT!!!


Fiz hoje 6 postagens. Sei lá, foi fluindo. Para terminar, conheci hoje também uma nova versão da goma de mascar TRIDENT. Esta versão vem com um derivado do leite patenteado pela empresa como "Recaldent". Segundo eles, é um fosfopeptídio de caseína-fosfato de cálcio amorfo. Imagino que a idéia seja oferecer uma fonte de cálcio para o processo de desmineralização do dente que acontece todos os dias. Primeira pergunta que ainda não posso responder: com todo este fosfato, e o pH da boca, não reduziria, aumentando a desmineralização? Segunda pergunta: e não seria mais uma fonte de proteína de leite, altamente indigerível e alergênica. Terceira pergunta: este cálcio é biodisponível e assimilável pelo dente só pelo contato da mastigação?

E parece já exisitir uma versão sul americana que contem braqueador, também. Haja aditivos químicos.

Cenas do próximo capítulo.

Plástico gera obesidade!!

Aproveitando que fui ler sobre o manganês/magnésio, li mais um outro artigo que me "conforta". É muito dificil fazer as pessoas acreditarem dos malefícios dos componentes do plástico, especialmente o bisfenol. Pois veja, estudo mostra que exposição de ratas grávidas ao bisfenol induziu à destruição das células beta das ilhotas de Langerhans, tornando as ratas depois de 4 meses de nascidas, intolerantes à glicose, resistentes à insulina e diabéticas. O bisfenol alterou a homeostase do cálcio, nutriente que em balanço com fósforo e magnésio nas células beta, são responsáveis pelo estimulo ao reticulo endoplasmático para secretar insulina.

Leia o artigo clicando aqui.

Leia mais sobre: plástico de mamadeiras

Erro grave de tradução, cuidado!!

Tneho o hábito de ler a Folha de São Paulo diariamente, para mim o melhor jornal do país, mas veja a reportagem apresentada pelo jornal:

20/09/2010 - 15h27
Excesso de magnésio na água reduz QI infantil, diz estudo


Uma concentração elevada de magnésio na água potável reduz o coeficiente intelectual (conhecido como QI) das crianças, revela estudo sobre este elemento químico, realizado por cientistas canadenses e publicado na edição desta segunda-feira da revista científica "Environmental Health Perspectives". Uma equipe de cientistas chefiada por Maryse Bouchard, do Centro de Pesquisas Interdisciplinar sobre Biologia, Saúde e Meio Ambiente (CINBIOSE), da Universidade de Quebec, em Montreal, fez este estudo com 362 crianças da província, com idades entre 6 e 13 anos. Os cientistas mediram a quantidade de magnésio na água corrente de suas casas, e através de uma entrevista estimou-se a quantidade de água ingerida.
Paralelamente, cada criança foi submetida a testes sobre suas capacidades cognitivas, motoras e comportamento. Segundo Bouchard, "uma redução muito significativa do coeficiente intelectual das crianças foi observada, vinculada à presença de magnésio na água potável". Assim, 20% das crianças em cujas casas a água apresentou níveis maiores de magnésio mostraram um coeficiente intelectual 6 pontos abaixo daquele de crianças que não consumiram água com magnésio. Estas análises levaram em conta fatores como renda familiar, inteligência materna, nível educacional materno, bem como a presença de outros metais na água. Alguns municípios estudados já instalaram filtros que retêm o magnésio. Os pesquisadores propõem, ainda, que se estabeleçam normas nacionais e internacionais que limitem a presença do magnésio na água potável.

Agora veja a importância de ir atrás do artigo, procurar a fonte, ler o artigo em seus detalhes: Orginal logo abaixo:

Intellectual Impairment in School-Age Children Exposed to Manganese from Drinking Water


Abstract Top
Background: Manganese is an essential nutrient, but in excess, can be a potent neurotoxicant. Despite the common occurrence of manganese in groundwater, the risks associated with this source of exposure are largely unknown....

Depois daqui segue o artigo, mas conseguiram observar o erro grave: o nutriente estudado é o manganês, não o magnésio. Esse foi o fato que me chamou a atenção na hora pois o manganês já tem esta relação excitatória cerebral conhecida, com ativação do glutamato, etc. E o magnésio é quase o contrário, é estimulante das funções cerebrais, de geração de energia para o impulso nervoso, etc.

Isto faz uma diferença enorme na hora de uma suplementação. Sempre alerta com jornalistas e jornais.

Herbalife ataca novamente!!


Saiu mais um trabalho científico mostrando que produtos da herbalife são danosos à saúde. Desta vez foi um caso de colestase por hipervitaminose A, tomando shake da referida empresa. Já fiz o alerta aqui no blog, quem desejar ver as outras pesquisas, clique aqui. Se desejar ver a mais recente, clique aqui.

Conheça o blog: HERBALIFE NÃO

Importante: este é o único lado importante que concordo com as reportagens do Dr. Drauzio. Não é qualquer pessoa que pode prescrever fitoterápicos nem qualquer erva pode ser utilizada por qualquer pessoa. Mas querer menosprezar o poder dos fitoterápicos é total ignorância científica ou um papel ridículo a ser prestado a favor da indústria farmaceutica.

MUITO IMPORTANTE: VOU BATER PALMAS PARA O DR DRAUZIO SE APARECER NA SÉRIE DAS REPORTAGENS, ELE FALANDO DE TODOS ESSES MALEFÍCIOS DOS "FITOTERÁPICOS" DA HERBALIFE. SERÁ QUE TEM CORAGEM QUANDO O ASSUNTO É MULTINACIONAL? OU A PREOCUPAÇÃO É COM O NÚMERO DE PACIENTES QUE ESTÃO DEIXANDO DE SOFRER COM OS EFEITOS COLATERAIS DOS MEDICAMENTOS TRADICIONAIS E PROCURANDO MAIS NUTRICIONISTAS QUE ASSOCIEM UMA MODIFICAÇÃO ALIMENTAR SAUDÁVEL COM O USO DE FITOTERÁPICOS COMPROVADOS?

Gripou, engordou! Adenóide inflamou, engordou!!!

Deu bronquiolite, deu bronquite, deu pneumonia? Engordou!!

Ai, que terrível. Mas essas conclusões são viáveis. Até vírus engorda. É o que acaba de ser comprovado em pesquisa publicada na revista International Journal of Obesity. O adenovirus humano é capaz de reduzir as reações de lipólise e oxidação de gordura e estimular a lipogênese, esteatose hepática e aumento das gotículas de gordura estocadas nas células musculares.

Estamos totalmente mergulhados em um ambiente obesogênico. É preciso estar se policiando sempre, como bons hábitos de vida.

Quem quiser ler o artigo é só clicar aqui.

Glúten leva à obesidade!!

Muitos torcem o nariz ao ouvir este título mas é o que acontece na prática quando reduzo ou excluo o glúten (principalmente encontrado no trigo) das dietas dos pacientes. A distensão abdominal reduz em poucos dias e a perda de gordura corporal acaba acontecendo com o passar dos dias. Uma pesquisa recente, brasileira, está comprovando isso.

"Pouco se sabe sobre os efeitos da ingestão de glúten na obesidade. Por isso decidi buscar uma resposta científica para essa questão", é o que afirma a colega nutricionista Fabíola Pires, autora da dissertação de mestrado da Universidade Federal de Minas Gerais “Efeitos da exclusão dietética do glúten de trigo em modelo experimental de obesidade.”

Durante oito semanas, 40 camundongos foram separados em grupos e tratados com suas respectivas dietas. "Eles eram alimentados de forma idêntica, com comida rica em gorduras, como ocorre com a alimentação de obesos humanos, só que uma delas tinha glúten de trigo e a outra, não". O trabalho ainda não foi publicado mas já obtive as primeiras informaçãoes e a conclusão principal é de que aqueles animais que foram tratados com glúten ganharam 25% a mais de peso corporal comparados aos isentos do nutriente. "O grupo que não ingeriu glúten apresentou menor ganho de adiposidade – gordura – na região abdominal, além de melhor sensibilidade à ação da insulina, hormônio importante na manutenção de uma glicemia normal. Mas o melhor resultado foi em relação ao ganho de gordura abdominal: 33% maior nos animais que consumiram o glúten", afirma.

O estudo, ainda inicial e que agora evolui para a tese de doutorado da especialista, demonstra que a retirada do glúten da dieta pode evitar o ganho de peso. “Ou seja, não ingerir os cereais (trigom, centeio, cevada, aveia e malte) que contêm essa proteína pode ter algum efeito na prevenção da obesidade e da resistência à insulina secundária a essa doença. Ainda não sabemos se o glúten se deposita nas células”. Mas já sabemos e muito que a disbiose intestinal, quando associada à inflamação intestinal, com translocação de macromoléculas, citocinas e xenobióticos induzem à inflamação e hipertrofia de adipócitos, tema esse que será discutido em nosso curso de disbiose intestinal no próximo dia 2 de outubro.

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Refrigerantes e câncer!!

Procuradoria recomenda que Anvisa regulamente benzeno em refrigerantes

17/09/2010 - 06h19 www.folhaonline.com.br

A Procuradoria da República em Belo Horizonte recomendou à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) que estabeleça uma concentração máxima tolerável de benzeno nos refrigerantes comercializados no país.

Segundo nota enviada pelo ministério, a agência deve realizar, preliminarmente, estudos e pesquisas que indiquem qual seria a concentração considerada segura para a saúde humana.

"É inadmissível que, até hoje, não tenhamos no Brasil uma regulamentação sobre assunto, tendo em vista que o benzeno é considerado uma substância cancerígena", afirmou o procurador da República Fernando de Almeida Martins.

Nos refrigerantes, o benzeno pode ser formado a partir da associação de dois aditivos: o ácido ascórbico e o benzoato. Mas segundo a Associação de Defesa dos Consumidores Pro Teste, os índices de benzeno estariam acima do permitido em algumas bebidas.

De acordo com a Pro Teste, dos 24 tipos de refrigerantes analisados, sete apresentaram concentrações de benzeno. Entre eles, cinco estavam com uma quantidade aceitável, enquanto dois deles --a Fanta Laranja Light e a Sukita Zero-- apresentavam níveis acima do valor permitido pela Anvisa para água potável.

A própria agência informou à procuradoria que, em 2007, já havia alertado a Abia (Associação Brasileira da Indústria de Alimentação) sobre a possibilidade de formação de baixos níveis de benzeno em refrigerantes que contêm em suas fórmulas os sais benzoato e ácido ascórbico. A associação deveria instruir as empresas de alimentos a substituir pelo menos um dos aditivos, de modo a evitar a utilização de ambos em um mesmo produto.

Comentário: já havia feito postagem anterior sobre o risco de câncer e refrigerantes. Mas, mais recentemente fiz postagem sobre os aditivos em balas, confetes, etc, porcarias muito presentes na alimentação infantil e que também são fontes de benzoato de sódio. E é preciso notar que se qualquer um consome estas guloseimas e depois consome uma fonte de vitamina C, que é o ácido ascórbico, também formará benzeno no corpo, ou seja, imagine quanto de benzoato não se está consumindo para quem tem alimentação rica em coisas industrializadas. É preciso proibir a utilização destas substâncias, mas como isso pode demorar muito pois no Brasil tudo depende de força política (entenda grana, impostos pagos pelas empresas de refrigerante, etc), é melhor reduzir ao máximo os alimentos e produtos que contenham benzoato em sua composição.

Abaixo, artigos que comprovam que benzoato de sódio (aditivo) está relacionado à transtorno de hiperatividade e deficit de atenção e câncer.

Beverage ingredients can form carcinogen.Consum Rep. 2006 Oct;71(10):7.

The role of histamine degradation gene polymorphisms in moderating the effects of food additives on children's ADHD symptoms. Am J Psychiatry. 2010 Sep;167(9):1108-15. Epub 2010 Jun 15.

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Curiosidades da aveia!!


A avena sativa (aveia) é um cereal de características especiais. Primeiro pelo fato de conter apenas 13 a 15% de glúten. Depois que vários trabalhos mostram que uma parte do gluten da aveia é tolerável por muitos celíacos. Outro ponto interessante é o seu teor de gordura. Enquanto o trigo tem em torno de 2% de lipidios e o arroz tem em torno de 1%, a aveia tem em torno de 8%. E o mais interessante, vc não conhece no mercado óleo comestível de aveia, mas conhece óleo de germen de trigo ou óleo refinado de arroz (usado para cozinhar). Essa é uma caracteristica peculiar da aveia, com excelente quantidade de lipidios, e são insaturados, com boa proporção omega 6:3. E mais, não há lipidios em alta concentração no germen, mas no endocarpo, o que dificulta a extração para fazer óleo refinado ou óleo de germen, e portanto, faz com que sempre tenha-se que se comer o grão aveia, em flocos, em farelo, enfim, o que já causa um benefício importante pois a pessoa se vê obrigada a consumir as fibras também do grão. É assim, a natureza oferecendo o que há de bom, nós é que as vezes estragamos.

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Calcule seu Índice de Estresse!!

Quer saber o quanto vc está estressado? Qual a possibilidade de surgir uma doença em vc em virtude do estresse? Clique aqui e faça seu teste.

Aproveite e leia mais:

Fisiologia do estresse

Dieta antiestresse

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Dormir bem reduz diabetes, dislipidemia, aterosclerose, reduz peso!!


Trabalho bem legal publicado esses dias feito em ratos, comparou grupo de ratos controle, saudaveis, com ratos que foram resseccionados (retirados) os receptores de melatonina. Melatonina é um hormonio cerebral, neurotrasmissor, indutor do sono e grande reparador corporal. No estudo, os ratos que não apresentavam os receptores de melatonina apresentaram glicemia mais alta e maior resistência à insulina, ou seja, são mais candidatos a desenvolver todas as doenças da síndrome metabólica (diabetes, hipertensão, aterosclerose, obesidade e dislipidemias), já que a resistência à insulina (RI) é o fenômeno fisiológico comum a todas essas doenças. No estudo, não houve diferença quanto ao ganho de peso, mas o estudo não avaliou efeito a longo prazo, o que eu vejo na prática diária e em outros estudos também que pessoas com RI acumulam gordura formada a partir do excesso de glicose não metabolizada nas células. E outra conclusão que mais uma vez aparece. Dormir bem emagrece, dormir bem baixa glicemia, dormir bem reduz risco de sindrome metabólica pois a melatonina é produzida durante um sono profundo. Ratos sem receptores de melatonina é como se fossem ratos sem produção de melatonina, os efeitos finais são os mesmos.

obs: na figura MT1-/- quer dizer os ratos que são defeitos no receptor de melatonina. Bolas em branco são os ratos MPT1-/-

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Reduza hiperatividade de seus filhos, amigos, parentes, clientes!!!


A postagem é baseada apenas nesta imagem da reportagem da revista PROTESTE, importante mecanismo de defesa do consumidor a qual eu indico a assinatura. Os aditivos alimentares além de hiperatividade, também estão relacionados e comprovados quanto à disbiose intestinal, inflamação, alergias e câncer. Importante: esses mesmos corantes aparecem muito em refrigerantes, margarinas, gelatinas, medicamentos (principalmente xaropes) e vários outros alimentos. Detalhe: o benzoato de sódio não aparece na imagem mas é falado na reportagem, e é mais conservante do que corante, mas não presta do mesmo jeito.

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Entendendo as lipoproteínas!!

"Linoleic acid was negatively related to TAG, but was positively associated with LDL- and HDLcholesterol concentrations." - British Journal of Nutrition (2009), 102, 1355–1361.

O que isto quer dizer? Quer dizer que se vc apresentar triglicerídios normais, mas seu LDL está aumentado mesmo com valores normais ou altos de HDL, isto é sinal de que sua dieta contem muito ácido graxo linoleico. E outra hipótese, é que vc produz muito HDL mas ele não funciona, ou seja, ele tem baixa capacidade antioxidante e antiinflamatória. Nutricionalmente nós podemos mecher nestes 2 aspectos trabalhando o tipo e a quantidade de ácido graxo consumido, a proporção entre eles, incluindo saturados, insaturadas e trans, podemos trabalhar com carotenoides e com bioflavonóides e nutrientes antioxidantes.

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Probiótico de rotina para recém nascido, não!!

"Routine Supplement of Prebiotics and Probiotics to Newborn Infants Is Not Recommended"

A suplementação de rotina de prebióticos e probióticos para crianças recem nascidas não é recomendada.

Esta frase foi retirada do artigo publicado na Pediatrics do final do ano passado, revista da academia americana de pediatria. Alguns fatores fizeram com que esta recomendação surgisse e pretendo discutir estas propostas e estes fatores no curso de disbiose. Pode ou não, se pode, qual prebiótico ou probiótico, e porquê?

Em tempo: vamos abordar a participação do óxido nítrico como agente antimicrobiano, com produção intestinal via bactérias, e portanto, possível ação também na redução da pressão arterial. Acho que vou chegar à conclusão que o intestino não é o nosso segundo cérebro, diria que estão empatados em primeiro lugar de importância.

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Contra as crises de asma!!

Um estudo em camundongos mostrou em detalhes o mecanismo dos ataques severos de asma, criando condições para uma futura terapia dessa forma da doença. Na variante severa da asma há grande produção da interleucina IL-17, molécula inflamatória ligada à ativação de uma célula de defesa do organismo, o neutrófilo. É isso o que fez o novo trabalho na revista "Nature Immunology": explicar o excesso de neutrófilos nos pulmões dos pacientes. Marsha Wills-Karp e seus colegas do Hospital da Criança de Cincinnati (EUA) demonstraram como certas linhagens de camundongos sofrem mais de asma severa do que outras, combinada com infiltração pulmonar de neutrófilos, e vincularam o processo à IL-17. Logo, inibir ou bloquear a IL-17, ajuda a evitar e a tratar pacientes asmáticos (IL-17 também está ligada ao desenvolvimento da dor lombar associada à hérnia de disco, de acordo com artigo do Arthritis & Rheumatism). E o grande bloqueador fisiológico da IL-17 é a sua colega IL-2. E para estimular a IL-2 basta tratar a disbiose intestinal e oferecer ao corpo pre e probióticos nos tipos, quantidades e momentos adequados. Controlar a ingestão dos alimentos alergênicos também é fundamental, detectando o que é alergênico de forma individual, estando sempre os principais alimentos mais correlacionados segundo os trabalhos mais atuais: leite e derivados, fontes de glúten, clara de ovo, sal, sementes oleaginosas e frutos do mar.

sábado, 21 de agosto de 2010

Nutrição e desenvolvimento escolar

Saiu recentemente um trabalho que mostra que o controle do indice glicêmico e da carga glicêmica do café da manhã oferecido a crianças escolares, influencia diretamente no rendimento delas. Segundo os autores, um desjejum de alto indice glicêmico e baixa carga glicêmica gera velocidade mais rápida de processo das informações. Fundamental que pais tenham esta noção, e que o nutricionista saiba prescrever uma dieta baseada nestes conhecimentos. Uma das idéias que estamos bolando nesta parceria entre eu e a Dra Andreia também segue neste sentido, de demonstrar a elaboração de refeições e cardápios criados a partir do indice glicêmico, da carga glicêmica e do indice inflamatório dos alimentos.

Artigo: R Micha, P J Rogers and M Nelson. The glycaemic potency of breakfast and cognitive function in school children. European Journal of Clinical Nutrition , (23 June 2010) | doi:10.1038/ejcn.2010.96

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

atualização 2010

Vc provavelmente já ouviu falar de ceramidas, encontrada em alguns shampoos e cremes. Mas já ouvir falar de lactosilceramidas e sua relação com o sistema imune? Já ouvir falar de dectina-1 e sua relação com disbiose intestinal? Quer saber onde existem estas substâncias, como agem e como interferir dieteticamente? Qual a sua relação com reações alérgicas deste período terrível de seca e como reduzir este processo?

Estes e outros assuntos serão abordados nos cursos de disbiose intestinal e alimentos funcionais comigo e com a Dra Andreia Torres. Fique atento que em breve divulgaremos como e onde fazer as inscrições.

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Cuidado com a gordura anidra de leite!!

Por Lei, o Ministério da Agricultura determina que o chocolate produzido e comercializado no Brasil deve ter, no máximo, 5% de gordura vegetal e 25% de cacau, no mínimo (antes de 2003 o teor era de 32% - pressão muito forte dos produtores de chocolate à época, tipo Nestle, Lacta e Garoto). Além disso, as indústrias criaram mecanismos de aumentar a quantidade de água e gordura dos chocolates, criando mais "sabor", maior vicio ao produto, mais duração de validade, com menor teor proporcionalmente de cacau. É o que se tem feito com a adição do soro de leite e da gordura anidra de leite. A gordura anidra de leite nada mais é que uma manteiga desidratada, cheia de gordura trans e gordura saturada, que se tornam muito maléficas quando associadas à carboidratos de alto indice glicêmico, ou seja, acúcar e glicose (em larga quantidade nos "chocolates"). Não abuse de nada industrializado, e sempre que possível, coma chocolate de verdade, como cacau em pó, chocolate em pó e chocolates com no mínimo 50% de cacau.

Outro desgosto associado: se vc clicar para ler a definição de gordura anidra de leite pelo Ministério (e corroborado pela ANVISA), ainda verá os famigerados limites de aceitação de bactérias patogênicas, tipo Estafilococos e coliformes.

NOVOS CURSOS DE ATUALIZAÇÃO PARA NUTRICIONISTAS EM BRASÍLIA

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Um ex-jogador em atividade!!


Vc com certeza conhece o senhor acima. Ou melhor, conhecia, porque este é na verdade um ex-atleta em atividade. O aumento da concentração de gordura corporal em Ronaldo é um fenômeno (com o perdão do trocadilho) comum há vários ex-jogadores de futebol e em outras modalidades esportivas. Parte deste efeito se dá pelo acúmulo de gordura intramuscular que ocorre enquanto o jogador é realmente um atleta, ou seja, apresenta treinamento intenso, com alto gasto energético. Durante o perído de alto gasto calórico a gordura que é estocada no musculo é rapidamente oxidada no próprio musculo, porém com a redução das atividades (e Ronaldo já deixou de ser atleta há muito, só ele que não sabe), esta gordura provoca uma liberação excessiva de ácidos graxos não esterificados nas células musculares criando um fenômeno de lipotoxicidade, cujo resultado final é a alteração na fosforilação do receptor de insulina com consequente resistência a este hormônio. A glicemia tende a aumentar e acumular nas células adiposas elevando a circunferência abdominal. Pior, o risco cardiosvacular é muito alto nesta situações. Resistente, o ex-atleta passa a ter dificuldade enorme para perda de peso.

Ganância? Ou a pressão de patrocinadores? Se liga Ronaldo!!

obs: foto de hoje, 13/08/2010.

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Inflamar ou não inflamar!!!



Hoje de madrugada estava preparando uma palestra sobre a oliveira e comecei a pensar em inflamação e estresse oxidativo e notar como estas coisas são fundamentais para a vida e para a morte. Na verdade o pensamento começou porque discordei da prescrição da odontóloga dos meus filhos que prescreveu antiinflamatório logo após o procedimento cirurgico que um deles fez na quinta feira. Veja, a inflamação é necessária para vida desde quando chegamos ao mundo pois inflamamos como resposta a qualquer agente agressor ambiental. Assim que nascemos, devemos gritar, chorar, berrar pois isso é um sinal que nosso sistema imune está inflamando e respondendo à agressão do ambiente, com temperatura, luz, umidade, etc, tudo diferente do que estávamos acostumados dentro da placenta. E isto nos cria defesas, anticorpos, estimula capacidade de observação, de fuga e de luta. Quando sofremos um corte, é necessário inflamar para atrair para aquele local células como macrófagos e linfócitos para combater os agentes infecciosos que vão entrar, assim como é preciso inflamar para atrair plaquetas para ajudar a coagular. Por isso não concordo em entrar com antiinflamatório imediatamente ao fim da cirurgia. O antibiótico pode ajudar, mas o antiinflamatório, apenas 24 a 48 horas depois. Isto é o que chamamos de inflamação aguda. É o mesmo que ocorre quando queremos ganhar massa muscular: é preciso criar um "trauma" nas fibras musculares, para desencadear uma inflamação de baixo grau que irá depositar maior quantidade de aminoácidos e proteínas naquela estrutura, tornando-a maior e mais forte.

Agora, inflamar cronicamente é péssimo, pois leva à todas as doenças crônico-degenerativas conhecidas hoje no mundo. Quando me sinto inflamado por exemplo, a principal coisa que não tento fazer é trabalhos que exijam capacidade mental pois um cérebro inflamado não tem capacidade cognitiva. E que o mais inflama cronicamente, sem dúvida, são 3 fatores: estresse constante, gordura abdominal e dieta inflamatória.

Novos ares!!

Esta semana estou conhecendo meus novos alunos de graduação em Nutrição e Biomedicina da Anhanguera, aqui em Brasília. Expectativa muito boa, adorei as turmas, estou bem animado.

Aproveitando inclusive a chegada de novos seguidores, queria trazer uma informação a eles e aos demais amigos que estão sempre no blog.

O alumínio é um dos grandes contaminantes do nosso corpo, a quem chamamos de xenobiótico, que trás diversos malefícios. As panelas de aluminio e as folhas de alumínio que envolvemos nossos alimentos estão entre as principais fontes de contaminação. Mas queria que todos passasem a observar o que eu considero a maior fonte de ingestão de alumínio para muitas pessoas. Chama-se silico aluminato de sódio. É um aditivo alimentar presente em várias marcas de sal, o sal iodado comum que compramos e usamos TODOS OS DIAS. Age como uma espécie de sequestrante de umidade, para evitar que o sal fique todo pregado ou empedrado. Leiam os rótulos e observem e não comprem os que apresentarem este constituinte.

Leia também:

Qual a melhor panela para cozinhar?