sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

ÚLTIMA "VEJA" DO ANO, UMA TRAGÉDIA!!

Infelizmente, como de costume, a revista "VEJA", trás reportagens com diversos erros. A última ano trás 2 reportagens que me chamaram a atenção e precisam ser comentadas:

Assunto: Suco de Fruta e Vigilantes do Peso

1 - A reportagem começa dizendo que suco de laranja e uma laranja tem cargas glicêmicas (CG)consideráveis, e ainda mostra no infográfico. Erro grave porque a laranja tem CG 5, enquanto suco tem 13. A primeira é considerada baixa e a segunda é média.

2 - A reportagem faz propaganda do sistema de dieta do vigilantes do peso, que a própria reportagem deixa claro que faz parte de um grupo norte americano, altamente capitalista e oriunda do pais com a maior indústria voltada para faturar em cima de obesos, que nunca promoveu nenhum tratamento individualizado para ninguém, e por isso tem que ficar se reinventando e tentando criar atrativos para as pessoas seguirem seu sistema. Coisa típica de reportagem paga, semelhante ao que Herbalife faz, industrias farmaceuticas que bancam a revista, já bem conhecida por esta vertente.

3 - Lamentar que a nutricionista Juliana Baptista, citada da reportagem, e sendo verdade o que está escrito, concorde com o sistema de "Dieta de Vigilantes do Peso".

4 - A quebra de carboidratos consome até 20% de calorias contidas na comida é erro grave, porque quem faz isso são as fibras, e em torno de 15% das proteínas. E também é errado dizer que a quebra das gorduras só gastam 5% do VET, porque as gorduras insaturadas são complexas, cheias de duplas ligações, demandam muito gasto de enegia para serem digeridas, remontadas, absorvidas, transportadas, metabolizadas e os TCM também são grandes termogênicos.

5 - E termina a reportagem de forma lamentável porque novamente valoriza o médico Alfred Halpern, que já é conhecido do blog por suas declarações catastróficas, começando por sempre achar que só engorda quem come mais do que gasta. E note como a reportagem é fraca, porque termina valorizando alguém que desvaloriza completamente a carga glicêmica dos alimentos (o que a reportagem tentava mostrar), exatamente porque para ele só existe o quanto vc come e o quanto vc gasta.

6 - A outra reportagem, já estou cansado de coisa negativa, não vai dar para comentar mais porque esta época do ano é só de coisas boas, fala algumas besteiras também já mostradas neste blog com artigos científicos sobre diferença entre alimento orgânico e alimento hidropônico, e que os residuos de agrotóxicos, pesticidas, defensivos, etc, encontrados pela ANVISA nos alimentos brasileiros não fazem mal à saúde. TRISTE E LAMENTÁVEL. Quanta gente falando besteira. Quem assiste meus cursos sabe disso, tudo com embasamento científico e atual.

obs: o que seria importante da revista abordar sobre consumo excessivo de frutose em suco de fruta e em uma fruta com bagaço, a resistencia insulina e esteatohepatite derivado deste consumo, não são abordados.

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

PRIMEIRAS ATIVIDADES PARA 2012!!

1 - Já no fim de janeiro/começo de fevereiro, aqui em Brasília, inicio do cursinho para concurso do Senado Federal (aguardem mais informações).

2 - Para os meses seguintes: cursos de extensão em Brasília, provavelmente sobre:

2.1 - Nutrição e programação metabólica na preconcepção, gestação e lactação com suplementação

2.2 - Bioquimica de vitaminas e minerais com suplementação

2.3 - Algo na área de bioquimica, fisiologia e nutrição esportiva

3 - Se tudo der certo, até o fim do ano, terei escrito ao menos 1 livro, a tentativa serão 2 livros.

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

O QUE ACONTECE COM QUEM BEBE COLA DEMAIS?

O ovo ficou meio elástico, é assim que seus ossos vão ficar. Porque desmineralizam e voltam a ser apenas colágeno.
video

A perfeição humana!! Nenhum radicalismo vale a pena!!

Ontem tive uma grande alegria, pude atravessar uma piscina a nado pela primeira vez com meus filhos juntos. Sensação indescritível, dentre várias outras, com aquela sensação de que estou passando ensinamentos, estou ensinando, estou lecionando, algo que sei fazer de melhor. E eu estava nadando, quando eles me viram, (estavam brincando com os brinquedos que ganharam no Natal) e estava ao mesmo tempo que nadava refletindo sobre fisiologia orgânica. Vejamos: se sou sedentário, aumento o risco de morrer. Se faço atividade física extenuante, aumento o risco de morrer, inclusive por câncer. Atletas de elite, de alto desempenho, alta performance. Veja como estes atletas envelhecem rapidamente, como apresentam lesões, como a vida útil, no ápice, é sempre muito pequena. Fruto do estresse oxidativo. Mas radicais livres também podem ser bons, em nível leve a moderado, nível fisiológico. Porque? Porque estimulam as enzimas e vias bioquimicas antioxidantes, estimulantes do sistema imune, controladoras da apoptose celular, por isso tomar antioxidantes logo depois de malhar na maioria das pesquisas não se mostra interessante. O exercício leve (yoga por exemplo), coloca o oxigênio onde ele deve ficar, dentro das mitocondrias, da CTE, sem escape e baixissima produção de estresse oxidativo. O exercício moderado produz radicais livres mas ativando vias importantes contra câncer por exemplo. Mas ai vamos ao outro extremo, à alta performance, que detona o corpo, que ultrapassa a fisiologia e vai para a patologia, o supra-fisiológico, gerando descarga de radicais livres e oxidação desenfreada pelo corpo. E tendo a crer que na perfeição de Deus, ele também pensou em que situação mental vc faz o exercíco e não apenas se ele é de alta ou baixa intensidade. Nadar com os filhos me faz ter prazer porque libero hormônios que me trazem essa sensação, que com certeza retardam meu envelhecimento. Diferente de nadar por obrigação, naquela criança que tem que ir para a natação 7h da manhã, porque o médico disse para os pais que tinha que nadar para crescer porque estava abaixo da curva, mas a criança odeia nadar e acordar cedo. Não dá o resultado esperado, assim como atletas que nadam preocupados se semana que vem terão ou não o patrocinador ou com salários atrasados, etc, etc. A máquina é perfeita, nós é que estragamos. (sedentário /exercício leve/ exercício moderado/ exercício de alta performance). Equilírio entre o físico e o extra-físico.

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

FELIZ NATAL A TODOS!!



Seja cristão ou não, desejo a você toda a verdade e amor contidas nas mensagens e atitudes de Jesus, comemoradas na data de seu nascimento, e que devem ser reproduzidas em todos os dias de nossas vidas. É momento para refletirmos que devemos nos preocupar, no nosso dia a dia, com as pessoas que estão a nossa volta, com o próximo, com a família e entes queridos. Que Deus derrame bençãos nos lares, sabedoria nas mentes, amor nos corações e fluidos de energia nutritiva no espírito de cada um de vocês.

sábado, 17 de dezembro de 2011

Beringela e cardioprotecao

Além de ser um vegetal rico em fibras, a beringela se destaca pelo conteúdo de carotenoide e vitamina C, além de ter em sua casca antocianidinas. Além disso, possui Compostos fenolicos como a Nasunina, que te se mostrado efetiva em melhorar a capacidade ventrícular esquerda e reduzir a apoptose de cardiomiocitos (julho de 2011). Se adicionada de azeite extra virgem, abobrinha, azeitonas recheadas com pimentão vermelho, uvas passas e cebola, tudo picado e assado em forno baixo, refratário tampado, faz um belíssimo prato funcional para acompanhar camarões refogados em cebolas ligeiramente caramelizadas. Delicia, vou fazer estes pratos hoje e um arroz com cenoura.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Tratamento para osteoporose: uva e própolis

Sabe por que? Porque estes 2 alimentos são fontes de fitoalexinas, fitoquimicos encontrados em plantas que servem como defesa natural contra fungos, parasitas, predadores, etc. E nesse ano algumas publicações mostraram que a medicarpina e o resveratrol (fitoalexinas) são capazes de estimular osteoblastos, células que colocam cálcio no osso. E melhor de tudo: as plantas tem muito mais fitoalexinas quando são orgânicas, porque os pesticidades reduzem a formação destes porque exercem a mesma função, inibindo os parasitas, mas por consequencia, inibindo a produção das fitoalexinas pelos vegetais.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Ferritina e ácido úrico

O ácido úrico é considerado um marcador de inflamação do tecido adiposo por muitos pesquisadores. Estou entre eles. Isto porque o ácido úrico é proveniente de uma via de formação de radicais livres, e estes são altamente indutores de NF-Kb, potente fator inflamatório. E já li este ano, associação direta entre niveis de ferritina e ácido úrico, algo também perfeitamente imaginável por ser a ferritina molécula armazenadora de ferro e estimuladora de reação de fenton, outra potente via de produção de radicais livres e portanto de inflamação. Tendo a pensar portanto em presença excessiva de ferro (e possivelmente cobre) livre, destruindo membranas e células por tudo quanto é canto em alguém com ácido úrico elevado. E vou além: individuos anêmicos, podem estar altamente inflamados, mas por anemia de doença crônica, assunto que também abordo nos meus cursos. Mostrar exames de sangue para alguém que saiba juntar estas informações me parece imprescindível.

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Antioxidantes e Exercício físico

Amanhã vou a SP falar de desequlibrios nutricionais em praticantes de atividade física. Sempre após atividade física observamos um aumento das ERO´s que vem acompanhado por um aumento considerável na expressão das enzimas antioxidantes SOD e GPx, o que poderia parecer paradoxal uma vez que as ERO´s seriam substrato para as enzimas e observariamos a uma maior degradação das ERO´s. Entretanto, em geral, vejo aumento de PPAR-γ e PGC1 pós atividade, e ambos são reconhecidos e estimulados pelas ERO´s. O aumento dos radicais livres com o exercício provoca tanto um aumento destes dois factores como de enzimas antioxidantes. Estas últimas irão impedir a propagação dos EROS e sua reação com outras moléculas biológicas, limitando-os assim ao seu efeito estimulante de PPAR-γ e PGC1. Tenho visto mais na literatura que os suplementos antioxidantes reduzem a indução de reguladores da sensibilidade à insulina e antioxidantes endógenos pelo exercício físico, assim como há outros trabalhos mostrando que uso de suplementos de vitamina C e E imediatamente após atividade reduzem o efeito vasodilatador do exercício. Com minerais, este processo é diferente.

Para suplementar, tem que saber fazer.

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

RESPOSTA DA ENQUETE!!

A vitória na enquete sobre refeição que aumenta HDL foi acirrada, levou a resposta: "todas as anteriores".

E realmente a resposta correta é essa: banana contem fibra prebiotica que gera AGCC que aumenta HDL, assim como as antocianidinas do acaí. O ácido oleico mais vitamina E do abacate com licopeno do mamão também o fazem. E ômega-3 do peixe mais o ácido oleico e vitamina E do azeite de oliva, idem.

domingo, 4 de dezembro de 2011

SÓCRATES MORREU POR DISBIOSE E TRANSLOCAÇÃO BACTERIANA!


Tudo evitável e tratável através da dieta. Quantas e quantas postagens já foram feitas sobre os riscos do álcool e as vantagens de se cuidar da saúde intestinal. Uma pena. Tantas e tantas pessoas vão a óbito pelos mesmos motivos. Fique com Deus, Dr Sócrates.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Porque dieta tem que ser individualizada?

Porque reagimos de formas diferentes à influências do ambiente. Estudando nutrigenômica e nutrigenética é que entendemos isso. Especialmente a epignética. Veja o caso da dependência cerebral das gorduras. Já estudamos, um trabalho inclusive publicado em abril deste ano, que em muitas pessoas, uma dieta rica em gordura ativa enzimas que fazem desacetilação de algumas histonas no hipotalamo (HDAC5 e 8), região que controla o apetite, provavelmente interferindo nos níveis de dopamina, neurotransmissor responsável pelo vício, pela dependência química das gorduras. Ou seja, para algumas pessoas, mas para muitas outras não, comer gordura gera um prazer enorme, até poderia dizer uma certa dependência. Mas em outras pessoas essa dependência é de açúcares, algo diria até hedônico. Essa é a função de um nutricionista, detectar essas diferenças individuais e prescrever a dieta correspondente. Por conclusão, jamais recomendar uma dieta via revista, jornal, etc.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Disbiose e obesidade

Estamos entrando em dezembro e abusos alimentares são característicos desta época. Preparações muito apetitosas, muitas vezes bem pouco saudáveis, e indutoras de disbiose intestinal. Resultado é um ganho de peso considerável depois de festas de Natal e Ano Novo. E tenho sempre tentado explicar que o processo de "posso engordar hoje que amanhã dou uma malhada e queimo tudo" não funciona em grande parte das pessoas, porque a disbiose não é queimada no dia seguinte. Portanto, cuidar do intestino é fundamental. Veja o caso do bacillus megaterium: um microorganismo probiótico que é produtor de ácido hidroxicitrico, um potente inibidor da citrato liase, enzima envolvida na lipogenese, ou seja, inibe a formação de gordura no corpo. Para não desperdiçar tudo que você tem alcançado, fique vigilante, coma com prazer, sem muitos abusos, e pensando na saúde do seu intestino.

TRADUZINDO: Livre-se da rabanada, este corpo não te pertence.