sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

ÚLTIMA "VEJA" DO ANO, UMA TRAGÉDIA!!

Infelizmente, como de costume, a revista "VEJA", trás reportagens com diversos erros. A última ano trás 2 reportagens que me chamaram a atenção e precisam ser comentadas:

Assunto: Suco de Fruta e Vigilantes do Peso

1 - A reportagem começa dizendo que suco de laranja e uma laranja tem cargas glicêmicas (CG)consideráveis, e ainda mostra no infográfico. Erro grave porque a laranja tem CG 5, enquanto suco tem 13. A primeira é considerada baixa e a segunda é média.

2 - A reportagem faz propaganda do sistema de dieta do vigilantes do peso, que a própria reportagem deixa claro que faz parte de um grupo norte americano, altamente capitalista e oriunda do pais com a maior indústria voltada para faturar em cima de obesos, que nunca promoveu nenhum tratamento individualizado para ninguém, e por isso tem que ficar se reinventando e tentando criar atrativos para as pessoas seguirem seu sistema. Coisa típica de reportagem paga, semelhante ao que Herbalife faz, industrias farmaceuticas que bancam a revista, já bem conhecida por esta vertente.

3 - Lamentar que a nutricionista Juliana Baptista, citada da reportagem, e sendo verdade o que está escrito, concorde com o sistema de "Dieta de Vigilantes do Peso".

4 - A quebra de carboidratos consome até 20% de calorias contidas na comida é erro grave, porque quem faz isso são as fibras, e em torno de 15% das proteínas. E também é errado dizer que a quebra das gorduras só gastam 5% do VET, porque as gorduras insaturadas são complexas, cheias de duplas ligações, demandam muito gasto de enegia para serem digeridas, remontadas, absorvidas, transportadas, metabolizadas e os TCM também são grandes termogênicos.

5 - E termina a reportagem de forma lamentável porque novamente valoriza o médico Alfred Halpern, que já é conhecido do blog por suas declarações catastróficas, começando por sempre achar que só engorda quem come mais do que gasta. E note como a reportagem é fraca, porque termina valorizando alguém que desvaloriza completamente a carga glicêmica dos alimentos (o que a reportagem tentava mostrar), exatamente porque para ele só existe o quanto vc come e o quanto vc gasta.

6 - A outra reportagem, já estou cansado de coisa negativa, não vai dar para comentar mais porque esta época do ano é só de coisas boas, fala algumas besteiras também já mostradas neste blog com artigos científicos sobre diferença entre alimento orgânico e alimento hidropônico, e que os residuos de agrotóxicos, pesticidas, defensivos, etc, encontrados pela ANVISA nos alimentos brasileiros não fazem mal à saúde. TRISTE E LAMENTÁVEL. Quanta gente falando besteira. Quem assiste meus cursos sabe disso, tudo com embasamento científico e atual.

obs: o que seria importante da revista abordar sobre consumo excessivo de frutose em suco de fruta e em uma fruta com bagaço, a resistencia insulina e esteatohepatite derivado deste consumo, não são abordados.

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

PRIMEIRAS ATIVIDADES PARA 2012!!

1 - Já no fim de janeiro/começo de fevereiro, aqui em Brasília, inicio do cursinho para concurso do Senado Federal (aguardem mais informações).

2 - Para os meses seguintes: cursos de extensão em Brasília, provavelmente sobre:

2.1 - Nutrição e programação metabólica na preconcepção, gestação e lactação com suplementação

2.2 - Bioquimica de vitaminas e minerais com suplementação

2.3 - Algo na área de bioquimica, fisiologia e nutrição esportiva

3 - Se tudo der certo, até o fim do ano, terei escrito ao menos 1 livro, a tentativa serão 2 livros.

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

O QUE ACONTECE COM QUEM BEBE COLA DEMAIS?

O ovo ficou meio elástico, é assim que seus ossos vão ficar. Porque desmineralizam e voltam a ser apenas colágeno.
video

A perfeição humana!! Nenhum radicalismo vale a pena!!

Ontem tive uma grande alegria, pude atravessar uma piscina a nado pela primeira vez com meus filhos juntos. Sensação indescritível, dentre várias outras, com aquela sensação de que estou passando ensinamentos, estou ensinando, estou lecionando, algo que sei fazer de melhor. E eu estava nadando, quando eles me viram, (estavam brincando com os brinquedos que ganharam no Natal) e estava ao mesmo tempo que nadava refletindo sobre fisiologia orgânica. Vejamos: se sou sedentário, aumento o risco de morrer. Se faço atividade física extenuante, aumento o risco de morrer, inclusive por câncer. Atletas de elite, de alto desempenho, alta performance. Veja como estes atletas envelhecem rapidamente, como apresentam lesões, como a vida útil, no ápice, é sempre muito pequena. Fruto do estresse oxidativo. Mas radicais livres também podem ser bons, em nível leve a moderado, nível fisiológico. Porque? Porque estimulam as enzimas e vias bioquimicas antioxidantes, estimulantes do sistema imune, controladoras da apoptose celular, por isso tomar antioxidantes logo depois de malhar na maioria das pesquisas não se mostra interessante. O exercício leve (yoga por exemplo), coloca o oxigênio onde ele deve ficar, dentro das mitocondrias, da CTE, sem escape e baixissima produção de estresse oxidativo. O exercício moderado produz radicais livres mas ativando vias importantes contra câncer por exemplo. Mas ai vamos ao outro extremo, à alta performance, que detona o corpo, que ultrapassa a fisiologia e vai para a patologia, o supra-fisiológico, gerando descarga de radicais livres e oxidação desenfreada pelo corpo. E tendo a crer que na perfeição de Deus, ele também pensou em que situação mental vc faz o exercíco e não apenas se ele é de alta ou baixa intensidade. Nadar com os filhos me faz ter prazer porque libero hormônios que me trazem essa sensação, que com certeza retardam meu envelhecimento. Diferente de nadar por obrigação, naquela criança que tem que ir para a natação 7h da manhã, porque o médico disse para os pais que tinha que nadar para crescer porque estava abaixo da curva, mas a criança odeia nadar e acordar cedo. Não dá o resultado esperado, assim como atletas que nadam preocupados se semana que vem terão ou não o patrocinador ou com salários atrasados, etc, etc. A máquina é perfeita, nós é que estragamos. (sedentário /exercício leve/ exercício moderado/ exercício de alta performance). Equilírio entre o físico e o extra-físico.

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

FELIZ NATAL A TODOS!!



Seja cristão ou não, desejo a você toda a verdade e amor contidas nas mensagens e atitudes de Jesus, comemoradas na data de seu nascimento, e que devem ser reproduzidas em todos os dias de nossas vidas. É momento para refletirmos que devemos nos preocupar, no nosso dia a dia, com as pessoas que estão a nossa volta, com o próximo, com a família e entes queridos. Que Deus derrame bençãos nos lares, sabedoria nas mentes, amor nos corações e fluidos de energia nutritiva no espírito de cada um de vocês.

sábado, 17 de dezembro de 2011

Beringela e cardioprotecao

Além de ser um vegetal rico em fibras, a beringela se destaca pelo conteúdo de carotenoide e vitamina C, além de ter em sua casca antocianidinas. Além disso, possui Compostos fenolicos como a Nasunina, que te se mostrado efetiva em melhorar a capacidade ventrícular esquerda e reduzir a apoptose de cardiomiocitos (julho de 2011). Se adicionada de azeite extra virgem, abobrinha, azeitonas recheadas com pimentão vermelho, uvas passas e cebola, tudo picado e assado em forno baixo, refratário tampado, faz um belíssimo prato funcional para acompanhar camarões refogados em cebolas ligeiramente caramelizadas. Delicia, vou fazer estes pratos hoje e um arroz com cenoura.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Tratamento para osteoporose: uva e própolis

Sabe por que? Porque estes 2 alimentos são fontes de fitoalexinas, fitoquimicos encontrados em plantas que servem como defesa natural contra fungos, parasitas, predadores, etc. E nesse ano algumas publicações mostraram que a medicarpina e o resveratrol (fitoalexinas) são capazes de estimular osteoblastos, células que colocam cálcio no osso. E melhor de tudo: as plantas tem muito mais fitoalexinas quando são orgânicas, porque os pesticidades reduzem a formação destes porque exercem a mesma função, inibindo os parasitas, mas por consequencia, inibindo a produção das fitoalexinas pelos vegetais.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Ferritina e ácido úrico

O ácido úrico é considerado um marcador de inflamação do tecido adiposo por muitos pesquisadores. Estou entre eles. Isto porque o ácido úrico é proveniente de uma via de formação de radicais livres, e estes são altamente indutores de NF-Kb, potente fator inflamatório. E já li este ano, associação direta entre niveis de ferritina e ácido úrico, algo também perfeitamente imaginável por ser a ferritina molécula armazenadora de ferro e estimuladora de reação de fenton, outra potente via de produção de radicais livres e portanto de inflamação. Tendo a pensar portanto em presença excessiva de ferro (e possivelmente cobre) livre, destruindo membranas e células por tudo quanto é canto em alguém com ácido úrico elevado. E vou além: individuos anêmicos, podem estar altamente inflamados, mas por anemia de doença crônica, assunto que também abordo nos meus cursos. Mostrar exames de sangue para alguém que saiba juntar estas informações me parece imprescindível.

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Antioxidantes e Exercício físico

Amanhã vou a SP falar de desequlibrios nutricionais em praticantes de atividade física. Sempre após atividade física observamos um aumento das ERO´s que vem acompanhado por um aumento considerável na expressão das enzimas antioxidantes SOD e GPx, o que poderia parecer paradoxal uma vez que as ERO´s seriam substrato para as enzimas e observariamos a uma maior degradação das ERO´s. Entretanto, em geral, vejo aumento de PPAR-γ e PGC1 pós atividade, e ambos são reconhecidos e estimulados pelas ERO´s. O aumento dos radicais livres com o exercício provoca tanto um aumento destes dois factores como de enzimas antioxidantes. Estas últimas irão impedir a propagação dos EROS e sua reação com outras moléculas biológicas, limitando-os assim ao seu efeito estimulante de PPAR-γ e PGC1. Tenho visto mais na literatura que os suplementos antioxidantes reduzem a indução de reguladores da sensibilidade à insulina e antioxidantes endógenos pelo exercício físico, assim como há outros trabalhos mostrando que uso de suplementos de vitamina C e E imediatamente após atividade reduzem o efeito vasodilatador do exercício. Com minerais, este processo é diferente.

Para suplementar, tem que saber fazer.

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

RESPOSTA DA ENQUETE!!

A vitória na enquete sobre refeição que aumenta HDL foi acirrada, levou a resposta: "todas as anteriores".

E realmente a resposta correta é essa: banana contem fibra prebiotica que gera AGCC que aumenta HDL, assim como as antocianidinas do acaí. O ácido oleico mais vitamina E do abacate com licopeno do mamão também o fazem. E ômega-3 do peixe mais o ácido oleico e vitamina E do azeite de oliva, idem.

domingo, 4 de dezembro de 2011

SÓCRATES MORREU POR DISBIOSE E TRANSLOCAÇÃO BACTERIANA!


Tudo evitável e tratável através da dieta. Quantas e quantas postagens já foram feitas sobre os riscos do álcool e as vantagens de se cuidar da saúde intestinal. Uma pena. Tantas e tantas pessoas vão a óbito pelos mesmos motivos. Fique com Deus, Dr Sócrates.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Porque dieta tem que ser individualizada?

Porque reagimos de formas diferentes à influências do ambiente. Estudando nutrigenômica e nutrigenética é que entendemos isso. Especialmente a epignética. Veja o caso da dependência cerebral das gorduras. Já estudamos, um trabalho inclusive publicado em abril deste ano, que em muitas pessoas, uma dieta rica em gordura ativa enzimas que fazem desacetilação de algumas histonas no hipotalamo (HDAC5 e 8), região que controla o apetite, provavelmente interferindo nos níveis de dopamina, neurotransmissor responsável pelo vício, pela dependência química das gorduras. Ou seja, para algumas pessoas, mas para muitas outras não, comer gordura gera um prazer enorme, até poderia dizer uma certa dependência. Mas em outras pessoas essa dependência é de açúcares, algo diria até hedônico. Essa é a função de um nutricionista, detectar essas diferenças individuais e prescrever a dieta correspondente. Por conclusão, jamais recomendar uma dieta via revista, jornal, etc.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Disbiose e obesidade

Estamos entrando em dezembro e abusos alimentares são característicos desta época. Preparações muito apetitosas, muitas vezes bem pouco saudáveis, e indutoras de disbiose intestinal. Resultado é um ganho de peso considerável depois de festas de Natal e Ano Novo. E tenho sempre tentado explicar que o processo de "posso engordar hoje que amanhã dou uma malhada e queimo tudo" não funciona em grande parte das pessoas, porque a disbiose não é queimada no dia seguinte. Portanto, cuidar do intestino é fundamental. Veja o caso do bacillus megaterium: um microorganismo probiótico que é produtor de ácido hidroxicitrico, um potente inibidor da citrato liase, enzima envolvida na lipogenese, ou seja, inibe a formação de gordura no corpo. Para não desperdiçar tudo que você tem alcançado, fique vigilante, coma com prazer, sem muitos abusos, e pensando na saúde do seu intestino.

TRADUZINDO: Livre-se da rabanada, este corpo não te pertence.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Suco de melancia 2!!


Aproveitando que acabei de mostrar a composição da semente de melancia, vou falar sobre a polpa da melancia. Além de excelente fonte de licopeno, carotenóide importante por seU aspecto inibidor de IGF-1 (reduz risco de câncer de mama e próstata) e de ação antioxidante, a melancia também tem ação diurética, e reguladora de pH. Suco da melancia é considerado cariostático, ou seja, previne contra erosão do esmalte do dente, por ter seu pH alcalino, ter pouco ferro, selênio e manganês (cariogênicos) e boa concentração de flúor (cariostático). Mostro isso em detalhes no meu curso de extensão de disbiose, isso mesmo, cárie é considerado um sintoma de disbiose.

sábado, 26 de novembro de 2011

SEMENTE DE MELANCIA!!


As sementes podem ser excelentes fontes de nutrientes. Algumas não mudam consistência ou sabor das preparações. No caso, a semente de melancia, quando triturada no suco de melancia, acaba oferecendo grande quantidade de proteinas (ótimo para quem deseja reduzir o consumo de alimentos animais) e ácidos graxos essenciais, além de ser excepcional fonte de magnésio, manganês, zinco e fósforo, importante para pessoas com sindrome da fadiga crônica, e contribui com um pouco de cálcio e ferro. E observem que a carga glicêmica é baixíssima, ou seja, a liberação de insulina é quase nenhuma, portanto ótimo para diabético e prevenção de obesidade.

obs: clique na foto para ver em detalhes as informações nutricionais

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

500 SEGUIDORES!!

Fiquei feliz em observar hoje que o blog chegou à marca dos 500 seguidores. Um número expressivo para um blog pessoal, técnico científico, e sem uso de facebook, twitter ou outras redes sociais e similares. Sinal de que o que aqui é postado contribui com informações relevantes para quem visita e/ou segue o blog. Agradeço a todos vocês e continuo estimulado a manter esta ferramenta de ensino/aprendizado.

Obs: veja a coincidência (se é que isto existe), o blog foi criado no dia 24 de novembro de 2008 e comecei a contagem das visitas em 25 de novembro de 2008. Hoje é dia 24 de novembro de 2011, quase dia 25.

Obs: observei que a seguidora que ficou próxima de ser a número 500 foi a Cintinha. Que bonitinha!!!

Carta de Abrahan Lincoln ao professor de seu filho!

"Caro professor, ele terá de aprender que nem todos os homens são justos, nem todos são verdadeiros, mas por favor diga-lhe que, para cada vilão há um herói, que para cada egoísta, há também um líder dedicado, ensine-lhe por favor que para cada inimigo haverá também um amigo, ensine-lhe que mais vale uma moeda ganha que uma moeda encontrada, ensine-o a perder, mas também a saber gozar da vitória, afaste-o da inveja e dê-lhe a conhe cer a alegria profunda do sorriso silencioso, faça-o maravilhar-se com os livros, mas deixe-o também perder-se com os pássaros no céu, as flores no campo, os montes e os vales.
Nas brincadeiras com os amigos, explique-lhe que a derrota honrosa vale mais que a vitória vergonhosa, ensine-o a acreditar em si, mesmo se sozinho contra todos.
Ensine-o a ser gentil com os gentis e duro com os duros, ensine-o a nunca entrar no comboio simplesmente porque os outros também entraram.
Ensine-o a ouvir todos, mas, na hora da verdade, a decidir sozinho, ensine-o a rir quando estiver triste e explique-lhe que por vezes os homens também choram.
Ensine-o a ignorar as multidões que reclamam sangue e a lutar só contra todos, se ele achar que tem razão.
Trate-o bem, mas não o mime, pois só o teste do fogo faz o verdadeiro aço, deixe-o ter a coragem de ser impaciente e a paciência de ser corajoso.
Transmita-lhe uma fé sublime no Criador e fé também em si, pois só assim poderá ter fé nos homens.
Eu sei que estou pedindo muito, mas veja o que pode fazer, caro professor."

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

CITRUS AURANTIUM CONTINUA EM ALTA!!


Laranja amarga ou citrus aurantium tem se mostrado efetivo no tratamento da obesidade, mas temos sempre que continuar observando o que a ciência de todo mundo continua descobrindo. Há exato 1 mês que saiu uma revisão confirmando que o citrus (e a sinefrina, seu principal componente), é seguro e pode ser utilizado no tratamento da obesidade. Aumento da termogênese via receptores adrenérgicos parece ser o principal mecanismo. Novidades tenho lido a respeito do receptor da proteína de membrana G, o TGR5, que se encontra nos adipocitos marrons, nos musculos e até em celulas intestinais produtoras de GLP-1, receptor este que seria alvo da nomilina, um flavonóide limonoide, encontrado no citrus aurantium. Há produtos bem interessantes no mercado que associam citrus com chá verde e guaraná e um pouco de cromo, importante para captação de glicose no musculo, ou mandar manipular também pode ser uma excelente saída, inclusive com outros componentes. Famoso projeto verão está aí, com algumas medidas dietéticas conseguimos bons resultados. Sempre avaliar risco porque estamos falando de receptores adrenérgicos, por exemplo, com pacientes cardiopatas, hipertensos, etc.

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

CONHEÇA O ADIPOTIDE!!

Este fim de semana estive em São Paulo para falar de vitaminas e tomei conhecimento que vem ai mais uma nova droga no mercado visando tratamento da obesidade. Ainda conhecida como adipotide, foi descoberta por pesquisadores brasileiros, Wadih Arap e Renata Pasqualini, que aplicaram diariamente injeções desta substância em macacos obesos durante 28 dias. Resultado: os macacos perderam em média 11% de peso. O mecanismo proposto é que o adipotide consegue destruir os vasos sanguineos que nutrem as células adiposas brancas, o que levaria à morte dos adpócitos. Como ainda não foi publicado, não tenho como dar maiores detalhes e opinião, mas já ficam alguns questionamentos: se inibe a angiogênese, inibe só nos adipócitos? Destruir vasos não é o mesmo que estimular a apoptose de um adipócito, uma morte fisiológica, o que poderia acarretar em aumento de macrófagos no tecido adiposo e inflamação a longo prazo.

E mais do que isso: seguno temos lido nas informações que chegam, os autores observam que houve efeitos colaterais nos rins. “A toxicidade realmente parece exclusiva a um fragmento da droga que acaba sendo liberado nos rins e produz uma série de lesões não sérias, mas que afetam um pouco sua função."

"Um pouco???", pergunto eu. Laboratório farmaceutico patrocinando a pesquisando? huuuuuummmmmmm....

Continuarei pesquisando.

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Proteínas, purinas e GOTA!!


Purinas são compostos orgânicos feitos de nitrogênio, a partir portanto de aminoácidos, em estruturas heterociclicas. Fazem parte das purinas as bases nitrogenadas que formam os ácidos nucleicos (DNA e RNA), bem como a cafeína, teobromina, teofilina, xantina, e o ácido úrico, que é a forma de excreção das purinas. O ácido úrico é bastante tóxico e pouco solúvel em água, por isso pode ser depositar facilmente em diversas partes do corpo. Por este raciocinio é aceitável se pensar que toda fonte dietética de proteína seja fonte de purinas, mas isto não ocorre, como no caso do ovo. Isto porque como nos ovos há embriões, e estes estão envolvidos pela casca, caso houvesse muita purina e ácido úrico, este ficaria retido no interior do ovo, matando o embrião. Nós humanos excretamos ácido úrico via urina, portanto, se bebermos pouca água, teremos maior tendência à hiperuricemia e GOTA, doença inflamatória causada pelo acúmulo de ácido úrico.

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Carboidrato, hipertrofia e câncer!!

A febre do corpo escultural é nítida. A busca pela alimentação que ajude a proporcionar hipertrofia muscular também. Consumo de carboidratos e proteínas fazem isso com grande excelência. Mas a via hipertrófica anabólica é através de mTOR, a mesma via tumorigênica. Quer saber como carboidratos induzem a câncer e associadamente concluir que o consumo de carbo e de determinados aminoácidos estimulantes de IGF-1 também podem fazer o mesmo? Leia o artigo 2011, clicando aqui.

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

SEMENTE DE SUCUPIRA!!

Este fim de semana estive em São José do Rio Preto, fui bem acolhido naquela cidade, calor humano fantástico e climático ainda mais (35,5ºC as 18h do sábado). Lá estive para falar dos ácidos graxos e compostos presentes em óleos e gorduras, e suas atividades em doenças cardiovasculares, ósseas, articulares, SNC, obesidade, etc, etc. Público de nutricionistas muito inteligentes, atuantes e participativas, inclusive médicos muito interessados na nutrição, e uma coisa me chamou a atenção. Comentários sobre o óleo de semente de sucupira, que alguns colegas já estão prescrevendo.

Na literatura encontramos alguns relatos sobre excelente capacidade de cicatrização de úlceras, grande poder antiinflamatório (indicado em doenças articulares), analgésica potente, redução do estresse oxidativo e nitrosativo em musculo submetido a exercício agudo intenso, cheio de compostos fenólicos. Importante, as análises mostram que a extração com solvente e calor faz perder muitos dos terpenos presentes, portanto cuidado com a origem do óleo indicado e seu processo de extração (sempre extra virgem, maceração a frio).

Queria mais uma vez agradecer à Maria José, nutricionista que já havia me convidado no ano passado para ministrar uma palestra lá em Rio Preto, e que se esforçou para que eu lá voltasse e que defende a nutrição tanto quanto eu. Agradecer à Vital Atman, especialmente em nome da nutri Larissa Marin, por acreditar nesta parceria de levar informações sobre a importância de se consumir óleos e gorduras em meio à esta epidemia de obesidade e doenças relacionados à gordura. E em especial à Creusa, ser humano iluminado, farmaceutica-bioquimica, proprietária de uma loja de produtos naturais em Rio Preto, cozinheira de mão cheia, e que faz trabalhos assistenciais belíssimos, de uma simpatia e simplicidade ímpares. Voltei cansado, mas com o espírito mais leve e mais fluido, da bela e aconchegante São José do Rio Preto.

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

HERBALIFE CONTINUA FAZENDO ESTRAGOS!!

Trabalho científico que acaba de ser publicado, assinado por pesquisadores renomados da Faculdade de Medicina da Universidade de Oviedo na Espanha, confirmam os danos hepáticos produzidos por este "suplemento".

Veja a conclusão dos autores:

"CONCLUSIONS: Our results support the relationship between the consumption of Herbalife products and hepatotoxicity, underscore the concern regarding the liver-related safety of this dietary supplement, and emphasize the need to establish further regulatory measures."

" Nossos resultados suportam a relação entre o consumo de produtos Herbalife e hepatotoxicidade, ressaltam a preocupação com a segurança do fígado relacionadas ao uso deste suplemento dietético, e enfatizam a necessidade de estabelecer novas medidas de regulamentação."

Veja o artigo clicando aqui

Obs: você pode pesquisar no blog outras postagens sobre herbalife, basta digitar herbalife no canto superior do blog e clicar.

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

CARTA ABERTA PARA O EX-PRESIDENTE 2!!


Lula, olha a frase a seguir: "Tobacco smoking and alcohol drinking are the two major risk factors for cancer of the larynx in Europe and other high-income countries (1, 2), showing a combined effect that may be multiplicative or greater than multiplicative (3-5)" Isto é de uma belíssima revisão publicada no ano passado sobre os principais fatores indutores de câncer de laringe. Tem que parar!!!! No campo nutricional, forte correlação/associação no 4º quartil de câncer de laringe com consumo de alimentos ricos em amido (arroz, macarrão, pão, bolacha, biscoito, etc), proteínas animais (churrasco, por exemplo), e ainda com gorduras insaturadas de origem animal (estamos falando ai mais do ácido araquidônico, uma gordura ômega 6, inflamatória). Tem que reduzir, presidente (ou ex). Como obesidade também é inflamatória, tem que reduzir o peso e abdomen. No mesmo trabalho, associação negativa com câncer de laringe, com consumo de vitaminas em frutas e hortaliças, consumo de fibra e consumo de gorduras insaturadas de origem vegetal, discutido amplamente no mundo como sendo a dieta mais preventiva para câncer (não só de laringe), seguir a dieta do mediterraneo. (substitua apenas o vinho tinto por açaí e suco de uva orgânico e jabuticaba).

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

CARTA ABERTA PARA O EX-PRESIDENTE!!


Amanhã farei uma postagem um pouco mais detalhada sobre aspectos nutricionais e câncer de laringe, mas já fica valendo desde hoje. QUERIDO LULA, troca o óleo de casa e de onde o Sr costuma fazer suas refeições, e use sempre AZEITE DE OLIVA extra virgem. Artigo novo querido ex-presidente, fresquinho na foto acima, julho de 2011, comprovando a relação nagativa, azeite de oliva como fator preventivo para inúmeras formas de câncer, incluindo a que infelizmente acomete o Sr e a milhões de seres humanos. Espero que ajude. Tenho minhas ressalvas no aspecto político, mas fica minha admiração pelo batalhador, nordestino que somos, e mais uma vez vencedor, que assim seja, Luiz Inácio Lula da Silva.

sábado, 29 de outubro de 2011

Extrato de berrys juntas!!


Terça feira vou iniciar o tratamento de um paciente visando aumentar a produção de testosterona, produção, mobilidade, viabilidade e correção morfológica dos espermetazóides, visando fecundação. Vou prescrever extrato seco da uva, amora, extrato de pomegranato (romã), bilberry (parente da blueberry, mirtilo) e lingonberry com Coenzima Q10. Associado a um tratamento dietético para redução de gordura corporal, inflamação e detoxificação. Vou fazer manipulação dos extratos, a farmácia Essencial daqui de Brasília conseguiu disponibilizar todos eles, e meu objetivo é atingir o que muitos trabalhos tem mostrado de benefícios, especialmente o papel dos antioxidantes destes compostos para proteção, estímulo e correção de espermatozóides. Há muitos trabalhos, alguns bem novos por exemplo em relação ao lingoberry e seus compostos fenólicos, usando cerca de 5 a 10mg/Kg/dia, para proteção endotelial, redução de infecção urinária em mulheres e até meningite.

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

CIRURGIA BARIÁTRICA!! RELATO DE CASO! 3!!

21 - Alguns pacientes com menor poder aquisitivo, antes pegavam o seu remédio para controle glicêmico ou hipertensão no posto de saúde. E agora como eles farão para comprar os polivitamínicos??? Imagina o paciente chegando num posto de saúde e pedindo Centrun... Sem comentários...
22 - Os pacientes gastroplastizado TEM QUE fazer exames períodos de SANGUE para verificar as taxas. Alguns simplesmente ignoram isso!
23 - Os pacientes gastroplastizados TEM QUE fazer acompanhamento terapêutico. Alguns simplesmente NUNCA fazem.
24 - Os pacientes gastroplastizados TEM QUE fazer acompanhamento periódico com o Endocrinologista e com o Nutricionista. Alguns simplesmente ignoram.
25 - Mesmo pós-gastroplastia é necessário fazer dieta e exercícios. Se vc não fazia antes terá que fazer de qualquer forma!
26 - Na prática não há reversão da cirurgia. E o risco é enorme pq os médicos tem muita experiência em fazer a cirurgia, mas não em reverter. E quando é necessário, geralmente só é feita à reversão no intestino para maior absorção. Porém este procedimento é raro!
27 - Alguns pacientes apresentam esquecimento ou perda de memória. Pode ser transitório ou manter-se o quadro.
28 - Alguns pacientes gastroplastizados queixam-se que o desconforto abdominal ocasionado pelos gases é maior após a gastroplastia.
29 - Os gostos alimentares dos pacientes sofrem alterações. Se antes gostam de arroz por exemplo, depois de operados, alguns não gostam mais ou porque não desce bem.
30 - Alguns pacientes recém operados "acham" que nunca mais voltarão a comer normalmente. O que no geral é uma inverdade, pois com o tempo o organismo adapta-se e o paciente consegue comer.
31 - Alguns pacientes burlam o grande volume que comiam antes, por várias porções calórias ao longo do dia.
32 - Com o passar do tempo o processo dissabisortivo tende a aumentar, daí uma necessidade de uma dieta equilibrada e exercícios.
33 - Há relatos de pacientes que tiveram perda parcial ou total do libido;
34 - Em virtude do processo de desnutrição e falta da vitamina E, alguns pacientes queixam-se que têm uma visão de menor qualidade do que antes;
35 - Alguns pacientes queixam-se de problemas nas unhas (tipo unhas que quebram ou unhas ocas);

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

NOVA IDR OFICIAL! AQUI VC VÊ PRIMEIRO!

Saíram oficialmente as novas tabelas da IDR, que incluem as novas recomendações de vitamina D e cálcio. Para baixar o arquivo com as tabelas, é só clicar aqui.

Homocisteína e intoxicação celular!!

As postagens abaixo mostram o relato de uma pessoa que era obesa e que perdeu grande quantidade do excesso de gordura corporal. Quando isso acontece, quando há lipólise, as toxinas presentes no tecido adiposo e lá armazenadas também vão para o sangue e podem ir para musculos, cerebro e especialmente fígado, local em que elas devem ser detoxificadas e eliminadas. Para fazer isto é preciso ter cisteína para poder produzir glutationa. Para ter cisteína e preciso transformar homocisteína em cisteína. Para isso utilizamos as vitaminas do complexo B. Logo, a homocisteína no sangue passa a ser um marcador do quanto o tratamento dietético está conseguindo ser detoxificante. E veja como o corpo é perfeito porque parte da cisteína vira taurina, que é também é utilizada para detoxificar via formação de sais biliares.

terça-feira, 25 de outubro de 2011

CIRURGIA BARIÁTRICA!! RELATO DE CASO! 2!!

Caso ainda não tenha lido a parte 1, sugiro ler primeiro a postagem abaixo e depois retorne para esta.

11 - Com a desnutrição, alguns pacientes podem ter perda de cálcio e ter problemas ósseos como: osteoartrites; maior fragilidade dos dentes, etc; EU TENHO OSTEOPENIA, TENDINITE DE QUADRIL E BURSITE NO TROCANTERO DA PERNA, adquiri tudo isto por excesso de vitaminas. A hipervitaminose causa danos irrecuperáveis.
12 - A maior parte dos pacientes precisam realizar cirurgias plásticas para retirar o excesso de pele promovido pela grande perda de peso;
13 - Alguns pacientes vomitam ou entalam mais do que um paciente convencional;
14 - Grande parte dos pacientes tem intolerância à água natural, optando por outros tipos de bebidas;
15 - Alguns pacientes têm dificuldade em ingerir carne; eu tive que fazer uma segunda cirurgia em 2010 para retirar o anel, pois estava com 50 kilos.
16 - A perda de cabelo é acelerada na maioria dos pacientes. Eu perdi muito cabelo, só comecei a ter saúde capilar com nutrição funcional.
17 - Mesmo com o estômago pequeno a maioria dos pacientes, mantém o DESEJO de comer. Visto que o "pensar gordo" está em nossa cabeça e não no tamanho do estômago. Em sua maioria está ligada a transtornos de ansiedade, compulsão, depressão, stress, etc;
18 - Há pacientes que trocam a compulsão por comida por bebida, compras, sexo, etc;
19 - Há pacientes que vão de um extremo ao outro. Se antes comiam muito, agora tem medo de comer e engordar. Podendo desenvolver bulimia e anorexia;
20 - Ao chegar em um hospital e dizer que vc é gastroplastizado. Seja por qual motivo for à emergência, eles querem sempre ligar para o seu médico. E às vezes tem medo de fazer qualquer procedimento sem o seu médico. Gerando uma relação de dependência do médico bariátra pra tudo. Alguns podem dizer mais isso não é bom! Às vezes sim e às vezes não dependendo do tipo de emergência. Afinal, nem todo emergência é de ordem gástrica;

CIRURGIA BARIÁTRICA!! RELATO DE CASO!!

Gostaria de trazer aos amigos leitores do blog um relato de uma paciente, que se submeteu à cirurgia bariátrica. Vou fazer 3 ou 4 postagens sobre o relato por ser bastante extenso. Orleane, muito obrigado pelo seu "desabafo" e esclarecimentos.

Amigos gostaria de colocar aqui um desabafo que sei que tem muita gente com vontade de dizer e não diz...
Não dá pra falar só do lado bom da maçã, dos lindos quilos "off" e etc, sem falar a VERDADE nua e crua principalmente para quem ainda não operou. É importante que todos tenham acesso à informação e saibam dos riscos que o procedimento bariátrico tem.
Tem gente que vende a cirurgia como uma varinha de condão. Onde o paciente vai trocar o seu excesso de peso e comorbidades, por um singelo Centrun. E isso não é verdade!

Sem falar nos pacientes que engordam para atingir o IMC necessário para a operação. Quando fui ao médico que me operou a 6 anos atrás ele me disse que eu precisava emagrecer 30 kilos pois minhas taxas estavam altas, ou a outra opção seria engordar 10 kilos para fazer a cirurgia bariátrica, qual das duas opções vocês acham que escolhi? O caminho mais fácil é claro e com isto paguei e pago um preço muito alto.
Abaixo estarei relacionando os danos que esta cirurgia me causou e alguns itens que muitos bariátricos amigos meus compartilham comigo através da internet:


1 - Durante o procedimento operatório os pacientes têm os riscos cirúrgicos de praxe de cirurgias como: embolia, hemorragia, seqüelas neurológicas; cardíacas, etc...
2 - Após o procedimento cirúrgico, alguns pacientes gastroplastizados podem correr o risco de ter fístula;
3 - Alguns pacientes têm depressão no pós-operatório. Tendo em vista a mudança radical no estilo de vida;
4 - Para tratar a doença obesidade, o médico coloca em nós uma outra doença para curar a obesidade chamada DESNUTRIÇÃO. Por isso temos que tomar suplementos vitamínicos para o resto da vida. E se não for uma suplementação adequada pode levar a hipervitaminose ou hipovitaminose, a nutrição é muito importante depois da cirurgia bariátrica, ser acompanhada por um bom nutricionista (e que entenda como tratar um bariátrico) é indispensável.
5 - Alguns pacientes podem ter a Síndrome de Dumping; EU TENHO
6 - Alguns pacientes podem ter hipoglicemia; EU TENHO
7 - Ficamos obrigados a mastigar muito mais vezes do que os não operados. Já poderáimos fazer isto antes da cirurgia, sem exageros. Mas a nova situação acaba desgastando mais os dentes do que o habitual.
8 - A vitamina B12 é absorvida parte no dueodeno e parte no íleo e precisa de sais biliares e principalmente de uma proteína do estômago (fator intrinseco) para ser bem absorvida. Tanto estômago como duodeno ficam desviados no alimento. Por isso a maioria dos pacientes precisa fazer a reposição, e neste caso, para os médicos, só há a reposição pelo método venoso (injeção de B12). Com um tempo esta injeção causa intoxicação e fica muito difícil reverter o quadro. Foi quando conheci a nutrição funcional o que fez toda diferença em minha vida.
9 - O sistema imunológico do paciente gastroplastizado, em geral, fica mais vulnerável em virtude da desnutrição que é acometido; Gripes, alergias, um simples vento pode nos trazer muitos danos. E temos que tomar cuidado, porque se estiver desnutrido o índice de pegar uma pneumonia é muito alto.
10 - A cirurgia requer uma alimentação de melhor qualidade. E geralmente mais onerosa do que a convencional, pq. inclue alimentos naturais, dietéticos e de baixa caloria; a suplementação também não é barata e o acompanhamento com bons profissionais, que é necessário, também onera muito o orçamento.

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

MARCADOR DE INFLAMAÇÃO!!


Algumas proteínas produzidas no fígado aumentam quando ocorre processo inflamatório agudo e crônico e são bastante utilizadas na prática clínica, como a PCR, o VHS, o fibrinogênio e a ferritina. Entretanto, as proteínas albumina, transferrina e transtiretina são proteínas negativas de fase aguda, que tendem a diminuir suas concentrações séricas diante de um processo inflamatório. Isto ocorre devido à inibição da sua síntese pelas citocinas pró-inflamatórias e ao aumento da permeabilidade vascular, com conseqüente saída para os espaços extravasculares. Existe uma proposta que usa os valores de PCR e albumina para verificar inflamação: veja na tabela acima.

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

IDADE BIOLÓGICA E CRONOLÓGICA!!

Ontem fiz um prato de de peixe assado com banana nanica, cará, açafrão, orégano e cebola. Camada de cará no refratário embaixo, filé de pescada por cima, bananas nanicas por cima, outra camada de peixe, e por cima as cebolas.

Fiquei pensando:

Cará tem amido com fibras, baixo indice glicêmico, energia com saciedade por mais tempo, pouca insulina, não engordo.
Peixe tem omega, vai reduzir a inflamação, tem zinco e b6, mais a b6 do cará e da banana, e o magnésio da banana e da cebola, formam serotonina, sentirei prazer ao comer, fico feliz, produzo também dopamina, mais feliz, menos agressivo, mais focado e concentrado, minha aula a tarde e noite será um espetáculo.
Banana tem pectina, reduz os metais pesados, tipo mercurio, provenientes possivelmente do peixe. A pectina por ser solúvel gera um ritmo intestinal mais lento, saciedade maior. Tem amido resistente, fermentação por bactérias probioticas, melhoro saude intestinal, volto a produzir hormonios da saciedade, do prazer, anticorpos no intestino (não fico gripado), reduzo a inflamação e possíveis quadros alérgicos. Poucas bactérias patogênicas, reduzi meu risco de câncer. Associe isso ao fato de que orégano é antifúngico.
O açafrão reduz inflamação do tecido adiposo, logo não engordo, reduzo resistência insulina, ganho músculo e reduzo chance de diabetes, e menos citocinas no cérebro, menos Alzheimer e Parkinson.
A bela regada de azeite extra virgem em baixo e por cima do prato, garantiram a redução do colesterol, aumento do HDL, compostos bioativos reduzem meu estresse oxidativo, meu ORAC aumentou, cérebro funcionante por mais tempo.

RESULTADO: DE ONTEM PARA HOJE ESTOU 1 ANO MAIS JOVEM (KKKKKKKKKK).

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Riscos das estatinas e tendência para o futuro!!

Tenho mostrado sempre aqui no blog ou mesmo nos cursos que o uso das estatinas para baixar o colesterol se baseia na inibição da enzima HMGCoa redutase, enzima essa que participa logo do inicio da via de biosíntese do colesterol no fígado. Entretanto, o uso crônico destes medicamentos leva à redução da formação de farnesil, um composto intermediário para a formação do colesterol mas também essencial para formação de vários compostos necessários para o metabolismo celular. E ai, existem propostas que começam a ser pesquisadas no sentido de desenvolver medicamentos (e claro, conhecer compostos nutricionais bioativos) que sejam capazes de inibir enzimas que consigam reduzir a formação de colesterol, mas em etapas posteriores ao farnesil, evitando a perda dos compostos necessários para o metabolismo celular. Estes medicamentos teriam que agir em outras 3 importantes enzimas, que são a esqualeno sintase, oxidoesqualeno ciclase:lanosterol sintase (OSC) e a esqualene epoxidase (SQLE).

Já há trabalhos falando sobre isso: redutores de colesterol não estatínicos.
Trapani L, et al. Potential role of nonstatin cholesterol lowering agents. IUBMB Life. 2011 Oct 12. doi: 10.1002/iub.522.

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

RESULTADO DA ENQUETE!

A grande maioria votou na falta de piruvato desidrogenase. Analisemos: o aparecimento simultaneo de lactato e piruvato indica uma incapacidade em metabolizar piruvato. Se apenas o lactato estivesse aumentado, provavelmente haveria alguma condição que estivesse causando acúmulo de NADH, como hipóxia e consumo de etanol. Poderíamos pensar em deficiência de piruvato carboxilase, mas esta está descartada porque é a enzima que inicia a gliconeogênese para converter o piruvato em glicose, portanto a criança teria que apresentar hipoglicemia. Pensa-se então em falta de piruvato desidrogenase, que converte piruvato para acetilCoa para entrar no ciclo de Krebs e gerar energia. Imagine a falta desta enzima (na verdade é um complexo enzimático) no cérebro, que depende de glicose. O cérebro ainda poderia usar alguns aminoácidos que se transaminam em compoenentes do ciclo do ácido cítrico, mas cada aminoácido que entra precisa ser combiando com um acetilCoa. Consequencia: atraso no desenvolvimento psicomotor, alterações degenerativas com atrofia cerebral, cansaço constante, confusão mental, obnubilação, agenesia do corpo caloso, entre outros sintomas. Por isso é preciso conhecer as pessoas bioquimicamente para poder tratar as causas das doenças (por isso também faço os exames bioquimicos funcionais na clínica). Legal que a maioria acertou.

obs: falta de piruvato cinase não poderia ser porque haveria acúmulo de PEP e não de piruvato.
obs: falta de citrato sintase é transitória, por excesso de ATP por exemplo (sedentarismo), mas o ciclo de Krebs não pára necessariamente pois pode ser suprido por outros constituintes derivados do metabolismo dos aminoácidos. Não apareceriam os quadros neurológicos acentuados.

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Hormônio intestinal que melhora a diabetes!

Veja o vídeo que explica a possível utilização de medicamentos para aumentar os níveis de GLP-1. Porém, a liberação de GLP-1 é estimulada pela mastigação, pela presença de gorduras (ácidos graxos específicos) nas refeições, e pelos ácidos graxos produzidos no intestino a partir das fibras prebióticas, especialmente os FOS. E mais, tem um trabalho de junho deste ano que mostra que o resveratrol da uva também aumenta GLP-1. Ou seja, veja o vídeo para entender sobre o hormônio e valorize a idéia de que há vários recursos nutricionais para garantir a sua produção antes de tomar medicamento ou fazer cirurgia bariátrica.
video

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

DETERGENTE É BROCHANTE!!

É claro que de vez em quando eu exagero nos títulos das postagens, mas com o objetivo de chamar a atenção para a leitura.

Você conhece o nonifenol? Uma substância muito utilizada em roupas de couro, em tintas e nos detergentes, ou seja, do nosso dia a dia. Pois é, ele é um grande xenobiótico, um grande disruptor endócrino. Em especial, altera o metabolismo da testosterona. O uso desta substância é citotóxica para as células de Sertoli, produtoras e nutridora dos espermatozóides. Além disso as celulas de sertoli protegem os espermatozóides do ataque de células imune. O nonifenol pode contribuir para que haja uma produção reduzida ou espermatozóides lentos, desgovernados e mal formados. Imagine se a pessoa for estressada (ativação imune constante e crônica).

Resumo da obra: só deixe criança brincar com tintas atóxicas e dê preferencia para sabão em barra, de côco, e sempre enxaguando abundantemente.


Para estudar: miRNA regulation of cytotoxic effects in mouse Sertoli cells exposed to nonylphenol. Reproductive Biology and Endocrinology 2011, 9:126.

terça-feira, 4 de outubro de 2011

SIBUTRAMINA LIBERADA!!

Parece piada, se não fosse trágico, mas a ANVISA proibiu ontem medicamentos para emagrecer à base de anfetaminas (anfepramona, femproporex e mazindol) e resolveu manter o uso dos derivados de sibutramina com "controle mais rigoroso".

A sibutramina continua liberada para o tratamento de obesidade desde que o paciente apresente "sobrepeso significativo???" e não sofra de problemas cardíacos (mas a sibutramina induz a estes problemas, e aí??). O paciente e o médico terão de assinar termo de responsabilidade sobre os riscos à saúde.

O diretor Agenor Álvares foi o único a discordar do relator. Ele defendeu também o veto à sibutramina. “Se vários países tiraram [do mercado] com base em evidências científicas, não podemos ignorar essas evidências. Se eles têm cuidado com as populações deles, temos também que ter com a nossa. Essa substâncias devem ser retiradas nos mesmos moldes das outras [anfetamínicos]”, disse o ex-ministro da Saúde, acrescentando que não existe protocolo clínico no mundo que recomende o uso do remédio.

Olhando pelo lado positivo, já é um bom começo a proibição dos anfetamínicos, mas há que se desconfiar de tudo do Brasil. Porque quase todos mudaram de opinião em cima da hora? Será porque o Brasil é o maior consumidor mundial de sibutramina?

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Vinho? Que nada!! Coma jabuticaba!!


Tão brasileira quanto o açaí, a jabuticaba (Myrciaria cauliflora), que colore de preto e rosa (parte interna da casca) nossa vegetação nesse período do ano, apresenta inúmeros compostos saúdáveis, tão bons quanto os compostos das uvas roxas e pretas. Jabuticaba é rica em rutina, quercetina, kampferol, ácido elágico e várias antocianinas. Ações como melhora do retorno venoso, redução de varizes, aumento do HDL, redução da oxidação da LDL, ação anticâncer em diversos órgãos, redução da absorção excessiva de colesterol, ativação das mitocondrias e queima de gordura, rejuvenescimento da pele, melhora da capacidade cognitiva, são atribuidas a esses componentes presentes na jabuticaba. Chupar e comer, tomar suco, e quem sabe um cálice de licor de jabuticaba feito com álcool de cereais e carvão ativado?

A foto acima são meus filhos catando e se preparando para fazer suco e o licor de jabuticaba na casa do avô paterno. DELÍÍÍÍCIA!!!

Para estudo: Food Chem. 2008 Aug 15;109(4):883-890.
Quantitative analysis of antiradical phenolic constituents from fourteen edible Myrtaceae fruits.

sábado, 1 de outubro de 2011

CHÁ VERDE E PEDRA NOS RINS!!

Pedra nos rins é o termo mais coloquial para dizer litíase renal. Várias são as possibilidades, os motivos, para se formar cálculos urinários, e um deles, é o oxalato. O ácido oxálico tende a se precipitar e endurecer quando se liga a minerais como cálcio e ferro, o que além poder reduzir a sua absorção, via intestinal, também pode induzir aos cálculos. É aqui que entre o chá verde. Estudo analisou diversas amostras diferentes da planta camellia sinensis e observou uma quantidade razoável de oxalato nesta erva, independente do grau de maceração da planta, podendo chegar a quase 140mg/L de chá feito na forma infusão. A conclusão dos autores é que pacientes com risco de formação de cálculos recorrentes devem levar em conta o teor de oxalato do chá verde.

Fiz este postagem porque um paciente me questionou dizendo ter lido na internet que chá verde reduz cálculo. E há pesquisas, mais antigas, que referem o contrário, que a epigalocatequina 3 galato do chá verde, teria efeito benéfico. E o chá verde realmente parece proteger os rins, por exemplo, contra o acúmulo dos produtos finais da glicação avançada (AGE), encontrados por exemplo em sucrilhos, bolos, bife a milanesa, batata frita, entre outros.

Por isso digo sempre, não existe alimento funcional, existe nutrição funcional. Alimentos podem ser muito bons para uns, e péssimos para outros. Depende do que se oferece, como, para quem, quando, porque e em que quantidade. E é preciso consultar com profissionais atualizados.

Fonte:

Urol Res. 2010 Oct;38(5):377-81. Oxalate content of green tea of different origin, quality, preparation and time of harvest.´

J Med Food. 2009 Aug;12(4):714-21.
Matcha, a powdered green tea, ameliorates the progression of renal and hepatic damage in type 2 diabetic OLETF rats.

J Endourol. 2006 May;20(5):356-61.
Effects of green tea on urinary stone formation: an in vivo and in vitro study.

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

JACK 3D MATA!!

Vale a pena ler a reportagem sobre morte de garoto após uso do medicamento, clicando aqui!!

Leia outra postagem sobre JACK 3d, clicando aqui.

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

TRIGO É MAIS ALÉRGICO DO QUE SE PENSA!!

Quando eu e inúmeras outras pessoas falamos que "o que é verdade hoje, pode não ser amanhã", "que a ciência nutricional evoluiu na velocidade da luz", etc, etc, felizmente ou infelizmente esta é a mais pura realidade. Veja o caso do trigo. Eu sou um dos que não defende a idéia de sair retirando trigo/glúten de todo mundo sem uma avaliação prévia, para detectação de alergia ou hipersensibilidade ao glúten. Falei nisso neste fim de semana em Floripa. Mas chego na segunda feira e leio um artigo que foram descobertos 27 novos compostos alérgicos no trigo, e que não há exames na atualidade que possam detectar essas possíveis alergias. É nesse momento que defendo o teste de bioressonância (vega teste) que fazemos na clínica por meio de análise biofísica. Muitos pacientes, mesmo sem diagnóstico de alergia ou hipersensibilidade ao glúten, apresentam vega test positivo. A partir daí fazemos restrição do trigo, e as melhoras são fantásticas. E acabo de ler um artigo (clique para ler também) que mostra isso, que é possível ter muitos outros compostos alergênicos no trigo, que os exames atuais não detectam. A sintomatologia, a clínica é soberana.

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Açúcar é desintoxicante!!

Diria alguém que está passando: esse aí pirou. Açúcar desintoxica? Senão, vejamos!!

A forma mais efetiva de retirar as toxinas do corpo (entre elas os agrotóxicos, pesticidas, relatados na postagem abaixo sobre as frutas e hortaliças) é estimular a formação de sais biliares no fígado. Para isso, precisamos conjugar estas toxinas junto à bilirrubina. E para isso usamos o ácido glicurônico, que é formado a partir da UDP-glicose, um intermediário na sintese do glicogênio hepático e do metabolismo das pentose fosfato. No ciclo das pentose como na glicogênese, precisamos formar glicose 6-fosfato, que vem da glicose, que é um açúcar, obtido do amido ou da sacarose. Claro que não vou estimular comer açúcar refinado, cheio de xenobióticos para detoxificar o corpo, mas bioquimicamente precisamos sim dos açúcares, dos carboidratos, de um farelo de aveia por exemplo.

SUCO DE UVA TEM QUE SER ORGÂNICO!!


A revista PROTESTE alerta para o teor de agrotóxicos nas uvas. Teste revelou que 63% das amostras coletadas da fruta contém as substâncias.

O consumidor precisa ficar atento ao consumir uva porque a PROTESTE Associação de Consumidores detectou que 63% das frutas testadas continham resíduos de pesticidas. Foram analisadas oito amostras, e em cinco delas foram encontrados o produto químico. Dessas cinco, duas apresentavam a substância abaixo do limite e três foram cultivadas com agrotóxico impróprio para o tipo de cultura.

Além disso, duas uvas apresentaram mais de um resíduo de pesticida. Em uma das amostras os pesticidas não eram aprovados para a cultura e na outra, se detectou a presença de um aprovado, dentro do limite permitido, e um não aprovado para a cultura. A existência de mais de um resíduo de pesticida é preocupante, uma vez que os estudos toxicológicos não levam em consideração as interações que possam ocorrer entre os agroquímicos.

Foram compradas nove amostras de pimentão, duas de pimentão orgânico, oito de uva, oito de couve, duas de couve orgânica, nove de alface e duas de alface orgânica em supermercados variados da cidade de São Paulo para verificar a presença de resíduos de pesticidas nos alimentos, no total foram verificados 294 diferentes tipos da substância.

O resultado revelou que 40% das amostras estavam contaminadas com algum tipo de agrotóxico. Das 34 não orgânicas, 15 continham resíduos e das seis orgânicas apenas uma continha rastros da substância. Diferente do teste similar realizado em 2008 também pela PROTESTE, esse ano não foram encontrados vestígios de DDT, BHC e nenhuma das outras substâncias cancerígenas proibidas pela legislação brasileira.

Por ser cultivado de maneira distinta e dispensar o uso de adubos químicos ou agrotóxicos é preocupante que tenha sido encontrado resquícios de pesticida em uma amostra de alimento orgânico, porém a PROTESTE acredita que seja um problema pontual.

Na uva, couve e pimentão foram encontrados índices maiores de contaminação do que na alface, por exemplo, embora no produto da Qualitá vendido no Hipermercado Extra tenha sido encontrado resíduos de seis produtos químicos, cinco deles proibidos para o cultivo da hortaliça.

Os pimentões orgânicos não tiveram problemas mas das nove amostras comuns foram encontrados pesticidas em cinco. Quatro delas apresentavam resíduo de Ditiocarbamatos. O limite para pimentão é de 3,0 mg/kg e foram encontrados valores entre 63,4 e 422 mg/kg . Um produto apresentou resíduo de Procimidona que não é autorizado para uso em pimentão.

Das dez amostras de couve, quatro continham traços de agroquímicos, uma delas de origem orgânica da marca Taeq vendida no supermercado da rede Pão de Açucar continha Ditiocarbamatos acima do limite permitido (86,8 mg/kg). Entre as três comuns, duas delas apresentaram pesticida autorizado acima do limite e a terceira possuía três resíduos diferentes e nenhum deles autorizado para a cultura: Cipermetrina, Espinosade A e Esponisade D.

Não há como identificar a olho nu uma hortaliça contaminada, por isso descasque e lave bem os alimentos para eliminar resíduos superficiais e privilegie os produtos da estação que se desenvolvem naturalmente e tendem a precisar de menores quantidades de agrotóxicos no plantio.

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

WHEY PROTEIN HIDROLIZADO NÃO GERA ALERGIA!!

Em março deste ano, 2011, foi publicado o seguinte artigo: In vivo and in vitro evaluation of the residual allergenicity of partially hydrolysed infant formulas.Toxicol Lett. 2011 Mar 25;201(3):264-9. Este trabalho mostrava que o consumo de fórmulas infantis com a proteína de leite parcialmente hidrolizada não gerava alergia, seja in vitro ou in vivo. Há marcas bem conhecidas no Brasil de leites infantis em que a proteína do leite é parcialmente ou extensamente hidrolizada, porém o uso não ultrapassa os 2 anos de vida, sendo recomendado até 1 ano de vida, pela baixa concentração tanto proteica, quanto de outros macronutrientes e micronutrientes. E se aumentar a quantidade para aumentar os microntrientes para uma criança de 5 anos, por exemplo, fica inviável pelo preço.

A partir disto, e pelo fato de muitos pais solicitarem na clínica a necessidade de fazer vitaminas, ou mesmo quando na elaboração da dieta querer oferecer uma proteína de alto valor biológico, que estimule sistema imune das crianças, estimule a detoxificação desta imensa quantidade de medicamentos que crianças tomam, estimule o crecimento, entre outras funções, pensei em testar o Whey Protein 100% isolado e hidrolizado. Prescrevi o consumo diário de 8g de proteína de soro de leite em 4 crianças, entre 3 e 5 anos de idade, que não tinham alergia a leite diagnosticada, porém apresentavam todos os sintomas de hipersensibilidade, de repetição, de todas as vezes em que leite era consumido (detalhe: sintomas diferentes da intolerância à lactose). Consumo feito 2x ao dia, por 15 dias. Os resultados foram maravilhosos, sem urticária, sem otite, sem aumento de muco, sem coriza, sem alteração nas fezes (pedi inclusive que os pais observassem possível excreção de sangue), sem tosse, sem dermatites, sem respiração pela boca, sem espessamento da pele.

Importante, não posso garantir que isso vá acontecer com todas as whey do mercado. Utilizei a whey Pró2 da Probiótica, que não contém corantes, aspecto importante a ser analisado. O gosto puro foi relatado pelos pais que é realmente diferente do leite comum, mais amargo, o que indica a hidrólise das proteínas. O uso associado a banana foi a forma de melhor aceitação.

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

ALHO E CÂNCER!!

O alho é um tempero muito difundido em nossa culinária brasileira por sua alta capacidade de aromatização. Além de excelente para este aspecto, o alho é um dos, senão o maior preventivo de câncer de mama, a forma neoplásica mais prevalente em mulheres no Brasil, segundo o INCA. E faço a postagem para ajudar a esclarecer que os componentes lipossolúveis do alho são tão ou mais efetivos que os componentes hidrossolúveis, ou seja, cápsula de óleo de alho cru também pode funcionar para quem tiver restrição em comer alho. Redução do estresse oxidativo, estímulo das enzimas detoxificantes de compostos carcinogênicos, indução da apoptose, sinergia no efeito anticancer do ácido graxos omega-3 EPA e redução do efeito pró-câncer do ácido linoleico (omega-6), são os principais mecanismos de ação do alho. Sem contar que o alho reduz os efeitos colaterais dos tratamentos quimioterápicos.

Obs: homens, o alho também protege do câncer de próstata.

Obs2: vários componentes do alho também estão na cebola, cebolinha, alho-poró, um pouco no azeite e no chá verde.


Anticancer Agents Med Chem. 2011 Mar;11(3):249-53.
Anticancer effects of garlic and garlic-derived compounds for breast cancer control.

Curr Urol Rep. 2009 May;10(3):165-71.
Chemoprevention of prostate cancer: what can be recommended to patients?

RESULTADO DO CONCURSO DA SES/DF!

Fiquei feliz com o resultado do concurso da Secretaria de Saúde do DF recém divulgado.

Foram 3214 candidatos inscritos no concurso, e apenas 288 foram classificados/aprovados. Destes, 35 fizeram o curso preparatório do RB cursos e concursos, onde ministrei aula de nutrição humana e nutrição clínica. É bem provável que todos os aprovados sejam chamados. De imediato serão 50 os chamados, e nestas primeiras 50 vagas, tivemos do cursinho, 8 alunos.

Parabéns a todos os aprovados, e aos não aprovados, continuem estudando e buscando. E um abraço especial àqueles que confiaram no nosso trabalho. Rogério Batata (rbcursoseconcursos@gmail.com), obrigado pela confiança.

Detalhe: tivemos uma aluna nossa da Anhanguera Educacional de Brasília, ERICA VANESSA FERNANDES DE LUCENA, do 6º semestre ainda na graduação, cursando dietoterapia comigo, também aprovada. Parabéns Erica.

RISCO DO EXCESSO DE VITAMINA C!!

Peguei a bula de um suplemento polivitaminico (encontrado facilmente também na internet), que diz assim:

Advertências
O ÁCIDO ASCÓRBICO PODE PROPORCIONAR UM AUMENTO DA FORMAÇÃO DE CRISTAIS URINÁRIOS. PORTANTO, OS PACIENTES COM DEFICIÊNCIA DE FILTRAGEM RENAL DEVERÃO SER ORIENTADOS PARA QUE EVITEM UMA POSSÍVEL NEFROLITÍASE. O ÁCIDO ASCÓRBICO FOI ASSOCIADO À HEMÓLISE EM PESSOAS COM DEFICIÊNCIA DE GLICOSE-6-FOSFATO DESIDROGENASE. PODE OCORRER AUMENTO DOS NÍVEIS GLICÊMICOS EM TRATAMENTOS PROLONGADOS E EM ALTAS DOSES.

Interações medicamentosas de ......(nome do suplemento)
O ácido ascórbico pode proporcionar uma maior absorção de alumínio, componente presente nos antiácidos, determinando aumento dos níveis sanguíneos do mesmo. O ácido ascórbico poderá ter sua absorção diminuída quando administrado concomitantemente com ácido acetilsalicílico.

Da parte de cima, é bioquimica pura, e fisiológica, porque 30% de toda vitamina C que consumimos vai para formação de oxalato. Além disso, a G6PD (glicose 6 fostato desidrogenase) dá inicio à via das pentose fosfato, produzindo dentre outras coisas, NADPH, que é fundamental para a proteção das células contra o stress oxidativo. Este estresse oxidativo estimula a lise de células especialmente em hemácias. Vitamina C como qualquer outra substância antioxidante, dependendo da dose, do tempo, para quem e quando, também se torna oxidante.

Da parte de baixo, vale como informação e cuidado nas pessoas que desejam tomar suplemento de vitamina C. Aluminio leva à doenças neurológicas e osteoporose, por exemplo.

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

DIVERSOS!!

1 - Estava sem meu celular desde sexta feira, mas foi encontrado ontem na chácara do meu vizinho em Aguas Lindas, onde fui passar esses 3 dias com a família. A cidade é próxima aqui a Brasília, mas fica em Goiás. Vão trazer para mim amanhã, terça, portanto estou sem esta forma de comunicação até amanhã.

2 - Esta semana farei menos postagens pois estarei no congresso internacional de nutrição funcional em São Paulo.

3 - Fica o link para ler o artigo 2011 sobre uso da dieta cetogênica e tratamento de pacientes com câncer. Tenho dito sempre que o Brasileiro come carboidratos demais, e de má qualidade.

Abraço a todos

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Diabético e obeso? Musculação ajuda muito!!

É comum ouvirmos sempre se falar em exercício aeróbio para perda de peso, perda de gordura e ajudar no controle do diabetes. Claro que existe comprovação sobre esses benefícios, mas o exercício anaeróbio é tão bom ou melhor que o aeróbio. O gasto de glicogênio em uma musculação de intensidade moderada é significativo, servindo como gatilho para ativação da AMPK, um sinalizador da translocação do GLUT4, que irá captar glicose, tratando a diabetes. Além disso, o incremento no ganho de massa muscular favorece a manutenção do peso e evita o reganho de peso, oxidando mais gordura. Sem contar que o estresse oxidativo pode ser menor, reduzindo a disfunção mitocondrial e mantendo a taxa de oxidação de gordura ativa por mais tempo. Importante: não é só porque se faz musculação que se fica "musculoso". Há muitas mulheres e homens que apresentam este preconceito para não fazer musculação. Controle dietético e o tipo de treinamento determinarão o "ficar grande" ou não, mas não se pode mais deixar de pensar em musculação, trabalho anabólico anaeróbio nos dias de hoje quando se fala em obesidade e síndrome metabólica!!

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

XAMPU COM SAL OU SEM SAL?

Clique no link e veja novidades sobre esta questão!!

Se desejar ouvir uma postagem sobre nutrição e cabelo, clique aqui.

NUTRICIONISTA DA IVETE!!

Você sabe quem é Daniel Cady? Eu também não conhecia, e tive este prazer no fim de semana passado ministrando aula de bioquimica de vitaminas em Salvador. Daniel é nutricionista, está cursando a pós graduação em nutrição funcional da VP consultoria. Uma pessoa centrada, calma, inteligente, muito participativo, e faz questão de não ficar espalhando para todo mundo o fato de ser marido de uma grande celebridade como Ivete Sangalo. Debatemos muito sobre nutrição, e eu fiz questão de perguntar sobre a tal "Dieta da Ivete", que teoricamente ela teria feito uso de suplemento para perda de peso, etc e tal, que eu mesmo já havia feito postagem no inicio do ano. Daniel desmente o uso deste suplemento e reforça a idéia de que Ivete seguiu um plano dietético todo individualizado e voltado para cada momento da sua vida, quando amamentava, quando voltava a fazer shows, e assim por diante. Nada como ir direto na fonte da informação!! Trocamos alguns contatos. Daniel atende em Salvador em consultório particular e também na academia Villa Forma. Telefone de contato do consultório dele: (71) 32476228 ou por e-mail: daniel.cady@hotmail.com

Por favor, não façam uso dos contatos de forma desnecessária ou para fins outros que não sejam profissionais no ramo da nutrição.

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

RESVERATROL E RESISTÊNCIA À INSULINA!!


Essa figura que os amigos observam mostram que o extrato de uva (GPE) é capaz de reduzir a inflamação inibindo a ação que o fator de necrose tumoral alfa tem de estimular a expressão gênica da proteína PTP1B. Esta proteína é umas grandes indutoras da fosforilação do IRS-1 por ação da enzima serina cinase, o que bloqueia a translocação do Glut-4 até a membrana para captação da glicose (chamamos isso de resistência periférica à ação da insulina). O resultado é uma hiperglicemia e futuramente a diabetes. Neste estudo que acabo de ler deste ano, o uso quem sabe de um suco de uva orgânico pode ser um dos fatores a colaborar na prevenção e na redução deste quadro já instalado.

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

MAIS UM ARTIGO PUBLICADO!!

Pessoal, o trabalho da nutricionista Josilaine Cruz daqui de Brasília, com minha orientação e revisão, sobre as diversas propriedades do mineral zinco, acaba de ser publicado na revista indexada Ensaios e Ciência, e o acesso é gratuito. Basta clicar neste link.

Desejo a todos boa leitura.

Ultimo artigo publicado de óleo de côco, clique aqui.

Óleo de Nozes e síndrome metabólica!!


Essa semana saiu um trabalho usando óleo de nozes com o objetivo de verificar seu efeito em diversos aspectos metabólicos, e dentre os resultados, o mais interessante foi a redução da atividade da enzima estearoil-Coa-dessaturase 1. Enzima hepática envolvida na dessaturadação de ácidos graxos saturados (esteárico) para formação de ácido oleico, quando inibida, o que aconteceu no estudo, reduz a lipogênese hepática e aumenta a taxa da beta-oxidação, o que é fundamental para quem está com esteatohepatite não alcóolica, ou mesmo entrou em um programa dietético de perda de gordura corporal, já que boa parte dos ácidos graxos viscerais tende a ir ao fígado quando retirados do adipócito. Um outro dado importante é que essa redução foi bem acentuada em quem estava com PCR reduzida, ou seja, não adianta tomar óleo de nozes se não conseguir reduzir a inflamação de forma associada.

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

EXERCENDO A CIDADANIA!!

Esse foi o deputado federal que eu ajudei a eleger!! Gravem o que digo: futuro senador, governador e presidente da república, basta ele querer!!


http://www.youtube.com/reguffetv#p/a/u/0/PEqQSQQdNcQ

terça-feira, 30 de agosto de 2011

TCM COM DHA MELHOR QUE ÓLEO DE LORENZO!!

Famoso após o filme de mesmo nome, o óleo de lorenzo continua sendo pesquisado em pessoas com adrenoleucodistrofia (ALD). Neste caso um indivíduo adulto que apresentava adrenomieloneuropatia, que é a variante da ALD em pessoas adultas. Mas como em vários casos (muitos tem sucesso sim), apesar de toda emoção vivida em quem assitiu ao filme, a mistura de ácido oleico com ácido erúcico não parece ter gerado grandes efeitos (óleo de lorenzo é uma variante do óleo de colza, que deu origem ao transgênico óleo de canola, misturado a azeite de oliva). Neste trabalho que cito na postagem, a adição de óleo de lorenzo não trouxe resultados positivos (nem negativos), e o paciente só melhorou quando os autores utilizaram uma mistura de DHA com um pouco de EPA, mais TCM, vitamina E e L-carnitina. Paciente também usou atorvastatina 10mg/dia, tudo por 8 meses. O acúmulo de ácidos graxos saturados de cadeia longa reduziu, e houve uma troca por DHA. Vale dizer que em paceinte com ALD existe uma incapacidade de formar DHA pela falta do processo de beta-oxidação peroxissomal.

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

NOVA FONTE DE VITAMINA D!

Acaba de ser publicado um artigo que ofereceu cogumelos para seres humanos e conseguiu aumentar a concentração de vitamina D no sangue. Os cogumelos são pobres em vitamina D2 ou vitamina D3 (ergocalciferol e colecalciferol), porém são fontes de ergosterol (precursor da vitamina D2, que está na parede celular dos fungos), que poderá sofrer ação dos raios UV, e se transformar em vitamina D2. A vitamina D2 funciona metabolicamente como a vitamina D3, ambas sofrerão 2 hidroxilações para se tornarem ativas. Um cuidado sempre que deve ser tomado é que como cogumelos são fungos, em disbiose, isto pode ser indesejável.

terça-feira, 23 de agosto de 2011

INTERPRETANDO EXAME DE SANGUE!!


Um dos exames mais comum de serem solicitados aos pacientes é a dosagem da gama glutamil transferase, ou GGT. Muito utilizada para avaliar disfunção hepática e alterações na vesícula e metabolismo de sais biliares, quero trazer a discussão sobre a função desta enzima. A enzima GGT é necessária para captar a glutationa na sua forma reduzida de fora da célula para dentro da célula, para aumentar a produção deste antioxidante no interior das células. Objetivo principal evitar o estresse oxidativo intracelular, por exemplo em neutrófilos. Observem que para se formar adequadamente glutationa, além dos aminoácidos, precisamos de ácido lipóico e vitamina B3. Logo, em indivíduos com GGT aumentada, isso pode ser sinal de estresse oxidativo, que há grande utilização e degradação de glutationa, mas é preciso saber fazer esta interpretação junto com outros exames. Portanto temos que aumentar dieteticamente os aminoácidos formadores da macromolécula e os micronutrientes formadores das variações da glutationa, peroxidase, redutase e S-transferase.

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Bioquímica – Uma visão tridimensional!!

Hoje percebo como é sublime e ao mesmo tempo complexas as reações químicas em nosso corpo. É fantástico quando passamos a enxergar com uma visão tridimensional e percebemos todas essas reações acontecendo ao mesmo tempo criando assim uma rede de interdependência absoluta. Pensemos no glutamato. A ornitina (OKG) tira 2 nitrogênios da circulação e fecha o ciclo da uréia com o cetoglutarato, que doa um nitrogênio para formar glutamato. Ao mesmo tempo o glutamato doa nitrogênio para KIC, KMV, KIV, para a formação de aa´s essenciais (leucina, isoleucina, valina.). O glutamato doará um nitrogênio para o oxalacetato que via aspartato amino transferase (AST) formará aspartato (aa não essencial). Seguindo esse raciocínio o glutamato doa o nitrogênio para o Piruvato que via alanina amino transferase (ALT) formará alanina (aa essencial). Partindo dessa fantástica “teia” percebemos a constante busca do corpo em criar ESQUELETOS DE CARBONO para a síntese de novas estruturas....Podemos usar essa teia e enxergar alguns exames bioquímicos de outra forma. Levando esse raciocínio para a prática, seria injusto ou até pequeno de nossa parte, usarmos a ALT e a AST simplesmente para dano hepático. Essas enzimas são marcadores de anabolismo, o corpo sinalizando que a via biossíntética está ativa. Complementando essa visão ocorre uma redução da uréia em função do aumento da retenção de nitrogênio. Enfim usemos o raciocínio bioquímico tanto para avaliar se um praticante de atividade física está anabolizando ou até mesmo para indicar um paciente nefropata a se engajar em um treinamento de força para diminuir a excreção de nitrogênio (obviamente aumentando a retenção) e por consequência diminuindo o dano renal. Abraço a todos!

Postagem feita por Dr. Marcelo Carvalho, nutricionista e educador físico. Quer receber um tratamento nutricional baseado nesta visão tridimensional, holística, funcional, bioquímica? Consulte conosco. Trabalhamos juntos com objetivo de lhe proporcionar saúde. Clínica Bem Estar (Brasília - DF) - 30399091

domingo, 14 de agosto de 2011

O que nutre também mata!!

Brinco (ou falo sério) muito com meus alunos que livro de cabeçeira (inclusive na hora de ir ao banheiro) para nutricionista tem que ser livro de bioquímica. O prazer que sinto por fazer isto só sente quem faz também (a frase ficou dúbia, hahahahaha). E quanto mais leio, mais chego à conclusão do equilíbrio bioquimico como base da vida. Vejamos a glicose: é o grande combustível gerador de energia, a via glicolítica acontece em todas as células do corpo, em especial no cérebro que depende fundamentalmente deste nutriente. Mas essa mesma glicose é capaz de glicar proteínas e estruturas, provocar a chamada reação de maillard, caramelizando e envelhecendo o próprio cérebro. Mas é a mesma glicose que quando fosforilada e vira glicose 6P, entra parcialmente no ciclo das pentose fosfato para gerar (entre outras coisas) NADPH. E é o NADPH que torna a glutationa oxidada em glutationa reduzida, que por sua vez é capaz de transformar o peróxido de hidrogênio (uma ERO, delétéria para o corpo em alta concentração) em água. Mas é a mesma glicose que se reagir com a amônia que vem da glutamina, pode gerar glicosamina, outra substância bastante prejudicial ao corpo. Mas essa glutamina também é fonte geradora de energia para os enterócitos. MEU DEUS DO CÉU, perdoai-nos porque destruímos esta obra de arte que criaste chamado metabolismo humano.

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Carne vermelha induz a diabetes!!

Comer um bife ou uma salsicha por dia aumenta o risco de desenvolver diabetes tipo 2 segundo pesquisa do AJCN. Mas substituir a porção diária de carne por laticínios "magros" e grãos integrais reduz esse perigo. As conclusões são do maior estudo já feito sobre o assunto, com dados de cerca de 300 mil pessoas, acompanhadas desde a década de 1970. Segundo o estudo, quem come 100 g de carne vermelha (um bife) tem risco 19% maior de ter diabetes tipo 2, em comparação com quem consome menos do que isso.

Já as carnes processadas, como salame e mortadela, foram consideradas mais prejudiciais: 50 g diários (uma salsicha) podem elevar o risco de diabetes em 51%. Os pesquisadores notaram que aqueles que consumiam mais carne vermelha tinham mais chance de ser fumantes, mais gordos e sedentários. Mas mesmo que todos os participantes da pesquisa tivessem o mesmo IMC (Índice de Massa Corporal) o consumo de carne ainda aumentaria o risco de diabetes tipo 2.

FERRO

Uma das explicações possíveis é que o chamado ferro-heme, presente nas carnes vermelhas, causa danos às células beta do pâncreas, que produzem a insulina. Além disso, o ferro acumulado induz a hemocromatose que pode lesar o pâncreas. Os pesquisadores dizem ainda que os aditivos quimicos (especialmente os nitratos) presentes nas carnes são tóxicos para as células beta.

Fonte: Red meat consumption and risk of type 2 diabetes: 3 cohorts of US adults and an updated meta-analysis. Am J Clin Nutr October 2011 ajcn.018978; First published online August 10, 2011.

terça-feira, 9 de agosto de 2011

ARROZ BRANCO? TENTE COMER MENOS!


Poderíamos enumerar os malefícios de se consumir o arroz refinado ou arroz polido, a começar pela falta das vitaminas do complexo B e fibras presentes na versão integral. Mas hoje queria apenas trazer a informação sobre a alta concentração de cádmio. Um dos problemas deste metal pesado é que ele reduz a biodisponibilidade do zinco presente em cereais, sementes e frutos do mar. No caso do arroz branquinho, bem clareado artificialmente, a proporção zinco:cádmio sai de 120:1 na forma integral para 16:1 na forma refinada. Ou seja, temos um alimento pobre em zinco e rico em substância geradora de problemas renais, impotência e perda da capacidade reprodutiva e câncer de pulmão.
Importante: o cádmio também reduz a cisteína, aminoácido importante para formação do cabelo, por exemplo. Cádmio também é muito comum no cigarro, em pilhas e tintas.

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

RELATO DE CASO!!

Ontem na clínica atendemos uma paciente que apresentava como queixa principal um cansaço extremo, não conseguia dormir profundamente, acorda a noite e acorda pela manhã com sensação de cansaço. Vem com isso há 3 anos (ou seja, já se cronificou) desde que teve um problema profissional. Fisiologicamente pensando, produção de serotonina e melatonina muito baixas, portanto, estresse oxidativo em nível altíssimo. Unhas muito fracas, olheiras, edema de membros, ansiedade, irritabilidade, vários sintomas que na avaliação física fui fazendo a correlação fisiológica e nutricional. Além disso, o cérebro é o grande regulador da função das adrenais (eixo hipotalamo-hipófise-adrenal), e sem dormir, as glândulas adrenais podem se encontrar em situação de estresse intenso ou já na situação de fadiga adrenal, em que o tratamento é completamente oposto do estresse adrenal. Claro que indicamos a ela fazer os exames bioquimicos funcionais, a paciente aceitou, fez, e o resultado como esperado, estresse oxidativo moderado (leve, moderado, intenso) e fadiga adrenal. O importante aqui é que os sintomas que descrevi e outros são comuns também no estresse adrenal como na fadiga adrenal, o exame bioquimico feito com urina e saliva serviu para esta diferenciação e prescrevermos o tratamento adequado. Ex: no estresse adrenal fazemos restrição de sódio, na fadiga não. Reitero que fazemos estes exames em pacientes que desejem por conta própria ou por colegas que encaminhem; não ficamos com o paciente para tratarmos, apenas emitimos o laudo dos exames e sugerimos ao nutricionista possíveis alimentos, fitoterápicos e compostos a serem utilizados.

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Frutose leva à hipertensão!

Processo já bem conhecido de absorção de glicose é o sódio dependente, que necessita de gasto de energia, da bomba de sódio potássio atpase, justificando o uso de soro fisiológico/caseiro para hidratação. Mas as novas descobertas mostram uma relação inversa, em que o carboidrato aumenta a absorção de sódio e cloro. Este mecanismo se dá via glut5 na membrana dos enterócitos. A frutose já é bem conhecida por ser indutora de sindrome metabólica, incluindo aqui hipertrigliceridemia, hiperuricemia, obesidade e resistência `a insulina. Acrescentaremos agora a hipertensão. Explicarei este novo mecanismo descoberto agora no fim de agosto em um curso de pós graduação, mas já vele a recomendação de evitar o excesso de frutose para quem tem pressão alta. Copo com suco de laranja acompanhando uma feijoada, será que vale a pena?

sexta-feira, 29 de julho de 2011

AQUI NO BLOG VC VÊ PRIMEIRO !!

SAIU O PRIMEIRO ARTIGO PARA 2012!! Trabalho desenvolvido na Malásia, será publicado na revista somente em 2012, analisando a atividade potencial de cogumelos comestíveis em reduzir a pressão. Muito legal saber que várias variedades de cogumelos tem propriedade em inibir a atividade da Enzima de Conversão de Angiotensina (ACE ou ECA), que aumenta a produção de angiotensina 2 e aldosterona, cujo resultado é aumenta da pressão arterial. Os compostos presentes nos cogumelos que mais determinam esta propriedade são os ácido pipecólico, ácido ganodérico, o manitol, além do alto conteúdo de vitamina C, E e becaroteno, bem como os compostos fenólicos, como o flavonóide quercetina, que ajudam a aumentar a capacidade antioxidante dos cogumelos e proteger os vasos da disfunção endotelial, reduzindo a pressão.

É menos captopril, menos enalapril, menos gasto, menos tosse seca, menos erupções cutâneas, menos alergia, e mais saúde!!

Evid Based Complement Alternat Med. 2012;2012:464238. Evaluation of Selected Culinary-Medicinal Mushrooms for Antioxidant and ACE Inhibitory Activities.

quinta-feira, 28 de julho de 2011

BRASILEIRO AINDA COME MUITO MAL!!



Mais detalhes da última pesquisa de orçamentos familiares (POF - 2009/2010) do IBGE foram divulgados hoje. O que se vê é que o consumo alimentar da população brasileira combina a tradicional dieta à base de arroz e feijão com alimentos com poucos nutrientes e muitas calorias. A ingestão diária de frutas, legumes e verduras está abaixo dos níveis recomendados pelo Ministério da Saúde (400g) para mais de 90% da população. Já as bebidas com adição de açúcar (sucos, refrescos e refrigerantes) têm consumo elevado, especialmente entre os adolescentes, que ingerem o dobro da quantidade registrada para adultos e idosos, além de apresentarem alta frequência de consumo de biscoitos, linguiças, salsichas, mortadelas, sanduíches e salgados e um menor ingestão de feijão, saladas e verduras. A "nova" classe média está comendo industrializados como nunca, e fazendo refeições fora do domicílio, infelizmente sem informações nutricionais na mesma proporção do aumento da renda. Como nutricionista vejo como um grande desafio e acredito que a ferramenta do blog ajuda neste sentido.

WHEY E PROTEINA DE SOJA!!

Saiu um trabalho esta semana mostrando que tanto a proteína do soro do leite como a proteína isolada da soja (sem isoflavonas) são capazes de induzir à perda de gordura corporal. Porém os mecanismos diferem um pouco. A capacidade de aumentar a oxidação de gordura foi atribuida às duas proteínas, mas a saciedade antes das refeições ocorreu especialmente com o whey. Importante é que a saciedade não foi induzida por aumento de CCK ou PYY, mas apenas por GLP-1, o que era esperado já que o leite é insulinêmico. Mas é legal saber que um dos mecanismos possíveis para que o leite exerça esta ação é o fato de que suas proteinas, encontradas no soro, são capazes de estimular o GLP-1, que além de saciedade, induz o pâncreas a liberar insulina. Imagine um diabético com homa-beta alterado??!! Obs: whey utilizado foi o concentrado.

sexta-feira, 22 de julho de 2011

BISCOITO RECHEADO E COMPANHIA. SOCORRO!!

Biscoito recheado, batata palha, pipoca de microondas, salgadinhos de pacote, sorvete, chocolate ao leite, margarinas, chantily, balas, biscoito cream cracker, e muitos outros são excelentes fontes de gordura trans, obtidas a partir da gordura vegetal hidrogenada.

Resumo rápido dos atuais riscos de consumo destas gorduras!

1 - Menos DHA no cérebro, com perda de memória, raciocinio, e possíveis demências.

2 - Câncer de intestino, mama, próstata e pâncreas.

3 - Aterosclerose, infarto, hipertensão e acidente vascular cerebral.

4 - Obesidade, esteatose hepática, litiase biliar e Diabetes.

5 - Asma e alergias.


Eur J Cancer Prev. 2011 Jun 22. [Epub ahead of print]
Dietary transfatty acids and cancer risk.

Physiol Behav. 2010 Mar 3;99(3):334-42. Epub 2009 Nov 27.
Dietary trans-fat combined with monosodium glutamate induces dyslipidemia and impairs spatial memory.

Toxicol Ind Health. 2011 Apr 21. [Epub ahead of print]
Elaidic acid enhanced the simultaneous neurotoxicity attributable to the cerebral pathological lesion resulted from oxidative damages induced by acrylamide and benzo(a)pyrene.


Respir Res. 2010 Jan 21;11:8.
Which population level environmental factors are associated with asthma, rhinoconjunctivitis and eczema? Review of the ecological analyses of ISAAC Phase One.

High dietary consumption of trans fatty acids decreases brain docosahexaenoic acid but does not alter amyloid-beta and tau pathologies in the 3xTg-AD model of Alzheimer's disease. Neuroscience. 2009 Mar 3;159(1):296-307.

Am Fam Physician. 2009 Aug 15;80(4):345-50.
Dietary fatty acids.

Altern Med Rev. 2009 Sep;14(3):258-67.
Nutritional approaches to prevention and treatment of gallstones.

FIQUE LONGE DISSO!!

quinta-feira, 21 de julho de 2011

PORQUE NÃO TE CALAS 2?

Quem teve a oportunidade de ler a revista ÉPOCA desta semana, leu a reportagem sobre obesidade e a proibição da sibutramina que venho alertando no blog, já coloquei depoimentos de médicos renomados, e que será decidido em agosto/setembro próximo. Infelizmente, novamente o Sr. Alfred Halpern, endocrinologista, proferiu frases lamentáveis. Na hipótese de se proibir o uso deste moderador de apetite sibutramina, o médico afirma que fará uso de topiramato, um anticonvulsivante, cujo efeito colateral pode ser a inibição do apetite (mas repito, é um anticonvulsivante e antienxaquecoso), e cujos efeitos adversos são bem conhecidos, como cálculo renal, sonolência, perda de memória, formigamento, entre outros. Sr halpern, tenha consciência e encaminhe seus pacientes para um programa adequado de educação alimentar e prática de atividade física, associado a mudanças de hábitos sociais. Teríamos prazer de atender seus pacientes na clínica para que eles não tenham o desprazer de tomar anticonvulsivantes para tratar obesidade. Temos pacientes na clínica com perda de mais de 40Kg, fazendo Yoga, acumpuntura, massagem, uma avaliação nutricional 100% individualizada com exames bioquimicos funcionais, com uso da bioressonância e bioimpedância, alimentação e suplementação individualizada, incluindo uso de fitoterápicos, vitaminas, minerais, compostos bioativos, todos de ação comprovada, que inclusive ajudam o paciente a controlar o apetite.

Quem quiser ler postagem sobre "porque não te calas 1?", clique aqui.
Leia também opinião do Dr. Luiz Augusto, endocrinoligista, sobre proibição da sibutramina.

terça-feira, 19 de julho de 2011

LEITE DE VACA LIBERA IGF-1. MAS, SÓ ELE?


Uma das grandes contra indicações dos que abominam leite de vaca é a sua capacidade em provocar a liberação de IGF-1 ou mesmo conter este potente fator insulinotrópico. O aumento de IGF-1 está relacionado à indução de diversas doenças crônico degenerativas, como obesidade, câncer, diabetes, acne, etc. Concordo plenamente, mas não é apenas o leite que faz isso. A liberação de IGF-1 pode ser estimulada pela leucina (muito encontrada nas proteinas do soro do leite, daí sua restrição), mas leucina também é encontrada em vários outros alimentos (como castanhas), e não se fala nesta restrição. Outro aspecto importante é que o IGF-1 também pode ser liberado via triptofano, aminoácido encontrado em vários alimentos. Isto sem contar que muitos de nós suplementamos nossos pacientes com estes aminoácidos com outros fins. Além disso, parte da ação do IGF-1 é provocar liberação excessiva de insulina pelo pâncreas, mas todos os carboidratos de alto indice glicêmico e principalmente de alta carga glicêmica também o fazem. Não toma leite mas come arroz branco ou pão francês? É preciso estar atento aos mecanismos fisiológicos e saber justificar toda e qualquer prescrição/restrição alimentar.

segunda-feira, 18 de julho de 2011

PUBLICADO ARTIGO DE ÓLEO DE CÔCO!!

Pessoal, o trabalho da nutricionista Raquel Miranda daqui de Brasília, com minha orientação e coorientação da nutricionista Renata Fortes, sobre o efeito do consumo de óleo de côco no perfil antropométrico e cardiovascular de portadores de dislipidemias, acaba de ser publicado na revista Brasília Médica e o acesso é gratuito. Basta clicar neste link.

Parabéns Raquel.

terça-feira, 12 de julho de 2011

Suplemento de Óxido Nítrico reduz memória!!

O consumo de suplementos à base de arginina estão difundidos nas academias e entre colegas nutricionistas também. O uso se deve ao fato destes suplementos terem arginina em sua composição que é formadora de óxido nítrico (ON), vasodilatador potente, aumentando irrigação sanguinea, oferta de nutrientes e oxigênio aos músculos, etc. Porém, o óxido nítrico é um forte redutor da alfa cetoglutarato desidrogenase e do citocromo C oxidase, enzimas mitocondriais de células da micróglia, região muito importante do cérebro. Essas enzimas reduzidas levam a menor transporte de elétrons, menor geração de energia (ATP) portanto, além de provocar escape de elétrons que aumentam os radicais livres. Estes radicais livres reagem com o ON, formando peroxinitrito, potente destruidor de membrana de célula neuronal, por nitração e peroxidação, levando a perda de memória e outras disfunções neurológicas (insônia, dificuldade de aprendizado, etc). E isto pode ser ainda mais agravante caso haja deficiência de tiamina, vitamina que quando em baixa reduz também a alfa cetoglutarato desigrogenase. Quem tem deficiência de tiamina é quem não come cereal integral, quem toma álcool, pacientes renais, pacientes com disbiose, quem come peixe cru. Deficiência de tiamina leva ao aumento da irritabilidade e ansiedade, portanto, se vc faz uso destes suplementos, faça uma autocrítica e observe o que seus amigos mais próximos tem a dizer.

obs: fim de semana que vem estarei ministrando aula de bioquimica de vitaminas com correlações clínicas em Florianópolis, por isso vou priorizar nesta semana postagens sobre o assunto.

sexta-feira, 8 de julho de 2011

Glutamina e Encefalopatia hepática!!


Ontem na aula de curso preparatório para o concurso da secretaria de saúde do DF uma das alunas me solicitou ajuda quanto a uma auditoria que ela precisava fazer e responder hoje. Uma nutricionista requisitou a ela a liberação de grande quantidade de glutamina na forma de suplemento para indicar a um paciente com encefalopatia hepática, grau 1 ou 2, não me lembro agora. Eu particularmente não gosto desta idéia e passei isso a ela e tento colocar este ponto de vista aqui também. A glutamina quando entra no cérebro via astrócito é convertida a glutamato e logo depois descarboxilada para formação do GABA, ácido gama aminobutírico, o maior neurotransmissor inibitório do cérebro, situação presente no paciente com encefalopatia e que eu não desejaria aumentar. A letargia, a obnubilação, flapping, entre outros sintomas são tipicos de paciente com encefalopatia e pioram com aumento de GABA. Além disso, a glutamina é um aminoácido bastante amoniogênico, formador de purinas, e doador de dois grupamentos amina (NH2) para formação de amônia, que também lesa o cérebro e está aumentada no paciente com encefalopatia. É um assunto ainda muito obscuro e duvidoso, porque a glutamina também é formadora de glutamato mas nessa formação, ocorre liberação de amônia no cérebro, como mostrado na foto (ácido glutâmico igual a glutamato). Talvez fosse mais interessante que a colega tivesse pedido liberação de ACR (leucina, isoleucina e valina). Para justificar esta idéia, seguem asgumas referencias abaixo.

J Neurochem. 2011 Jun;117(5):824-32. Synthesis of neurotransmitter GABA via the neuronal tricarboxylic acid cycle is elevated in rats with liver cirrhosis consistent with a high GABAergic tone in chronic hepatic encephalopathy.

J Neurosci Res. 2011 May 2. doi: 10.1002/jnr.22656. [Epub ahead of print]
Down-regulation of Kir4.1 in the cerebral cortex of rats with liver failure and in cultured astrocytes treated with glutamine: Implications for astrocytic dysfunction in hepatic encephalopathy.

Curr Opin Clin Nutr Metab Care. 2011 Jan;14(1):61-6. Branched-chain amino acids in liver disease: new aspects of long known phenomena.

Nutrition. 2010 May;26(5):482-90. Three targets of branched-chain amino acid supplementation in the treatment of liver disease.