quarta-feira, 23 de junho de 2010

Resposta ao comentário do Nélio!!


Nélio Carlos fez um comentário na postagem de dietas da moda sobre a dieta paleolítica.

Nélio, acho que precisamos adaptar os conceitos envolvidos na dieta paleolítica ao mundo em que vivemos. Não dá para consumir tanta gordura com o grau de atividade física que temos hoje. O consumo proteico da mesma forma pois inumeros outros compostos xenobioticos estão na água, nos alimentos, no ar, enfim no ambiente, que pioram nossa função renal e hepática, como não faziam naquela época. Sobre a gordura saturada, acho perfeita a idéia, não é tão aterogênica como se prega, depende muito do tipo de ácido graxo, de como são inseridos na dieta e defendo e mostro o porquê nos meus cursos. Outro exemplo é que na dieta paleolitica não se come cereal pois naquela época eles não existiam, e não dá para viver hoje sem arroz, sem milho, sem aveia, sem quinua, sem amaranto, etc. Mas temos que estar atentos aos compostos antinutricionais presentes neles, quais as misturas que não devem ser feitas, os processo de refino e branqueamento, etc. Mas que nós devemos comer bem menos carboidratos do que comenos hoje, isso é fato!!!!

Para saber mais sobre a dieta do paleolítico clique no link: http://www.thepaleodiet.com

Obrigado por participar Nélio.

5 comentários:

Eli disse...

Olá. Me desculpe fazer uma pergunta não pertinente ao seu post atual. Mas é que estava pesquisando no Google sobre a pholiamagra e me interessei pelo seu texto. Gostaria que explicasse, ou me dissesse se já postou algo sobre um trecho do post que muito me interessou: "reduzir a inflamação das células adiposas é fundamental para manter o peso perdido".
Obrigada.

Romulo disse...

Henrique com relação ao w-3 o melhor horário para ingestão seria em jejum ou após as refeições?

Henrique F Soares disse...

Eli, digite obesidade e mande procurar, que em quase toda postagem sobre obesidade, falo de inflamação.

Rômulo, nunca em jejum, junto ou logo após as refeições, preferencialmente que contenha alguma fonte lipídica na refeição, e com grande quantidade de vitamina E.

Mariana Belley disse...

Olá, meu nome é Mariana, trabalho na Ketchum Estratégia, uma agência de relações públicas, e tenho uma sugestão que pode ser uma pauta bacana sobre saúde e qualidade de vida para o teu blog.

Você conhece o SuperAção Saúde? É um circuito de caminhadas de 5 km que vai contar com aulas de alongamento e relaxamento, coordenadas pela apresentadora de TV Solange Frazão.

Estamos divulgando as quatro caminhadas do Circuito, que acontecem nos meses de julho e agosto, nas cidades de Contagem (MG), Jaguariúna (SP), Lavras (MG) e Santo André (SP). A ação é promovida pela Magneti Marelli, uma das maiores fabricantes de componentes e sistemas automotivos do mundo, com o objetivo de incentivar a qualidade de vida das comunidades em regiões onde a empresa tem suas plantas industriais.

As inscrições já estão abertas, as vagas são limitadas e os interessados devem se inscrever pelo site www.saudesportes.com.br. A taxa é de R$ 15,00 com direito a kit lanche e uma camiseta exclusiva. Em outro endereço na Internet, o www.caminhadamarelli.com.br, foi criado um blog exclusivo do SuperAção Saúde, em que os internautas podem conhecer detalhes dos eventos e enviar fotos das caminhadas para serem publicadas, por exemplo.
A informação é bacana para os leitores do teu blog, não é?! O que você acha?

Caso queira receber mais informações, estou à disposição.
Obrigada,

Mariana

Anônimo disse...

Henrique, muito obrigado pela resposta!! Esse é um tema que eu adoro e que eu acho que merece mais atenção por parte dos nutricionistas. Além da individualidade bioquímica acho que devemos considerar aquilo que temos em comum e nos caracteriza como especie humana. Como disse Jonny Bowden: "você pode até manter um leão vivo o alimentando com batata frita e sanduiche, mas nunca vai extrair todo seu potencial e a essencia de um leão!"

Obrigado, e parabéns pelo blog. Estrou sempre antenado nele!!

Nélio Carlos