terça-feira, 9 de agosto de 2011

ARROZ BRANCO? TENTE COMER MENOS!


Poderíamos enumerar os malefícios de se consumir o arroz refinado ou arroz polido, a começar pela falta das vitaminas do complexo B e fibras presentes na versão integral. Mas hoje queria apenas trazer a informação sobre a alta concentração de cádmio. Um dos problemas deste metal pesado é que ele reduz a biodisponibilidade do zinco presente em cereais, sementes e frutos do mar. No caso do arroz branquinho, bem clareado artificialmente, a proporção zinco:cádmio sai de 120:1 na forma integral para 16:1 na forma refinada. Ou seja, temos um alimento pobre em zinco e rico em substância geradora de problemas renais, impotência e perda da capacidade reprodutiva e câncer de pulmão.
Importante: o cádmio também reduz a cisteína, aminoácido importante para formação do cabelo, por exemplo. Cádmio também é muito comum no cigarro, em pilhas e tintas.

9 comentários:

Gisliane disse...

Olá Henrique,
Devido ao fato do arroz branco ser rico em cádmio, e este por sua vez reduzir a cisteína, pode ter relação com a queda de cabelos?
Muito obrigada!!!
Gisliane

Vanessa disse...

E o que me diz do arroz parboilizado para quem nao come de jeito nenhum o integral?

Anônimo disse...

Boa Noite Henrique,
Estava vendo o programa da record hoje "E ai, Doutor?". O médico estava falando sobre anemia e uma das dicas que ele deu pra aumentar a quantidade de ferro na alimentação foi a de utilizar panelas de ferro e ainda colocar pregos dentro pra aumentar o "teor" de ferro durante o preparo do alimento. Não seria mais correto se ele tivesse simplesmente falado da vitamina C, ou frutose que auxiliam na absorção desse mineral? Pode haver contaminação por outros metais utilizando essa prática do prego durante o preparo Henrique? Pq as pessoas que assistem acabam seguindo essas dicas. Qual a sua opnião?

Se puder me responder agradeço desde já!

Beatriz

REGINA HELENA disse...

Nós brasileiros nascemos comendo só arroz branco, e quando experimentamos o integral não gostamos, primeiro por não saber fazer,deixando-o duro por cozinharmos pouco.O arroz integral leva mais tempo para cozinhar, temos algumas variedades e com sabor diferente, é um questão de fazê-lo corretamente e acostumar o paladar.
Nem por isto deixaremos de comer um arroz branquinho e soltinho, podemos diminuir o consumo do branco e aumentar o do integral.
Uma dica é comer arroz integral com gersal fica um sonho saudável, e risotinhos também ficam deliciosos.
EXPERIMENTEM !

Henrique F Soares disse...

Vanessa, menos ruim que o branco. Tem um pouco mais de complexo B. Há postagens sobre ele no blog.

Beatriz, desnecessária, ainda que funcionem. As farinhas enriquecidas com ferro já oferecem ferro demais para a população. A maior parte das anemias não é por falta de ingestão, mas por perda excessiva ou desvio metabólico.

Henrique F Soares disse...

Com certeza, Gisliane.

Anônimo disse...

Muito bom Professor,

Gostei da forma de trazer o tema do arroz branco. Vou compartilhar... com suas referencias, claro. Tudo bem!?

Grande abraço.

Silvana
Turma 64FBH

Anônimo disse...

Parabenizo pelo blog que traz informações precisas, importantes, necessárias e esclarecedoras. Bem bacana e atual.

Acabo de ler sobre o arroz branco?Tente comer menos!o Gostaria de saber se o aumento da concentração de cádmio se deve apenas ao processamento de clareamento realizado ou os fertilizantes usados no plantio e poluentes também podem contribuir para o aumento da concentração deste metal pesado? Desde já obrigada pela atenção. Fernanda Vieira, Divinópolis, MG.

Henrique F Soares disse...

Perfeito Fernanda, ambos.