sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Você conhece o ovo?

Ovo de galinha ou de aves em geral apresenta grande quantidade de nutrientes e propriedades nutricionais importantes. Clique e veja.Mas eu queria chamar atenção sobre 2 aspectos: as proteínas presentes no ovo e sua possível alergenicidade. Quase 90% das proteínas do ovo se encontram na clara do ovo (conhecida tecnicamente como albúmen). MAs diferentemente do que muitos imaginam, o ovo não contém apenas albumina. O ovo apresenta: Ovalbumina, Ovotransferrina, Ovomucoide, Ovomucina, lisozima, globulina G2 e G3, ovoinibidor, glicoproteina do Ovo, proteína de ligação da tiamina, flavoproteína, macroglobulina do ovo, ovostatina, cistatina e avidina. Várias delas tem propriedade antimicrobiana mas uma coisa sempre me chama atenção. A ovomucóde, cistatina, ovostatina e inibidor do ovo são inidoras de proteases, o que significa dizer que inibem a atividade de enzimas proteolíticas do nosso trato digestório, ou seja, o consumo excessivo pode favorecer a não digestão de proteínas, por consequencia, presença de macromoléculas no intestino e o desencadeamento de processos alérgicos, muito comuns para quem consome ovos. Há um trabalho de 2004 do National Institute of Allergy and Infectious Diseases, que mostra que ovo é o 2º alimento mais alergênico, só perdendo para o leite. Portanto, senhores pais responsáveis pela introdução de novos alimentos, clara de ovo só depois de 1 ano; e senhores consumidores de clara de ovo, albumina em pó e derivados, avaliem os riscos. Procure um bom nutricionista.

3 comentários:

Vanuza Freitas disse...

Boa tarde Henrique, em ralação a ingestão segura de ovos, qual a quantidade semanal que as pessoas podem tá ingerindo este alimento? tendo em vista que o ovo é bastante controverso.
Muito obrigada pelas matérias que são bastante esclarecedoras.

Vanuza

Henrique F Soares disse...

Vanuza, na visão funcional não existe recomendação semanal para nenhum alimento, existe recomendação individualizada. Posso ter um paciente que libero comer 2 ovos todos os dias (ex: estimular memória) e outro que não vai comer ovos nunca (ex: alergia). Depende de cada caso.

Anônimo disse...

Oi Henrique sou do Rio de Janeiro, gosto muito do seu Blog, e queria saber se existe alguma forma de reconhecer um bom nutricionista durante a consulta? Por exemplo já percebi que tenho intolerância e ou alergia ao leite (integral ou desnatado) e até whey protein.

Obrigado e parabéns pela doação do seu conhecimento!

Luciano Reston