quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

JACK 3D é medicamento!!


Pessoal que se liga na atividade física sabe que dois dos suplementos do momento são o lipo6x e seus similares e Jack3d. Este último acaba de ser o responsável pelo doping de dois atletas brasileiros, Samuel de Bona e sua companheira Lauren Goulart, nadadores de maratona aquática (campeão brasileiro inclusive). O Jack3d é vendido com a idéia do aumento de força, flexibilidade, potência, energia que dura por mais tempo, pois contém arginina, que pode exercer ação vasodilatadora por ser formador de óxido nítrico, além da cafeína, e é considerado suplemento nos EUA mas para a WADA e no Brasil são medicamentos porque contém derivados anfetamínicos (Dimethylamylamine). Ou seja, é droga, e só pode ser prescrito no Brasil por médicos. Assim como efedrina, metilfeniletilamina, entre outros. Tenho mostrado nos cursos trabalhos científicos dos efeitos graves que esses suplementos provocam. Nãc faça uso de nenhum suplemento sem a prescrição e o acompanhamento de um nutricionista.

7 comentários:

Marcio disse...

Prezado Henrique,

Muitíssimo grato pela informação !!!

Um grande abraço.

Dani Melere disse...

Sempre esclarecedor!!!

parabéns

Luíza Freitas disse...

Concordo Henrique! Muitos se iludem com a propaganda de produtos que a curto prazo podem ate aumentar o desempenho, mas infelizmente desconhecem seus efeitos colaterais...e triste ver grandes atletas caindo nestas armadilhas.

Carlos Racuia disse...

Caro Henrique,

Li o seu post no blog e gostaria de commpartilhar meu caso. Eu treinava já fazia um tempo e decidi tomar o JACK3D para melhorar o desempenho.

Além da academia eu também lutava MMA. Todos que tomam sabem que é doping, mas eu não competia, então não me preocupei, e a propagando do fabricante é que a dose [e muito baixa então não faria mal.

Eis que no dia 16 de novembro passado eu estava treinando jiu-jitsu e tive um AVC.

Na minha opinião não posso fazer uma relação direta, tomei o suplemento e tive um AVC porque eu estava levando um forte estragulamento quando isso aconteceu.

Mas sem dúvidas o suplemento tem sim relação direta com o quadro clínico que tive.

Caso queira entrar em contato posso lhe contar com mais detalhes, meu e-mail é carlos.racuia@gmail.com

Att.,

Carlos

Leila disse...

Professor, poderia me encaminhar ou colocar o link de alguns desses trabalhos científicos? Acho importante, inclusive, disseminar isso nas academias, as pessoas estão utilizando isso indiscriminadamente... é preocupante!

manutricionista disse...

Henrique, haveria possibilidade de compartilhar o título dos artigos que estuda sobre este assunto? Gostaria de pesquisar. Obrigada!

Henrique F Soares disse...

Pessoal, eu quase não guardo mais artigos, faço pesquisa e obtenho as informações e já monto as aulas. www.pubmed.gov
Sugiro pesquisar sobre anfetamínicos e drogas estimulantes e termogênicos.

Abraços