terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Quanto de proteína consumir?

Estou fazendo a postagem baseado no comentário da Vanuza Freitas feito na postagem: "Comprovado!! PTN demais faz mal aos rins!!"

Infelizmente o ensino da graduação está completamente ultrapassado. Pouco importa se o nome que se dá é hiper, hipo ou normo. O que importa é qual a situação metabólica que o paciente está passando e se a quantidade e a qualidade das proteínas que ele está comendo são suficientes para atender a sua demanda metabólica, que pode ser de restrição, manutenção ou repleção proteica, muscular, etc. Exemplo: em uma dieta pobre em fontes de creatina, é preciso comer 1,1g de glicina por dia para conseguir sintetizar no corpo creatina. No geral a grande maioria das pessoas consegue manutenção do turn-over proteico com 0,8gPTN/Kg/dia ou 132mg de nitrogênio/Kg/dia, sendo 70 a 80% de alto valor biológico. (comprovação, clique aqui). Outro exemplo: se o corpo do meu cliente está precisando de maior quantidade de catecolaminas, como a adrenalina, eu tenho que prescrever mais fontes de tirosina e fenilalanina, independente da quantidade de proteína, importa o aminoácido (veja tabela dos aminoácidos precursores de algumas substâncias importantes do corpo, clicando aqui).

Aproveite a leitura e veja a nova classificação dos aminoácidos essenciais, não essenciais, condicionalmente essenciais e os precursores dos condicionalmente essenciais, clicando aqui.

Aos poucos vou tentando colocar estas idéias, que já estão apresentadas na literatura, na graduação e pós.

Sugestão: leiam mais sobre os PDCAAs, ou os scores que medem a digestibilidade, valor biológico e biodisponibilidade das proteínas.

3 comentários:

Vanuza Freitas disse...

Obrigada Henrique!!! Boas Férias.

Vanuza

maximumforma disse...

Meu seu blog é espetacular, show, not°10 desejo muito sucesso em sua caminhada e objetivo no seu Hiper blog e um feliz ano novo
UM grande abraço e tudo de bom
Ass:Rodrigo
http://maximumforma.blogspot.com/

Henrique F Soares disse...

Obrigado pela visita Maximum. Volte sempre.