sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

ÚLTIMA "VEJA" DO ANO, UMA TRAGÉDIA!!

Infelizmente, como de costume, a revista "VEJA", trás reportagens com diversos erros. A última ano trás 2 reportagens que me chamaram a atenção e precisam ser comentadas:

Assunto: Suco de Fruta e Vigilantes do Peso

1 - A reportagem começa dizendo que suco de laranja e uma laranja tem cargas glicêmicas (CG)consideráveis, e ainda mostra no infográfico. Erro grave porque a laranja tem CG 5, enquanto suco tem 13. A primeira é considerada baixa e a segunda é média.

2 - A reportagem faz propaganda do sistema de dieta do vigilantes do peso, que a própria reportagem deixa claro que faz parte de um grupo norte americano, altamente capitalista e oriunda do pais com a maior indústria voltada para faturar em cima de obesos, que nunca promoveu nenhum tratamento individualizado para ninguém, e por isso tem que ficar se reinventando e tentando criar atrativos para as pessoas seguirem seu sistema. Coisa típica de reportagem paga, semelhante ao que Herbalife faz, industrias farmaceuticas que bancam a revista, já bem conhecida por esta vertente.

3 - Lamentar que a nutricionista Juliana Baptista, citada da reportagem, e sendo verdade o que está escrito, concorde com o sistema de "Dieta de Vigilantes do Peso".

4 - A quebra de carboidratos consome até 20% de calorias contidas na comida é erro grave, porque quem faz isso são as fibras, e em torno de 15% das proteínas. E também é errado dizer que a quebra das gorduras só gastam 5% do VET, porque as gorduras insaturadas são complexas, cheias de duplas ligações, demandam muito gasto de enegia para serem digeridas, remontadas, absorvidas, transportadas, metabolizadas e os TCM também são grandes termogênicos.

5 - E termina a reportagem de forma lamentável porque novamente valoriza o médico Alfred Halpern, que já é conhecido do blog por suas declarações catastróficas, começando por sempre achar que só engorda quem come mais do que gasta. E note como a reportagem é fraca, porque termina valorizando alguém que desvaloriza completamente a carga glicêmica dos alimentos (o que a reportagem tentava mostrar), exatamente porque para ele só existe o quanto vc come e o quanto vc gasta.

6 - A outra reportagem, já estou cansado de coisa negativa, não vai dar para comentar mais porque esta época do ano é só de coisas boas, fala algumas besteiras também já mostradas neste blog com artigos científicos sobre diferença entre alimento orgânico e alimento hidropônico, e que os residuos de agrotóxicos, pesticidas, defensivos, etc, encontrados pela ANVISA nos alimentos brasileiros não fazem mal à saúde. TRISTE E LAMENTÁVEL. Quanta gente falando besteira. Quem assiste meus cursos sabe disso, tudo com embasamento científico e atual.

obs: o que seria importante da revista abordar sobre consumo excessivo de frutose em suco de fruta e em uma fruta com bagaço, a resistencia insulina e esteatohepatite derivado deste consumo, não são abordados.

3 comentários:

Helena Assunção disse...

Pura verdade. Terminando o ano com chave de ouro, abrindo a mente das pessoas.Parabéns, Feliz Ano Novo para você e sua linda familia. Bjs

Henrique F Soares disse...

Tudo em dobro para vc Helena, bj e obrigado.

Mariana disse...

E eu, leiga no assunto, li e acreditei!
Obrigada pelos ótimos esclarecimentos!

Mariana